Dicas para economizar ao comprar games

Torne-se um especialista em economizar na hora de comprar jogos em pré-venda, novos, usados e até em formato digital.

Dólar em alta, reajustes, economia em recuperação e a famosa grana curta. Esses são apenas alguns dos fatores que afetam o valor do nosso dinheiro e é natural que queiramos economizar o máximo possível em tudo o que der.




E pra quem gosta de comprar games, a ideia é bem semelhante. Esperar e pesquisar sempre são a melhor opção. Você trabalhou bastante para levantar uma grana e poder comprar aquele jogo que você queria tanto para usufruir no seu momento de descanso. Por isso vamos dar algumas dicas sobre como fazer seu suado dinheiro render um pouco mais na hora de investir no seu momento de lazer.

Fazendo seu dinheiro render

Primeiro vamos deixar bem claro que o dinheiro é seu, portanto você pode fazer o que bem entender com ele. Nosso objetivo aqui é dar algumas dicas sobre como seu dinheiro pode render mais na hora de comprar um jogo, seja ele novo, usado ou até mesmo digital. Leia todo o guia pois, com certeza, haverá pelo menos uma dica que vai ajudar você a economizar, e até levantar um dinheiro, na hora de comprar mais um jogo para sua coleção.
Jogos em pré-venda
Jogos em pré-venda costumam atrair pelos brindes que costumam oferecer para os que fazem a compra antecipada. No caso de jogos em formato digital, esses brindes costumam vir em forma de skins, itens, consumíveis, trilhas sonoras, conteúdo extra por download (DLC) e livros de arte em formato digital. Alguns ainda oferecem outras vantagens, como acessos antecipados em betas fechados e poder jogar alguns dias antes do lançamento oficial.

Já os jogos em mídia física costumam trazer estes mesmos tipos de brindes em forma de vouchers com tempo de validade para serem resgatados nas chamadas “edições de lançamento” ou “day one”. Alguns jogos chegam a oferecer vouchers com créditos para usar nas respectivas lojas dos consoles, como PlayStation Store e Microsoft Store. No caso dos jogos para consoles Nintendo, há o sistema de moedas que também oferece algumas vantagens.

Economizar nos jogos em pré-venda não tem muitos truques como nos outros formatos, mas o mais comum é realizar a comprar em mídia física em lojas, nos grandes varejistas ou nos pequenos comércios locais de sua cidade. Os grandes costumam oferecer descontos no pagamento a vista via boleto em seus sites ou em determinadas prestações pagando com cartão de crédito. Nas lojas físicas destas grandes varejistas, algumas chegam a oferecer as mesmas condições e podem até oferecer a opção de entrega no seu endereço no mesmo dia.

Os brindes são um incentivo para estimular a compra antecipada.
Nas lojas menores, algumas trabalham com pré-venda a um preço que pode variar de 10% a 20%, também dependendo da forma de pagamento. Não é um padrão, por isso a dica é pesquisar sobre quais lojas na sua cidade trabalham desta forma e ficar por dentro em anúncios que muitas costumam fazer nas redes sociais.

Jogos novos
Após o lançamento do jogo, muitas vezes algumas das condições que citamos no tópico anterior continuam valendo, mas isso varia muito de acordo com o lojista e a região. Quando o jogo já está disponível em alguma loja na sua cidade, uma negociação do valor com o vendedor é mais fácil, pois o produto já foi adquirido, já está no estabelecimento, e quando o cliente quer levar, o vendedor dá um jeito de fechar a venda pelo melhor negócio possível, além de ter uma margem um pouco mais flexível para trabalhar.

Além disso, existem lojistas que trabalham com descontos na forma de jogos usados. Os lojistas recebem seus jogos usados e estes são convertidos em desconto na aquisição de um jogo novo. A dica aqui é verificar em sua cidade se há locais que trabalham com “troco na troca” e assim você tem uma moeda a mais além do seu dinheiro para economizar na compra de um jogo novo. Porém, é natural do lojista oferecer um valor bem baixo pelos seus jogos usados. Por isso já tenha em mente que você pode não ficar contente com o desconto oferecido na hora de comprar um jogo novo ao levar seus usados para negociar.

Não é vergonha tentar negociar um bom preço na hora de comprar.

Comprando jogos usados
Jogos usados são uma boa moeda de troca e ainda movimentam um mercado paralelo onde as pessoas comercializam estes jogos entre si. Muitas vezes é possível adquirir um jogo recém-lançado por um preço menos salgado, mas com a mesma qualidade de um novo por vários fatores. Seja por que a pessoa comprou o jogo, já o finalizou e não tem interesse em ficar com ele, querendo já vendê-lo para poder comprar outro, ou então por que a pessoa comprou mas acabou não gostando e já quer vender antes que ele desvalorize muito.

Neste caso os preços costumam variar muito, pois como já foram adquiridos, é natural que os donos façam seus preços. Geralmente jogos recém-lançados com intervalos de mais ou menos um mês de lançamento têm uma diferença pequena do preço cheio, que é como chamamos o preço oficial do jogo.

