CCXP 2019: eSports marcam presença com torneios de TFT, League of Legends, CS:GO e mais

Competições levaram a emoção dos esportes eletrônicos para o centro do evento.



A edição deste ano da Comic Con Experience (CCXP) manteve a tradição de dedicar um espaço do pavilhão de exposições para os esportes eletrônicos. Diversas modalidades passaram pelo palco da Oi Game Arena e ofereceram ao público uma pequena amostra da emoção proporcionada pelos eSports. Foram realizados desde campeonatos universitários até mesmo etapas que valiam vagas para torneios internacionais.


Entre uma disputa e outra, a Copa Teamfight Tactics está entre as que mais despertaram curiosidade. Afinal, o auto chess de League of Legends, lançado neste ano, ainda não conta com cenário competitivo estabelecido e essa foi a primeira vez que um campeonato do game aconteceu em um grande evento. Brigavam pelo título oito influenciadores e streamers: Daniels, Kyure, Mit, LeoMane, Pimpimenta, Rakin, Kalera e Ken Harusame.




Para determinar o campeão, foram jogadas quatro partidas, sendo que a posição final dos participantes em cada uma delas resultava em certa quantidade de pontos somados ao ranking geral. A copa começou mostrando que a composição de Druida e Bosque realmente é a mais poderosa no early game deste patch atual. Quem conseguia antes as peças de duas estrelas dessas classes/origens quase sempre largava com boa vantagem.

Porém, o momento de transição da composição se revelou o principal divisor de águas. No primeiro jogo, Pimpimenta manteve os 100 pontos de vida até o estágio 3-2, no entanto viu a força de seu time diminuindo e ficou em quarto. Já Daniels, no terceiro game, viveu algo parecido ao vencer todos os confrontos até o estágio 4-6 e depois engatou sequência de derrotas que o fez terminar na quarta posição.

A briga pelo campeonato parecia definida depois de Mit ter vencido as duas partidas iniciais. Mas, ele encontrou dificuldades para fortalecer a composição no terceiro jogo — já que os demais competidores compravam antes as peças-chaves que encaixariam no time dele. Com isso, a vitória ficou com LeoMane e Mit teve que se contentar com a medalha de bronze no jogo de número três.

O resultado fez com que LeoMane, Mit e Ken Harusame entrassem no duelo decisivo com chances reais de título. No momento derradeiro, graças à um Singed duas estrelas e equipado com itens perfeitos, LeoMane ganhou o jogo final e se tornou campeão da Copa Teamfight Tactics.


Outras competições

A Oi Game Arena também recebeu as finais do Torneio Universitário de eSports (TUES). No campeonato de Clash Royale, o vencedor foi Randall, estudante de engenharia no Instituto Federal do Piauí (IFPI). Já em Rainbow Six: Siege, o troféu ficou com a equipe Teckmac — representante da Universidade Presbiteriana Mackenzie. No League of Legends, a Falkol Storm conquistou seu hexacampeonato do TUES. Por fim, a UTFPR de Pato Branco garantiu a vitória no CS:GO e a taça do eFootball PES está na prateleira de Vitor "MITO" Abdalla, da UFF.

A CCXP ainda sediou a etapa brasileira do M.A.C. Challenge de Just Dance. O participante Tiago Silva, de Brasília, se consagrou campeão da categoria masculina, enquanto Aynne Allana, de Belo Horizonte, garantiu o título do feminino. Ambos representarão o nosso país na disputa final latino-americana, que acontece no ano que vem.

É jornalista e obcecado por games (não necessariamente nessa ordem). Seu vício começou com uma primeira dose de Super Mario World e, desde então, não consegue mais ficar muito tempo sem se aventurar em um bom jogo. Diretor de Redação do Nintendo Blast.


Disqus
Facebook
Google