Vem aí

Prévia: Fairy Tail (Multi) promete ser um RPG à altura da famosa série de mangá e anime

Título tem tudo para ser o maior e melhor game desse famoso shonen japonês.

Jogos baseados em franquias famosas não são novidade no mundo dos games. Dentre os muitos gêneros disponíveis, mangás e animes oferecem um grande leque de opções para serem adaptadas. Um dos títulos mais novos a chegar com essa proposta é Fairy Tail (Multi), baseado na obra homônima japonesa. Vamos conferir um pouco sobre ele nessa prévia repleta de magia e muita ação.

O mundo de Fairy Tail

O título Fairy Tail, do autor Hiro Mashima, começou a ser publicado em 2006, contando com onze anos de bastante sucesso. Totalizando 63 volumes, o mangá recebeu sua primeira adaptação para o anime em 2009, o que aumentou ainda mais a sua popularidade. A história gira em torno de uma guilda de magos chamadas Fairy Tail, com foco nos personagens Natsu Dragneel e Lucy Heartfilia.
O primeiro volume da aventura em mangá (edição brasileira)
No mundo da série, a magia é utilizada em boa parte da sociedade, inclusive no governo. Para ajudar a combater vilões e realizar toda sorte de missões, diversas guildas estão espalhadas pelo continente. Reunindo poderosos feiticeiros, elas devem realizar toda sorte de tarefas para ajudar a população, receber os seus sustentos e adquirir uma grande fama.

Natsu e Lucy fazem parte do mesmo grupo e acabam vivendo incríveis aventuras no estilo shonen: descobrindo novos amigos, ficando mais fortes e enfrentando toda sorte de vilões poderosos. Mesmo não sendo revolucionário, Fairy Tail apresenta uma arte agradável e personagens encantadores. A maioria dos seus arcos, sobretudo até a metade da saga, são divertidos e instigantes.
O anime também conquistou muitos fãs
Com todas essas qualidades, a série já foi adaptada no mundo dos games diversas vezes. A questão é que praticamente todos eles foram lançados somente nas terras japonesas. Alguns exemplos são Fairy Tail Gekitou! Madoushi Kessen (DS), Fairy Tail Portable Guild (PSP) e Fairy Tail Zeref Awakens (PSP), sendo que os dois últimos receberam traduções feitas por fãs.

Um game com muitas possibilidades

Logo, um lançamento mundial do game era tudo que os fãs mais queriam. E mesmo com vários títulos passados, o próximo promete ser o maior e melhor da franquia. Produzido pela Gust Studios e publicado pela Koei Tecmo, o mais novo jogo baseado no mundo de Natsu e seus amigos se chamará simplesmente Fairy Tail (Multi).

Inicialmente planejado para março, ele teve muitos adiamentos até finalmente ser confirmado para chegar na data de 30 de julho. Com versões para o PlayStation 4, PC via Steam e Nintendo Switch, o game será do tipo RPG clássico. Logo, teremos um sistema de combate por turnos em equipes, onde o jogador escolhe a ação de cada um dos personagens.

Em um primeiro momento, Fairy Tail pode parecer um pouco apagado, com exceção de ser baseado na obra homônima. Afinal, o mercado dos games está repleto de títulos desse gênero, incluindo nomes bem famosos. Mesmo assim, o jogo conta com brilho próprio e trará várias qualidades que certamente irão destacá-lo como uma ótima experiência em todos os sentidos.
O jogo irá reviver momentos clássicos
Antes de adentrarmos nas mecânicas do jogo em si, quero ressaltar (como fã da série) que a maior qualidade será realmente a temática. Tudo será baseado na série, incluindo: gráficos, no estilo “anime em 3D”, são bonitos e fiéis; dublagem, com as divertidas vozes originais em japonês; história, que adapta momentos relevantes e interessantes da obra; golpes e habilidades, extravagantes e incríveis como no mundo de Fairy Tail.

Indo além do RPG básico

Engana-se, entretanto, quem pensa que os predicados do game se limitam aos elementos saídos da obra. Fairy Tail promete ser um RPG muito interessante, com mecânicas de jogo próprias e muitos desafios. A mais destacada delas é o sistema de ataque por área. Ambas as equipes em combate são dispostas em grades fixas, divididas em nove posições (3x3).

Logo, além de poder e efeitos extras, os ataques e movimentos especiais também tem a informação de quais pontos inimigos serão atingidos. Alguns golpes irão atingir uma região com um formato da letra “L”, outros terão um quadrado e assim por diante. Essa mecânica irá exigir ainda mais estratégia na hora das lutas, visto que as habilidades deverão ser analisadas para uso em cada situação. Confira um pouco do gameplay.