Por exemplo, o preço cheio de um jogo é de R$249,00. A pessoa pagou este preço no jogo, jogou e agora quer vendê-lo, um mês depois, por R$200,00. A diferença neste exemplo foi de R$49,00, aproximadamente 19,6%. Isto é vantajoso? A resposta é: depende. Um jogo usado sendo vendido por menos de 20% do seu preço na condição de novo pode não ser tão vantajoso para quem compra. Eis alguns motivos.

  • Se o jogo veio com vouchers, eles foram usados?
  • Geralmente, jogos usados só podem ser pagos à vista, em dinheiro. Você tem essa grana?
  • Quem vende não costuma entregar. Você precisa, no mínimo, combinar uma data e local para encontrar com o vendedor para realizarem a venda. Você tem disponibilidade pra isso?
  • Depois de um mês já é possível encontrar ofertas semelhantes, com formas de pagamento mais cômodas, em lojas na internet.

Um exemplo mais interessante seria se, no mesmo período, um jogo de R$199,00 estivesse sendo vendido, depois de um mês do lançamento, por R$125,00. A economia neste caso foi cerca de 37%. Essa diferença de valor é difícil de encontrar neste curto período de tempo para um jogo recém-lançado.

A dica neste caso é pesquisar bem tanto em lojas que trabalham com usados quanto em grupos em redes sociais, como no Facebook. Existem muitos grupos onde o objetivo é ofertar jogos usados para venda ou troca entre os usuários. E claro, fica a seu critério julgar se a diferença no valor é vantajosa para você, o que torna a condição ideal para adquirir um jogo usado um pouco subjetiva.

O que um não quer pode ser bem-vindo para o outro.
Vendendo jogos usados
Vamos dar uma atenção especial neste tópico pois é uma boa alternativa para não se sentir lesado ao negociar com lojistas na hora de fazer trocas, além de ser útil para levantar uma grana para comprar até um jogo novo. Esse tipo de prática é muito comum, mas fique atento a algumas coisas na hora de vender seu jogo usado.

O produto é seu. Você pode vendê-lo pelo preço que quiser, mas lembre-se de ter bom senso na hora de anunciar o valor que quer por ele. Tenha em mente quanto você quer arrecadar e qual o objetivo desta venda para estabelecer o valor. Se o jogo não for recente, pesquise pelo valor dele na condição de novo e faça o cálculo de 30% que sugerimos no tópico anterior. Se o valor for de seu agrado, anuncie e aguarde as propostas.

Tenha sempre uma margem de valor para negociar. Quem está comprando na condição de usado quer economizar, então é normal a pessoa que está comprando “chorar um descontinho”. Leve isso em conta na hora de expor valor de seus jogos. Nesse caso, você pode anunciar com um valor de R$10,00 acima, por exemplo, do que você estipulou e ser inteligente na hora de negociar com o comprador. “Amigo, se fecharmos ainda hoje, faço por R$100,00 pra você!” Sendo que você anunciou por R$110,00. Esses R$10,00 já economizam na condução ou no combustível pro comprador encontrar com você e já dá um ar de “me dei bem” para quem compra.

Quando anunciar em uma rede social ou marketplace para vender, tire uma boa foto do produto e seja breve na descrição. Não perca tempo com informações como dizer quanto tempo de uso tem, o motivo da venda ou o famoso “pra vender hoje”. Quem está buscando por jogos usados geralmente não gosta de perder muito tempo lendo descrições. A pessoa está interessada, principalmente, se é o jogo que ela quer e no preço desejado. Se ela tiver interesse, ela vai entrar em contato com você para pedir detalhes e nesse momento você pode negociar valor, entrega ou qualquer outro assunto.

Sempre anuncie seu produto já com o preço que quer por ele. Quem costuma anunciar produtos com “preço inbox” dá um desconforto pra pessoa ter que entrar em contato com você só pra saber o preço. É chato, atrasa sua venda caso você queira levantar grana rápido e nada impede que a pessoa que perguntou divulgue essa informação depois no grupo onde você anunciou. Anuncie com o preço de uma vez e aguarde a manifestação dos interessados.


Sobre pagamentos, muitas vezes você consegue fechar negócio facilitando a forma como o comprador vai pagar. É natural que os pagamentos sejam feitos apenas em dinheiro, mas atualmente existem muitas formas fáceis, e até mais seguras, de se efetuar pagamentos de uma pessoa para outra. Ao negociar com o comprador, ofereça condições diferentes de pagamento, como transferência eletrônica via bancos ou até o uso de aplicativos de pagamento, onde o usuário paga usando o cartão de crédito e pode até receber cashback. Pesquise quais aplicativos estão disponíveis e use o que mais se adequar a seu negócio.

Se vai oferecer vários jogos em um mesmo anúncio, forneça o preço de cada jogo individualmente e ofereça descontos para quem tiver interesse em comprar mais de um. Por exemplo, três jogos, cada um por R$100,00. Levando os três você pode fazer por R$280,00 ou R$270,00, estimulando a venda de todos de uma vez e levantando dinheiro mais rápido.

