Jim Ryan, chefe da divisão PlayStation, defende que preços dos jogos para PS5 sejam maiores

O executivo usa como justificativa o tempo que alguém vai se entreter com os jogos em comparação a outras atividades.


Em entrevista exclusiva para o jornal britânico The Telegraph, Jim Ryan, chefe da divisão PlayStation, defendeu o aumento no preço dos jogos vendidos para o PlayStation 5. A justificativa dada pelo executivo é de que o tempo de diversão proporcionado por um jogo eletrônico é significantemente maior do que qualquer outro tipo de entretenimento que existe atualmente. No Reino Unido os jogos para o PS5 estão sendo vendidos a 70 libras.

“Sim, sim, acho [que £ 70 é um preço justo]. [...] Se você medir as horas de entretenimento fornecidas por um jogo como Demon’s Souls em comparação com qualquer outra forma de entretenimento, acho que é uma comparação muito simples de traçar.”

Em outras localidades o aumento no preço dos jogos vem acompanhando a mesma tendência. Nos Estados Unidos os jogos do PlayStation 5 estão sendo vendidos a 70 dólares. No Brasil, os preços sugeridos são de 350 reais.

Fonte: VG24/7


Tecnólogo em Gestão Ambiental, produtor do BlastCast e sincero até demais. Jogador casual de muitos e hardcore em poucos. Adora jogos multiplayer que causam discórdia e fogo no parquinho. @XelaoHerege


Disqus
Facebook
Google