VASARA Collection ganha datas de lançamento para PC, PS4, XBox One e Vita

Novo trabalho dos brasileiros da QUByte Interactive reunirá dois clássicos shoot 'em ups dos arcades japoneses, além de contar com conteúdo inédito.


Depois do Nintendo Switch, agora é a vez das outras plataformas ganharem datas de lançamento para o VASARA Collection, novo trabalho dos brasileiros da QUByte Interactive (99Vidas). O título chega dia 13 de agosto no PC, PlayStation 4 e Vita, e dia 14 de agosto no Xbox One.


A coletânea reúne dois clássicos shoot 'em ups dos arcades da japonesa Visco Corporation, além de contar com conteúdo inédito, criado exclusivamente para a versão nos consoles e PC's. Confira abaixo o trailer de anúncio e os detalhes do título nas palavras da própria QUByte Interactive:
Pela primeira vez, os aclamados clássicos dos fliperamas japoneses, Vasara (2000) e Vasara 2 (2001), estão disponíveis nos PC's e consoles através da coletânea: VASARA COLLECTION! Ficção Científica e História se encontram nestes clássicos, em uma linha temporal alternativa em que o Japão Feudal conta com armamento e equipamentos tecnologicamente avançados, e os samurais usam motocicletas voadoras com poder de fogo surpreendente e armas de combate poderosas para destruir os inimigos. A jogabilidade exige muita habilidade do jogador e o mantêm atento o tempo todo. Mantenha-se vivo neste jogo frenético onde tudo e todos estão dispostos a matá-lo!
Principais características:
  • Suporte ao Modo Tate / Modo Vertical;
  • 8 personagens jogáveis inspirados em figuras históricas japonesas reais;
  • Lute contra robôs gigantes e samurais usando tiros e poderosos ataques corpo a corpo;
  • Jogabilidade altamente desafiadora para especialistas;
  • Modo Fácil para iniciantes;
  • Múltiplos caminhos e finais de acordo com seus personagens e ações no jogo.

No currículo tem publicidade e jornalismo, mas no coração tem games. É um entusiasta da história dessa indústria infame e um colecionador esporádico. Se quiser conversar sobre a guerra dos consoles e outros assuntos, pode mandar uma mensagem no Twitter para @carloscirne

Comentários

Google
Disqus
Facebook