Sony fecha as portas de mais um estúdio first-party

O Manchester Studio foi criado em 2015 para focar em jogos VR, mas não teve nenhum título lançado no mercado.

Mais um estúdio first-party da Sony vai fechar suas portas. Segundo informações apuradas pelo site GamesIndustry.biz, o Sony Manchester Studio é a vítima da vez da gigante japonesa.


O estúdio foi criado em 2015 para focar na criação de conteúdo para o PlayStation VR, antes mesmo de o headset ter chagado ao mercado. Entretanto, cinco anos depois de sua criação, nenhum jogo chegou a ser lançado.

Outro estúdio britânico, o London Studio, também voltou suas atenções para o PSVR desde o lançamento do periférico. Este, no entanto, criou a coletânea PlayStation VR Worlds e o elogiado Blood & Truth no mesmo período.

Sony Manchester é o terceiro estúdio britânico fechado pela Sony nos últimos cinco anos. Em 2016 a empresa anunciou o fechamento do Evolution Studio (MotorStorm e Driveclub) e em 2017 foi a vez do Guerrilla Cambridge (Killzone: Mercenary e RIGS). Os dois estúdios também trabalharam em projetos para o PSVR antes de fecharem suas portas. Será um sinal de alerta para o futuro do headset de realidade virtual da Sony?


Comunicador, questionador e colecionador. Já foi Sega kid e Nintendo kid, agora é retro "kid". Está no Twitter em @carloscirne e faz vídeos no YouTube no canal Cirne Stuff.


Disqus
Facebook
Google