Dicas e Truques

Death Stranding (PS4): dicas para iniciantes

Confira algumas informações úteis para facilitar as entregas e a exploração.


Death Stranding, novo jogo de Hideo Kojima, tem conceito bem simples. Na pele de Sam, um portador, precisamos realizar inúmeras entregas por uma América que foi desolada depois de um evento sobrenatural. Carregar encomendas nesse mundo não é fácil: o terreno é traiçoeiro, uma estranha chuva danifica os recipientes, seres sobrenaturais chamados EPs assolam inúmeras regiões, saqueadores tentam roubar sua carga, e mais. Pensando nisso, preparamos algumas dicas para se dar bem na aventura de Death Stranding.

Sempre jogue no modo online

Death Stranding conta com uma modalidade online chamada Social Strand System. Por meio dela, os jogadores interagem entre si e podem ajudar uns aos outros indiretamente ao construir estruturas úteis, concluir entregas incompletas, disponibilizar equipamentos e veículos, e muito mais. Fique atento também às placas colocadas por outras pessoas, pois elas dão dicas de possíveis rotas e perigos. Por fim, não esqueça de mandar curtidas para seus companheiros para mostrar sua gratidão.

Redistribua o peso da mochila constantemente

A movimentação e equilíbrio de Sam dependem de como os itens e cargas estão distribuídos na mochila e nos vários compartimentos de seu traje. Caso os objetos estejam concentrados em partes específicas, Sam pode perder o equilíbrio e até mesmo cair mais facilmente. Sendo assim, sempre distribua corretamente o peso das cargas. Para isso, na tela de gerenciamento de carga, basta apertar triângulo para o jogo otimizar a distribuição de peso de todos os itens. Lembre-se de repetir o processo ao pegar novas encomendas ou objetos.


Planeje as rotas com cuidado

Ao aceitar uma encomenda, é tentador sempre fazer o menor caminho possível. No entanto, rapidamente, você vai perceber que nem sempre essa rota é viável, ou então ela é muito perigosa. Sendo assim, ao planejar uma entrega, olhe o mapa com cuidado e trace rotas de acordo com as características do terreno — não é muito fácil ler com clareza o mapa, mas com prática você conseguirá identificar rios, encostas inclinadas, estruturas rochosas e mais. É possível verificar a topografia no mapa ao segurar o botão do touchpad e inclinar o controle.

Para facilitar a jornada, utilize o recurso “criar rota” para colocar marcadores no mapa. Além disso, essa opção também faz aparecer uma linha de setas que indicam a direção do próximo marcador. Para utilizá-lo, abra o menu, mova o marcador para a posição desejada, segure quadrado e arraste para o destino. É possível fazer inúmeros nós em uma única rota, basta repetir os passos quantas vezes for necessário. Caso fique perdido, segure L1 para entrar no modo bússola para ver a direção de todos os marcadores e objetivos.

Aceite múltiplas missões sempre que possível

Em boa parte das vezes, várias entregas diferentes estão disponíveis para Sam, e muitas delas são opcionais. Sendo assim, sempre que possível, aceite mais de uma encomenda por vez. O ideal é escolher destinos próximos para não perder muito tempo indo e voltando. Além de curtidas, muitas das entregas têm itens valiosos como recompensa — muitos dos melhores equipamentos só podem ser obtidos ao completar missões opcionais.

Prepare-se para os perigos do caminho

No momento de aceitar uma entrega, é possível abrir um menu que informa de maneira vaga as possíveis complicações do caminho ao apertar para a direita na tela de confirmação de entrega. Os ícones representam várias situações, como presença de rios, área com EPs ou MULAs, terreno íngreme e mais. Fique atento a esse menu e leve equipamentos para contornar os perigos. Alguns exemplos:
  • Presença de rios: leve escadas ou até mesmo equipamentos para construir uma ponte;
  • Encostas inclinadas: escadas e cordas de alpinismo são as melhores opções nesse caso;
  • MULAs: leve alguma arma não letal para imobilizar os saqueadores, como uma boladeira. Outra opção é produzir uma carga de sinal falso para despistá-los;
  • EPs: a melhor maneira de evitar as criaturas espectrais é por meio de furtividade, mas não é má ideia levar também algumas poucas granadas hemáticas para emergências.
Por fim, sempre que possível, leve também um frasco de spray reparador de recipiente. Ele é capaz de reparar o dano das embalagens das cargas, o que traz um pouco mais de segurança à jornada.


Mude os equipamentos de acordo com a situação

No decorrer da aventura, Sam pode fabricar alguns equipamentos de suporte. Uma categoria é o de exoesqueletos: eles aumentam as capacidades físicas do portador. No início da aventura, dois tipos estão disponíveis. Recomendo levar um de cada sempre que possível para poder enfrentar diferentes tipos de situações.

