Blizzcon 2019: confira os destaques e anúncios do evento

Mais uma vez a Blizzard nos surpreendeu com inúmeros anúncios importantes, confira os destaques do evento!


Entre polêmicas, incontáveis leaks e um descontentamento geral dos seus jogadores, a Blizzard sabia de antemão que a Blizzcon de 2019 seria extremamente importante para dar uma guinada nas suas franquias. De forma geral, os leaks mais famosos que circulavam por aí nas últimas semanas foram confirmados, ou seja, a playerbase está extremamente contente com os anúncios!


O evento anual que começou ontem, dia 01/11, está chegando ao fim hoje, o que significa que está na hora de falar sobre os principais destaques!

Diablo IV

Dando início à Blizzcon, após um pronunciamento oficial muito necessário do presidente da empresa à respeito da polêmica com o Blitzchung, fomos agraciados com uma cinematic de quase 10 minutos que anunciou oficialmente o famigerado Diablo IV. Caso ainda não tenha visto o vídeo e é um fã da franquia, deleite-se nele:



As especulações sobre o novo título da franquia já acontecem há alguns anos e, felizmente, o intuito dos desenvolvedores é de entregar o que Diablo III "deveria" ter sido para os fãs: uma continuação própria de tudo que era bom em Diablo II, porém, após tanto tempo, com ótimas adições graças aos aprendizados no terceiro título da franquia.

Isso significa, em primeira instância, uma volta à estética dark, gótica e sombria (como fica visível na cinematic do anúncio), mas também a retomada de sistemas como as skill trees, e um foco maior em equipamentos lendários para builds (ao contrário de sets do último jogo). Também foi comentado sobre a intenção de explorar o mundo de Sanctuary de uma forma mais integral, proporcionando uma experiência mais open world, com 5 áreas grandes e imersivas.

Por fim, outra coisa relevante foi a confirmação das classes: por enquanto Barbarian, Sorceress e Druid (que finalmente retorna à série), mas para o lançamento outras duas também estarão no jogo. A confirmação de trocas entre jogadores e um PvP dinâmico foram coisas muito aplaudidas pela platéia, e certamente irão garantir uma maior longevidade ao jogo, mesmo no lançamento.

Ah, e por falar em lançamento, por enquanto sabemos que ele virá ao PC, Xbox One e PS4, mas, no painel exclusivo de Diablo IV, ouvi uma triste notícia: "Nós não lançaremos logo, nem o 'logo' da Blizzard / We are not coming soon, not even Blizzard soon". Ou seja, muito dificilmente veremos o título em 2020, o que significa que ele talvez seja lançado diretamente na nova geração de consoles e no Switch.

World of Warcraft: Shadowlands

Os leaks mais antigos foram confirmados por Ion Hazzikostas, que é atualmente o desenvolvedor mais presente e icônico. Como um jogador ativo de WoW, parece-me que a nova expansão, Shadowlands, será repleta de excelentes novidades.



A costumeira cinematic respondeu à pergunta que fizemos ao Bolvar no último leak: por que você está em pose de batalha? Oras, para tentar não levar uma surra da Sylvanas. (In)felizmente, quebrando a coroa e a profecia de que sempre deve haver um Lich King, a questionável ex-presidenta da Horda abre um caminho entre a nossa realidade e a Shadowlands, que é basicamente o lugar onde vão os mortos.

Há muito a se falar sobre a história e os destaques de mudanças no gameplay já anunciados, mas, a princípio, parece que exploraremos a fundo o tema da morte e as reais intenções da Sylvanas. Um dos maiores focos de gameplay será ao redor dos 4 Covenants, que são pseudo-facções que garantem novas skills para os personagens e, o que mais me deixou animado, a torre de Torghast, que misturará dungeons e elementos de roguelikes com a possibilidade de jogar sozinho (ou com 4 outros amigos).

