PlayStation 5 pode ter déficit de produção por conta de defeito em componente

A empresa reduziu de 15 para 11 milhões de unidades na meta de produção inicial do novo console.

Para o lançamento do PlayStation 5, programado para o fim deste ano, a Sony tinha como meta produzir 15 milhões de unidades do novo console. Essa quantidade deverá ser reduzida em 4 milhões por conta da alta taxa de defeitos detectados no chip de sistema, que é fabricado sob medida para o aparelho.




A empresa havia encomendado os componentes em grande quantidade ainda no mês de julho, afim de suprir a alta procura esperada para o fim do ano e agilizar o processo de produção. Porém, a taxa de defeitos beira os 50%, prejudicando a linha de produção e, consequentemente, forçando a empresa a rever os quantitativos de unidades que serão produzidas para atender a demanda no lançamento. A Sony não se pronunciou oficialmente sobre o caso.

O PlayStation 5 ainda não teve sua data de lançamento e preço das duas versões anunciados. A expectativa é que essas informações sejam reveladas na apresentação marcada para esta quarta-feira, 16.

Sua principal concorrente, a Microsoft, já anunciou que os novos Xbox serão lançados em 10 de novembro. O modelo mais conhecido, o Xbox Series X será vendido a preço sugerido de 499 dólares. Um segundo modelo, com especificações um pouco mais modestas e tamanho bem menor, o Xbox Series S, não possui suporte para jogos em mídia física e também será capaz de rodar os jogos da próxima geração. Seu preço sugerido de venda é de 299 dólares.

Fonte: Bloomberg

Tecnólogo em Gestão Ambiental, produtor do BlastCast e sincero até demais. Jogador casual de muitos e hardcore em poucos. Adora jogos multiplayer que causam discórdia e fogo no parquinho. @XelaoHerege


Disqus
Facebook
Google