E uma dica fundamental importante de lembrar: sempre que fechar negócio com alguém e combinarem de se encontrar, realize o encontro em um local público e movimentado, como uma praça de alimentação de um shopping, uma galeria, estação de ônibus ou metrô. E sempre avise para alguém onde você vai, o que vai fazer e com quem vai encontrar. Sua segurança ainda é o mais importante. Seja prudente!

Exercitar o desapego pode ser vantajoso.
Jogos em formato digital
Diferente dos jogos em mídia física, os digitais têm uma desvantagem que é a impossibilidade de trocar ou revender. Uma vez comprado, ele é seu para sempre. Então como economizar comprando jogos nesse formato?

Diferente do varejo convencional, que costuma fazer promoções, na maior parte das vezes, apenas em datas específicas como Dia das Crianças, Black Friday, Natal, aniversário da loja e semelhantes, jogos em formato digital entram e saem de promoção muito rápido. Às vezes ficam em oferta por um dia, apenas, e já voltam ao preço original.

Se o jogo que você quer entrou em oferta, e o preço te agradou, compre! Se não, aguarde. Se ele entrou em oferta uma vez, com certeza vai acontecer de novo, e pode ser por um preço ainda menor. Recomendamos ofertas a partir de 50% de desconto. Jogos em formato digital têm a vantagem, excluindo alguns casos, de estarem disponíveis o tempo todo, então não existe a possibilidade de, como num site convencional ou loja, você ter o dinheiro para comprá-lo e ele estar indisponível ou esgotado.

As ofertas nestas lojas são muito dinâmicas. Fique atento!
Neste caso, a dica principal é criar uma lista de desejos. Plataformas como Steam e lojas de consoles tem esse tipo de ferramenta e é bastante útil para monitorar quando um jogo específico entra em promoção. No caso do Steam, quando um jogo da sua lista entra em oferta, um alerta é enviado para seu e-mail comunicando que o jogo está com desconto e já encaminha você para a página do jogo para comprá-lo. Use essas ferramentas a seu favor.

Outra prática bem comum é a pesquisa por região. O mesmo jogo pode sair por um preço mais em conta na loja digital de uma plataforma em outro país. Os usuários costumam ter contas em mais de uma região em seus consoles para poder comprar jogos na loja em que o preço está menos salgado. O site mais popular para se informar sobre os valores dos jogos em diversas regiões é o SaveCoins. Recomendamos que você sempre tenha o auxílio de alguém mais experiente nesta prática antes de comprar desta forma, caso nunca o tenha feito, para evitar algum equívoco e perder dinheiro.

Jogos em formato digital estão sempre em oferta. Saber a hora certa de comprar é a melhor dica.

Outras dicas para economizar

A boa e velha troca ainda é uma opção muito bem-vinda. É vantajosa por não envolver nenhum valor monetário e ambas as partes saem ganhando, pois os dois conseguem jogos que estavam querendo sem gastar mais dinheiro. A única desvantagem nessa prática, geralmente, é conseguir encontrar alguém que tenha o jogo que você quer e queira trocar pelo título que você tem. É uma alternativa que exige um pouco de paciência mas é monetariamente excelente.

Outra prática comum são fóruns, comunidades e grupos em redes sociais. Alguns são compostos por pessoas que estão sempre de olho em ofertas em várias lojas, físicas e virtuais, por ofertas de jogos e compartilham essas informações entre si. Participar destas comunidades é uma boa para ficar por dentro das promoções que costumam surgir de repente.

Se você não tem tempo para visitar grupos ou fóruns, ainda há a possibilidade de utilizar aplicativos para smartphones que fazem esse monitoramento para você. Basta instalar o app, se cadastrar, e criar um alerta para o jogo ou qualquer outro item que deseja, como um controle ou até uma TV nova pra jogar. Quando ele estiver em oferta, o aplicativo vai notificá-lo e então você vai checar se a oferta vale a pena ou não. Os aplicativos de algumas lojas possuem essa função, inclusive a página de pesquisas do Google, então aproveite.

Novamente citamos os aplicativos de pagamentos. Alguns são aceitos em lojas virtuais como Steam e grandes varejistas, e oferecem desde a compra de créditos para a loja e o principal, pagamentos pelo aplicativo que rendem cashback, que é quando você recebe um pequeno reembolso para cada compra ou transação que você faz e pode usar para comprar novamente nestas lojas.

Por fim, não esqueça da dica mais clássica de todas, que é pesquisar. Sempre pesquise antes de efetuar a compra de um jogo novo. Com o comércio eletrônico mais aquecido do que nunca, você possivelmente vai encontrar o jogo que procura por um preço um pouquinho menor ou até com frete grátis, que já é vantajoso. E conheça os lojistas da sua cidade, eles costumam ter boas ofertas também.

Esperamos que algumas dessas dicas ajudem você a salvar alguns trocados na hora de comprar seus jogos. Compartilhe com seus amigos e comente aqui se pretende usar ou já usou algum destes conselhos.

Revisão: Farley Santos

Tecnólogo em Gestão Ambiental, produtor do BlastCast e jogador casual de Overwatch. Considera Yu Yu Hakusho o anime supremo e quem não concorda deve desconhecer a série ou está errado. @XelaoHerege

Comentários

Google
Disqus
Facebook