Overwatch (Multi): conheça as principais composições de heróis utilizadas no game

Chegada de novos heróis e mudanças em personagens fazem com que times adaptam suas estratégias para utilização de formações em campeonatos.



Overwatch, o game de tiro em primeira pessoa da Blizzard, mantém firme seu lugar entre os jogos do cenário competitivo, após pouco mais de três anos de seu lançamento. Assim como outros títulos online, em Overwatch começaram a aparecer padrões de composições de times nos campeonatos oficiais e criadas por equipes profissionais.


Hoje apresentaremos as principais formações utilizadas pelos times da Liga Overwatch, que acabam por definir o meta do game (os principais personagens utilizados pelos profissionais), influenciando equipes amadoras em campeonatos menores.

Intensivão de Overwatch

Caso ainda não esteja familiarizado com o game, vamos resumir como o jogo funciona e seus personagens, para então entendermos como são as principais composições feitas nas partidas.

Conhecendo os Heróis

Começando pelos personagens, Overwatch conta atualmente com um elenco 31 "bonecos" chamados de heróis. Estes heróis são divididos em 3 classes: os heróis de Dano (os famosos DPSs), os Tanques e os Suportes.

Dano: a classe de dano é a maior do role do game, o que torna seus heróis, com características bastante distintas, flexíveis e adaptáveis para cada momento da partida e conforme a formação da equipe inimiga. Alguns são maiores causadores de dano, como Soldado 76, Pharah e Reaper, e outros focam em habilidades defensivas ou armadilhas, como Sombra, Junkrat e Mei.
Genji, Pharah, Tracer, McCree, Soldado 76, Sombra e Reaper


Tanques: já a classe de tanques, os heróis com maiores pontos de vida, é "dividida" em dois grupos: os tanques principais e os tanques ofensivos (ou off-tanks). Os tanques principais são aqueles que possuem escudo para proporcionar a segurança e o avanço da equipe, são eles Reinhardt, Orisa, Winston e Sigma. Os tanques ofensivos, como Zarya, D.Va e Roadhog, não possuem escudo mas causam maior dano, comparados aos tanques principais, e auxiliam na linha de frente. O ideal é que o time tenha um tanque principal e um tanque ofensivo, garantindo a segurança e ajudando os DPSs no ataque.
Zarya, Roadhog, Winston, Orisa, Reinhardt e D.Va


Suportes: a classe de suporte é responsável por regenerar a saúde de seus aliados e garantir que o time aguente ao máximo as team fights (confrontos entre as duas equipes completas). Em sua maioria com habilidades supremas defensivas, os suportes podem ser classificados em dois grupos, os que curam aliados individualmente e com maior taxa de regeneração, como Mercy e Ana, e os suporte com cura em área, como Lúcio e Brigitte, que proporcionam regeneração um pouco mais lenta mas sem focar em um único herói.

Ana, Mercy Lucio, Symmetra (que atualmente é da classe dano) e Zenyatta

Mapas e tipos de partidas

O game conta com 28 mapas, em sua maioria baseados em localizações reais como Paris, Ilios, Londres, Havana e Hollywood. Destes, 21 fazem parte dos principais modos de jogo:

Controle: as duas equipes disputam pelo controle de um único ponto por rodada. O primeiro time a conquistar dois pontos vence a partida.

Ataque: o time atacante deve capturar dois pontos do mapa em um determinado tempo, enquanto o time inimigo deve defender os objetivos.

Escolta: a equipe atacante deve escoltar um veículo até o final do percurso enquanto os adversários devem impedir seu avanço.

Ataque/Escolta: no mapa híbrido do game, um dos times deve conquistar a carga e entregá-la ao ponto final do percurso.
Hollywood: mapa de Ataque/Escolta


Apesar de existirem diversos outros modos de jogo como Capture a Bandeira e Todos contra Todos, com mapas exclusivos, apenas os quatro modos citados fazem parte do cenário competitivo do game.

Agora que conhecemos as classes de personagens e modos de jogo de Overwatch, vamos apresentar as formações mais utilizadas entre os jogadores profissionais e que caíram no gosto dos times amadores.

GOATS: o clássico 3-3

Criada pelo time de mesmo nome, a formação GOATS, a mais utilizada na liga, é composta por três tanques e três suportes. A composição mais clássica deste formato resume-se a Reinhardt (podendo ser substituído pelo Winston ou Sigma) como tanque principal, D.Va e Zarya como tanques ofensivos, e Lúcio, Brigitte e Zenyatta responsáveis pela cura.

Times nesta composição atacam de forma mais agressiva e sempre em conjunto. O boost de velocidade do Lúcio permite ao time chegar o mais rápido possível no ponto e o golpe de escudo da Brigitte, que causa atordoamento à um adversário, é essencial para a equipe eliminar um inimigo que esteja desfalcado de seus companheiros. Ambos o suportes, juntamente do Zenyatta, possuem habilidades supremas defensivas extremamente fortes, primordiais para manter a posse do ponto em team fights decisivas.
Formação clássica do GOATS


Combos entre os tanques são comuns nesta formação. O Surto de Gravitons da Zarya combinado com o Autodestruir da D.Va podem definir o encerramento de uma partida. Com a ajuda do Orbe da Discórdia do Zenyatta, os tanques ficam responsáveis pela maior parte do dano contra o time inimigo por conta da falta de DPSs.

