Patente infame sobre a "seta guia" de Crazy Taxi (Multi) expira hoje

Depois de 20 anos, finalmente será possível adicionar setas de guia em um jogo sem ter problemas com direitos autorais.

Em 1999, no auge do sucesso de Crazi Taxi (Multi), a Sega teve a bizarra ideia de criar uma patente em cima das setas gigantes que guiam o jogador dentro do jogo. Por alguma razão desconhecida, a proposta da empresa japonesa foi aceita e as outras companhias foram proibidas de usar a seta gigante em seus jogos, pelo menos até este domingo (14), o dia que marca oficialmente a data de expiração da patente.

Este caso polêmico ficou marcado como uma das decisões empresariais mais ridículas da indústria dos videogames por praticamente "censurar" uma mecânica de game design. Por causa disso, jogos de mundo aberto ou com grandes cenários precisaram se adaptar aos "trancos e barrancos" para indicar direções ao jogador. A saída mais comum para o problema foi o modelo de mini-mapa popularizado e utilizado até hoje pela série Grand Theft Auto.

Agora que a seta pode ser utilizada sem problemas com direitos autorais, qual franquia você acha que deveria começar a utilizar esse sistema? Comente a sua sugestão baixo na área de comentários. 


é um estudante de jornalismo que sonha em poder noticiar o anúncio de Half-Life 3. Apaixonado por jogos e pela Nintendo desde criança, também ama esportes e pretende escrever um livro sobre o assunto no futuro. É capaz de colocar todos os episódios de Neon Genesis Evangelion em um abrigo anti-nuclear apenas para nunca correr o risco de esquecer eles. Pode ser encontrado endeusando a Capcom no Facebook, Steam e Twitter.

Comentários

Google
Disqus
Facebook