Jogamos

Análise: Supermarket Shriek (Multi) transforma a rotina das compras em algo divertido e engraçado

Controle uma dupla improvável em desafios que parecem vindos de uma gincana televisiva dos anos 1990.


Ir ao supermercado nem sempre é algo animador: procurar vaga no estacionamento, comparar preços, empurrar um carrinho pesado e pegar longas filas nos caixas. Entretanto, para combater o tédio das compras, existe Supermarket Shriek (Multi), o jogo que vai fazer você olhar com outros olhos os estabelecimentos varejistas.

Correndo no grito

Supermarket Shriek não tem uma história. Trata-se apenas de um rapaz e uma cabra (porque sim) dentro de um carrinho de metal. Eles devem percorrer os mais loucos trajetos desviando de obstáculos, derrubando pilhas de latas de feijão, coletando itens pelos corredores ou apostando corridas contra veículos de brinquedo. Cada loja tem um tipo de desafio diferente, mas depois de um tempo eles vão se tornando repetitivos, mesmo com os diferentes circuitos apresentados. O que muda mesmo é a complexidade de cada trajeto, que ganha mais curvas e obstáculos.

O desempenho é avaliado por tempo e pode render de uma a três estrelas. Coletando estas estrelas ganha-se acesso ao maior mercado da região, e ao superá-lo podemos seguir para novas áreas. Ainda existem alguns estágios bônus, que fazem homenagem a outros jogos, como Sonic e Super Hot.


A campanha principal pode ser jogada por uma ou duas pessoas. Em caso de dupla, cada um controla um dos integrantes do carrinho. Também existe um modo para quatro pessoas, com disputas variadas, como o sumô, no qual devemos empurrar os adversários em buracos e obstáculos.


A graça do título está em seus controles. Os gatilhos controlam os gritos de um dos passageiros do carrinho, sendo cada um responsável por virar para um lado. Ao acionar os dois ao mesmo tempo, o veículo irá se mover para a frente. A proposta é divertida e combina com o fato da dupla improvável estar em um carrinho de mercado alucinado, mas pode ser um pouco irritante por causa da sua imprecisão. Nada que um pouco de prática e paciência não resolvam.

Simples e combinando

Não tem muito o que ser falado sobre o visual de Supermarket Shriek. Ele se apoia no bom e velho estilo cartunesco, que funciona muito bem com o humor e a sensação de se estar em uma gincana de programa dominical. Ainda é possível fazer uma leve customização, colocando óculos ou chapéus tanto no rapaz quanto na cabra.


Já a trilha sonora tem variações estranhas. Enquanto algumas canções são divertidas, outras flertam com o smooth jazz, não combinando muito com a correria pelas fileiras do mercado, mas nada que não seja ignorável.

Comprar nunca foi tão divertido

Supermarket Shriek é um indie com proposta simples e divertida. Seus controles podem dar uma dor de cabeça para jogadores mais inexperientes, mas ainda assim o título vale a pena para ser jogado por duas ou mais pessoas.










Prós

  • Grande número de desafios;
  • Proposta divertida;
  • Modos multiplayer locais para dois e quatro jogadores;
  • Visual cômico;
  • Cabras gritando sempre valem a pena.

Contras

  • A repetitividade de objetivos cansa um pouco;
  • Controles meio difíceis de dominar;
  • Algumas canções não combinam com o ritmo do jogo.
Supermarket Shriek — PC/PS4/Switch/XBO — Nota: 7.0
Versão utilizada para análise: PS4
Revisão: Davi Sousa
Análise publicada com cópia digital cedida pela PQube Games


é pai do próximo Batman, tio de uma princesa e viúva da Sega. Só sabe jogar títulos de luta, se mata frequentemente em FPS e adora uma velharia (que todo mundo agora gosta de chamar de retrô). Ah, ele está esperando até agora pelo Ridge Racer dessa geração também.


Disqus
Facebook
Google