Além disso, alguns sistemas não apreciados pela comunidade foram removidos, como Artifact Power, e o level squish também foi confirmado: personagens que hoje são level 120 serão 50 e, na nova expansão, chegarão ao nível 60. Paralelamente, em World of Wacraft: Classic, atualizações já previstas chegarão em breve, como os World Bosses e o sistema de honra PvP.

Shadowlands será lançada em 2020, mas ainda não tem data oficial, nem para o beta.

Hearthstone: Descent of Dragons e Battlegrounds

O último capítulo da história da Liga do Mal acabará com dragões, na mais nova expansão Descent of Dragons. Enquanto as 5 classes tentarão reviver Galakrand, o terrível dragão e mais novo hero card, a Liga dos Exploradores contará com a ajuda de célebres dragões para impedir os planos. Como de praxe, a expansão conterá novas cartas com foco em dragões, novas palavras-chave como Invoke (que melhora o Galakrand) e, por fim, uma campanha single player.



O que mais chamou a atenção, no entanto, foi o mais novo modo: Battlegrounds. Unindo alguns elementos do recente (e extremamente famoso) gênero de auto battler, nesse modo 8 jogadores competirão entre si em duas fases: em uma comprando lacaios na taverna do Bob e na outra batalhando com um oponente aleatório automaticamente. Vendo algumas partidas, fica bem evidente que as inspirações de auto battlers são mínimas, e o jogo ainda é essencialmente Hearthstone.

O beta para o novo modo chegará para todos no dia 12 de novembro, mas jogadores com o ticket virtual ou presencial poderão testar antecipadamente a partir do dia 5.

Overwatch 2

Outro anúncio gigantesco, confirmando novamente os leaks, foi o de Overwatch 2. Muitos devem estar estranhando esse anúncio tão recente, porém, pelo que podemos perceber nesse primeiro momento, será apenas uma expansão de todo o core do primeiro jogo, com um enfoque em modos cooperativos PvE.



Naturalmente, o jogo continuará sendo um FPS online e toda a progressão feita no primeiro jogo será transferida para o segundo, tanto nível do jogador quanto skins e conquistas. A cinematic do anúncio traz um enfoque ao tempo presente da franquia, e os modos PvE serão justamente as tentativas humanitárias dos heróis impedirem o colapso do mundo (comicamente, parece que existem algumas semelhanças com o modo MvM de Team Fortress 2).

A ideia é incentivar o replay dessas missões PvE, e uma das formas de concretizar isso será a de aumentar o nível dos heróis, desbloqueando novas habilidades e efeitos adicionais a elas, como uma melhoria à Pulse Bomb da Tracer, que poderá se espalhar para inimigos próximos. Na Blizzcon os jogadores puderam experienciar pela primeira vez uma jogatina desse modo, intitulada "Rio de Janeiro"!

Também ainda sem data de lançamento, a estranha sequência de Overwatch chegará eventualmente ao PC, PS4, Xbox One e Switch.

Outros destaques

Um dos principais fatores que fazem a Blizzcon ser tão incrível é a variedade de franquias que estão nas mãos dessa empresa. Infelizmente, isso faz com que alguns jogos recebam mais atenção do que outros. Além do torneio de Starcraft 2, foi anunciado que em breve o jogo receberá a opção de uma nova dificuldade para as inteligências artificiais (extremamente avançada, aliás), e também novas missões cooperativas.

Para Heroes of the Storm, além de uma grande manifestação do público em suporte à equipe de desenvolvimento, os desenvolvedores falaram um pouco mais sobre o antecipado Deathwing, que será o próximo personagem a adentrar o Nexus.

Vários campeonatos tiveram novas edições no evento, assim como a oficialização da Mythic Dungeon International, de WoW, que está se mostrando muito atrativa para o público. Por fim, vários novos produtos foram mostrados, como um novo livro de arte para Diablo, e uma nova área do evento: Blizzard Arcade.

E para você, caro(a) leitor(a), qual foi o seu anúncio da Blizzcon favorito? Conta aí pra gente nos comentários!

Escreve para o GameBlast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google
Disqus
Facebook