Saint Seiya: Galaxy Spirits é lançado para dispositivos Android

Gratuito, o novo título leva os jogadores para algumas das mais famosas sagas da série.




Saint Seiya: Galaxy Spirits é o último jogo da saga dos Cavaleiros de Athena lançado para dispositivos Android na proximidade de seu 30º aniversário.


O jogo foi desenvolvido pela DeNA (responsável pelos títulos mobile da Nintendo como Super Mario Run, Animal Crossing: Pocket Camp e Fire Emblem Heroes), licenciado pela TOEI Animation e com aprovação do próprio Masami Kurumada, criador da série.

Galaxy Spirits se trata de um RPG de ação com combates em tempo real de três contra três. A equipe do jogador será construída com até cinco personagens entre Cavaleiros de Bronze e de Ouro, cada um com habilidades e poderes próprios.

O jogador poderá revisitar a história original da série, passando pela Saga das 12 Casas do Zodíaco, Saga de Poseidon e Saga de Hades a fim de proteger a deusa Athena, alimentando a nostalgia dos fãs mais saudosistas mas sem deixar de lado as referências dos mais jovens.

Lançado oficialmente na Ásia e com traduções para o inglês, chinês e tailandês , Galaxy Spirits não está disponível em qualquer loja da Google Play no Ocidente, contudo, é possível fazer o download na página oficial do jogo em https://seiyagssea.mobage.tw/en/, bastando acessar o site do próprio celular (ou baixar o aplicativo diretamente pelo PC e depois transferi-lo para seu tablet ou telefone celular) e clicar em "Dowload APK". O APK é um pacote de instalação dos sistemas Android, permitindo a instalação de aplicativos baixados fora da loja da Google.

É comum durante a instalação surgir uma mensagem como "este APK é de um download fora da Google Play. Você autoriza?". Basta confirmar para que o processo continue. A versão para os dispositivos iOS, no momento, se restringe ao Sudeste Asiático.

Enquanto aguarda o download, acompanhe o trailer do jogo:

Fonte: press release

Mineiro, apaixonado por livros, música, filmes, discussões, Magic: The Gathering e, claro, jogos eletrônicos.

Comentários

Google
Disqus
Facebook