Apesar de ser uma das mais famosas, senão a mais usada, GOATS divide a opinião dos fãs do game. Para muitos a composição, por ser tão comumente usada pela maioria dos times da Liga, torna as partidas parecidas e previsíveis. Não é difícil ver duas equipes se enfrentando com exatamente a mesma formação de GOATS, tornando os confrontos repetitivos e ultimates facilmente "counteráveis" (como Zenyatta protegendo todo o time da habilidade suprema da Zarya).
Los Angeles Gladiators na formação GOATS

Dive: mergulhando nos inimigos (literalmente)

Outra composição bastante utilizada é a Dive, que consiste em heróis, de preferência dois de cada classe, com alta mobilidade. Melhor utilizada em ataques de objetivo e escolta de carga, a equipe, literalmente, mergulha no meio do time adversários para realizar um ataque mais agressivo, com foco nos suportes ou heróis com pouca vida.

Para tanto, alguns personagens são essenciais para o sucesso da estratégia. A começar pelos tanques, os obrigatórios são Winston e D.Va. O Salto e Propulsores a Jato, respectivamente, tornam o ataque veloz e agressivo, além de permitirem que ambos heróis consigam "caçar" adversários que estão em pontos estratégicos de defesa, como Widowmaker e Hanzo. Suas habilidades defensivas, o Projetor de Barreira e a Matriz Defensiva, ajudam a segurar o dano recebido se usados em sintonia, enquanto os DPSs entram em ação.
Winston é uma das principais peças do Dive


Falando em DPS, os heróis de dano também devem ser escolhidos pela sua velocidade. As melhores opções para este tipo de formação são Genji, Tracer, Doomfist e Sombra. Estes devem focar nos curandeiros adversários enquanto estão ocupados com os tanques, facilitando a eliminação do time inimigo. Por possuírem técnicas de alta mobilidade, como o Translocador da Sombra e a Recordação da Tracer, estes heróis podem escapar facilmente quando em desvantagem em combates.

Quanto aos heróis de suporte, Lúcio é mais uma vez uma das melhores escolhas, com sua cura em área mantendo os aliados próximos protegidos e seu boost de velocidade que garante um recuo seguro da equipe ao se ver em desvantagem em algum embate. Como segundo suporte, as opções ficam entre Moira e seu Orbe Biótico, ou a Ana, que pode manter afastada de seus time e curá-lo a distância de uma posição segura.
Boston Uprising na formação Dive

Bunker: o mundo em torno do Bastion

Um bunker é uma estrutura fortificada construída para suportar grandes impactos, garantindo a segurança dos que estão dentro dela. Esta formação trata-se justamente disso. Utilizada especialmente na defesa de pontos, a composição mantém determinados heróis em um lugar fixo dentro ou próximo ao objetivo que deve-se defender, enquanto os demais espalham-se ao redor para atacar de vários lados.

Três personagens são essenciais para esta formação: Bastion, o robô que assume forma de metralhadora e causa dano massivo aos adversários (e também é um dos heróis mais odiados do jogo); Orisa, o tanque que fixa um escudo no chão protegendo seus aliados de ataques frontais; e Baptiste, o médico de combate com alto poder de cura em área.

Estes três personagens coordenam-se para manterem-se em um lugar estratégico do ponto a ser defendido, com o Bastion em seu modo metralhadora, a Orisa mantendo o escudo a frente do Bastion para protegê-lo, e Baptiste com as habilidades perfeitas para reviver a formação bunker.

Los Angeles Gladiators defendendo o mapa de Paris usando Bunker


A chegada do herói este ano foi primordial para que a composição recuperasse seu destaques entre as mais famosas. Sua arma principal é o Lançador Biótico, que atira projéteis que curam aliados próximos à área de impacto. Enquanto Baptiste cura aliados à distância, ele permanece com Bastion e Orisa no ponto de defesa pronto para utilizar seu Pulso Regenerador que concede cura em área.

Caso o escudo da Orisa seja destruído e ela eliminada, Baptiste consegue proteger Bastion com seu Campo de Imortalidade, um drone que impede que os aliados em seu raio sejam eliminados. Para finalizar, sua habilidade suprema, Matriz Amplificadora, aumenta o dano de ataques que o atravessam, permitindo que o robô-metralhadora prejudique o ataque de uma formação Dive facilmente.

Matriz Amplificadora: a habilidade suprema do Baptiste


Os outros três espaços da formação são preenchidos com diversos heróis que não dependem tanto dos outros três principais. Como segundo tanque, escolhas comuns são D.Va e Roadhog, outro suporte pode ficar por conta da Mercy ou da Ana, ambas podendo aumentar o dano do Bastion e ajudar facilmente outros aliados espalhados pelo mapa, e Pharah ou Soldado 76 como DPS.

Baptiste e a formação Bunker















Conhece mais alguma formação famosa utilizada nos campeonatos de Overwatch? Comente se seu time utiliza alguma!

Revisão: Henrique Moreno

Escreve para o GameBlast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google
Disqus
Facebook