O de força aumenta consideravelmente a carga máxima que Sam consegue carregar, o que é uma boa opção para entregas com muitos itens. Só tome cuidado com o equilíbrio, pois os objetos ficam empilhados nas costas do protagonista, fazendo com que ele perca o balanço mais facilmente.

Já o esqueleto de velocidade, como o nome já aponta, aumenta a velocidade de corrida de Sam. Além disso, o equipamento também permite dar saltos mais longos. Essas qualidades o tornam ideal para situações que exigem rapidez, como entregas com limite de tempo ou momentos de escapar dos MULAs. Só fique atento ao consumo de bateria, pois correr consome rapidamente a energia do esqueleto.

Fique de olho nas curtidas

Ao realizar ações em Death Stranding, como fazer entregas, coletar uma carga perdida ou construir uma nova estrutura, Sam recebe curtidas. Elas podem parecer inúteis, no entanto coletá-las aumenta o nível do protagonista. A cada novo grau, características do herói recebem melhorias, como maior capacidade de carga, menor consumo de fôlego e mais equilíbrio. Os níveis são divididos em cinco categorias que dão diferentes vantagens, e aumentar cada um deles exige diferentes ações. Para garantir muitas curtidas, diversifique os tipos de encomendas aceitas e construa estruturas úteis para outros jogadores, como placas informativas, abrigos ou veículos.


Pegue todas as cargas perdidas que encontrar pelo caminho

Ao explorar a América fraturada, você vai encontrar várias encomendas abandonadas pelos cenários. É possível pegá-las e levá-las para seu destino para ganhar curtidas e itens. Outra alternativa, caso não queira ir até o local designado na etiqueta da encomenda, é entregá-la em qualquer centro de distribuição: ela será encaminhada para outro jogador e você receberá algumas poucas curtidas. Sendo assim, colete as cargas abandonadas sempre que você tiver espaço sobrando na mochila.

Sempre descanse nos quartos privados

Na maioria dos centros de distribuição Sam pode descansar em um quarto privado. Além de recuperar taxa de sangue e energia do portador, o local tem algumas outras opções úteis. Quartos privados também podem ser acessados em estruturas do tipo abrigo. Confira algumas das possibilidades:
  • Depois de certo ponto da história, é possível fazer granadas especiais para atacar as EPs, e para recebê-las basta tomar banho ou usar o banheiro no quarto — os explosivos são produzidos com fluídos corporais de Sam. Os itens serão guardados no armário privado do lugar, logo lembre-se de pegá-los antes de continuar a aventura;
  • Certos equipamentos podem ser customizados ao interagir com o armário de itens localizado na parede de vidro. É possível alterar o esquema de cores, além de outras características;
  • Ao descansar, Sam pode receber e-mails com novas entregas, fique de olho na caixa de entrada;
  • Os laços com o BB podem ser fortalecidos ao interagir com ele no quarto. Conforme ficam mais próximos, a resistência do BB aumenta. Sendo assim, sempre acalme seu bebê quando visitar um quarto;
  • Sam pode interagir com outros dispositivos do lugar, como o espelho e a mesa. Algumas vezes cenas especiais podem aparecer ao utilizar esses objetos, logo fique de olho.

Lidando com os MULAs

Os MULAs são membros de uma seita especializada em roubar cargas. Sendo assim, os saqueadores vão tentar roubar Sam toda vez que ele entrar em um território deles de posse de uma carga para entrega. Dependendo do local ou da quantidade de itens na mochila, atravessar uma área com MULAs pode ser complicado. Confira algumas dicas para lidar com eles:
  • Uma opção para atravessar as regiões dos MULAs é por meio da furtividade. Assim que você entrar na área de influência deles, um alarme irá tocar e os saqueadores vão te procurar — o ponto da busca é representado por um holograma laranja. Logo que isso acontecer, mova-se rapidamente para alguma área com grama alta e use o botão círculo para se agachar e se esconder. Aproveite enquanto eles estão ocupados e avance cuidadosamente sem fazer barulho e sem ser visto;
  • Depois de realizar algumas missões da história, Sam poderá construir uma carga falsa para enganar os MULAs. Para utilizá-la, abra o menu, mova-a para uma das mãos de Sam e em seguida lance-a para bem longe de você. Os saqueadores vão perseguir a isca e você poderá fugir;
  • Atravessar rapidamente o território dos MULAs é uma possibilidade tentadora em muitos momentos. Para empregar essa estratégia, recomendo estar de posse de uma moto ou esqueleto de velocidade. Com isso, basta correr para longe dos MULAs mesmo se for visto. Só tome cuidado com os saqueadores que lançam arpões elétricos, se um dos objetos acertar Sam ele ficará paralisado por vários segundos;
  • Em último caso, a única solução é enfrentar diretamente os MULAs. Sam pode desferir socos e chutes para atordoar os saqueadores, utilizar seu cordão para amarrá-los ou disparar alguma arma não letal para impedi-los. Lembre-se que os MULAs ficam desacordados somente por alguns momentos, logo escape assim que possível.