Outra característica dos combates é o sistema de afinidades. Certos personagens serão mais fortes quando estiverem juntos na mesma equipe, podendo desferir os poderosos Unison Raids. Também haverá a existência do modo Awakened, que irá liberar ataques devastadores em situações mais complicadas, e de um especial com golpes consecutivos de todos os membros da equipe.
Juvia (esquerda) e Gray em um ataque conjunto
Ao derrotar os inimigos, os membros da equipe irão receber dois tipos de pontos. O primeiro é a tradicional experiência, que tem como função principal aumentar o nível e, consequentemente, os atributos dos personagens. O segundo tipo é o Rank, que será completado mais lentamente e será responsável por liberar golpes e habilidades mais poderosas.

Muita variedade e conteúdo

Outro ponto positivo do game será a quantidade de personagens jogáveis. Serão 16 opções diferentes (confirmadas até o momento), incluindo vários dos principais protagonistas da série. Confira alguns deles:
  • Natsu Dragneel – magia de dragão do fogo;
  • Lucy Heartfilia – invocação de espíritos estelares;
  • Gray Fullbuster – magia de gelo;
  • Erza Scarlet – espadachim e habilidade de invocação de armas e armaduras mágicas;
  • Wendy Marvell – magia de dragão do ar;
  • Gajeel Redfox – magia de dragão de ferro;
  • Juvia Lockser – elemental da água;
  • Kagura Mikazuchi – espadachim com magia de manipulação da gravidade.
Um ponto nessa lista se destaca mesmo para alguém que não conheça nada sobre Fairy Tail: a grande diversidade de habilidades dos personagens jogáveis, que irá permitir partidas e desafios sempre interessantes e variados. A lista completa ainda inclui nomes como Jellal, Sherria, Ichiya, Sting, Rogue, Laxus, Mirajane e Gildarts, todos com características, poderes e personalidades próprias.
Muitas opções para montar o seu time
Essa variedade, inclusive, é uma das propostas relevantes do game. O jogador pode montar o seu “time dos sonhos”, utilizando o critério que quiser, seja ele carisma ou força bruta. Acredito que essa liberdade é muito boa para qualquer RPG, onde muitas vezes ficamos limitados a poucas opções de equipe. E se o jogador for fã da franquia, essa possibilidade é ainda melhor.

O game também promete trazer muito conteúdo. Dada a quantidade de material que a obra original possui, não poderia ser de outra forma. O universo de Fairy Tail é encantador, original e vasto, incluindo batalhas memoráveis e momentos incríveis, como os arcos Grand Magic Games e Tartarus. As relações entre os personagens é um dos pontos fortes e veremos várias delas no jogo através de missões secundárias.

Essas características não só beneficiam quem curte a série, mas também garantem aos fãs de RPG muitas coisas para fazer e colecionar. Em particular, creio que roupas e acessórios serão abundantes, permitindo aos jogadores customizar os personagens da forma que quiserem. Além disso, conteúdos inéditos de Fairy Tail prometem aparecer no game.
Muitas explorações e combates devem estar presentes no game
Vale salientar que o próprio autor da série, Hiro Mashima, supervisionou a produção do jogo para garantir sua fidelidade. Logo, os fãs podem ficar mais tranquilos, pois mesmo os segmentos novos terão um padrão digno. Seja por uma razão ou outra, o título tem tudo para ser uma divertida e desafiadora aventura, repleta de missões e conteúdo para serem explorados.

Eu tô pegando fogo!

Em um mercado repleto de games do tipo RPG, Fairy Tail (Multi) promete ser uma boa opção. As informações disponíveis até o momento apontam para um game cheio de referências a obra original, várias mecânicas interessantes e gráficos bonitos, que recriam fielmente a animação do anime em três dimensões. Se você for um fã do gênero ou da série (seja do mangá ou do anime), então o jogo certamente é uma indicação obrigatória.
Promessa de muita diversão com a turma de Fairy Tail
Fairy Tail: PC, PS4 e Switch
Gênero: RPG
Lançamento: 30 de julho de 2020
Expectativa: 4/5
Revisão: Emanoelly Rozas

é redator de matérias sobre games desde julho de 2016 e um grande fã da décima arte, embora não tenha muito tempo disponível para ela. Seus games favoritos (que formam uma longa lista) incluem: Kingdom Hearts, Guitar Hero, Zelda, Crash, FIFA, COD, Pokémon, MvC, Yu-Gi-Oh, Resident Evil, Bayonetta, Persona, Burnout e Ratchet & Clank.


Disqus
Facebook
Google