Enfrentando as EPs

Uma das consequências do Death Stranding foi o surgimento das EPs, criaturas espectrais do “outro lado”. Quando a chuva temporal está caindo, elas podem aparecer para atacar Sam. Vários elementos indicam quando você está entrando em uma área com EPs: o céu escurece, aparece uma cena em que o scanner Odradek é ativado e o BB começa a fazer barulho. Esses trechos podem ser carregados de tensão, confira algumas dicas para sobrevivê-los:
  • Fique muito atento ao scanner Odradek, pois ele aponta para a EP mais próxima. Além disso, a cor e a intensidade de sua movimentação indica a proximidade das criaturas. Por fim, aperte R1 para mostrar silhuetas dos EPs;
  • As criaturas sempre atacam na direção do barulho e de grandes movimentações. Sendo assim, ande agachado e bem lentamente para não chamar a atenção delas. Quando estiver bem próximo de uma EP, segure R1 para prender a respiração de Sam e evitar ser detectado. Só tome cuidado: caso o fôlego do portador acabe enquanto R1 é segurado, ele terá que tomar ar, o que faz muito barulho;
  • Granadas hemáticas são capazes de ferir as EPs. Caso tenha alguma, é uma boa ideia lançá-la nas criaturas. Só fique atento que as granadas consomem a vida de Sam e nem sempre são capazes de matar as EPs;
  • Foi visto por uma das criaturas? Não se desespere, pois ainda é possível escapar. Mova-se rapidamente para fora da lama negra e aperte quadrado para atacar EPs que tentam te derrubar. Lembre-se de golpear somente quando necessário e quando as criaturas estiverem muito próximas para não desperdiçar segundos preciosos;
  • Caso você esteja equipado com um esqueleto de velocidade, uma opção é simplesmente sair correndo esquivando das EPs. Note que essa estratégia é mais complicada de executar, recomendo utilizá-la somente em campos com poucos obstáculos.

Utilize veículos, mas não se apegue

Sam pode utilizar diferentes tipos de veículos em sua jornada, cada qual com usos recomendados. As caminhonetes não são muito rápidas, no entanto têm grande capacidade de carga, o que as tornam uma ótima opção nas entregas com muitos objetos ou pacotes pesados. Já o triciclo inverso lembra uma moto e tem velocidade boa, além de conseguir também atravessar alguns terrenos com obstáculos — mova o analógico para baixo para empinar o veículo para conseguir subir em pedras e outras estruturas. Veículos podem ser construídos em boa parte dos centros de distribuição e encontrados no mundo ao jogar no modo online.


As caminhonetes e as motos ajudam bastante quando precisamos percorrer muitas distâncias, no entanto o mundo do jogo está repleto de trechos traiçoeiros e de difícil navegação. Por causa disso, é muito comum chegar em algum ponto em que é impossível avançar com os veículos. Sendo assim, a melhor opção é abandonar o veículo e continuar o caminho andando. Deixá-los para trás pode não parecer bom negócio, porém os transportes podem ser fabricados facilmente e é possível pegar para si motos e caminhonetes largadas por outros jogadores. Por fim, veículos abandonados podem ser utilizados por outras pessoas, o que rende curtidas para você.

Construa estradas

Uma estrada é um tipo especial de estrutura que cria uma pista elevada entre alguns dos centros de distribuição do mundo de Death Stranding. Sua maior vantagem é a altura: ela é construída em apoios elevados, o que facilita bastante evitar terrenos traiçoeiros e se locomover com velocidade entre diferentes pontos. Para construí-la, localize no mapa a impressora quiral correspondente e leve os materiais necessários (metais, cerâmicas, resinas, etc), que podem ser obtidos ao explorar o mundo ou retirado de centros de distribuição. Dá um pouco de trabalho construir estradas, mas a navegação facilitada é um ótimo benefício.


Explore o mundo

Death Stranding é estruturado em missões, e para fazer a história avançar precisamos cumprir entregas específicas. Fora isso, o mundo do jogo está completamente aberto e você pode ir para praticamente onde bem entender. Há muitos itens e colecionáveis espalhados pelos cenários, alguns deles justamente em locais mais afastados. Além disso, certos centros de distribuição estão fora do caminho principal. Por fim, vistas incríveis estão localizadas em pontos de difícil acesso. São vários os motivos para explorar o vasto mundo de Death Stranding.


~

Com essas dicas, a jornada de Sam será um pouco mais tranquila. Sabe de mais algum truque? Não deixe de compartilhar nos comentários.

Revisão: Francisco Camilo

é brasiliense e gosta de explorar games indie e títulos obscuros. Fã de Yoko Shimomura, Yuzo Koshiro e Masashi Hamauzu, é apreciador de boardgames, game music, fotografia e livros. Pode ser encontrado nas redes sociais por meio do nick FaruSantos.

Comentários

Google
Disqus
Facebook