League of Legends (PC): INTZ bate o Flamengo e é campeã da primeira etapa do CBLoL 2019

Intrépidos aplicaram 3x2 na série melhor de cinco (MD5) e se consagraram tetracampeões.



Contrariando as expectativas, a INTZ e-Sports Club bateu o Flamengo eSports e conquistou o título de campeã da primeira etapa do Campeonato Brasileiro de League of Legends 2019 (CBLoL). Enquanto os Rubro-negros chegaram à decisão como grandes favoritos, com 23 vitórias e somente uma derrota, os Intrépidos cresceram durante a competição e provaram que não existe time imbatível, levando a melhor em uma série melhor de cinco (MD5) extremamente emocionante.

Com a vitória, a INTZ se torna tetracampeã do CBLoL e vai representar o Brasil no Mid-Season Invitational (MSI). Considerado o segundo campeonato internacional mais importante de League of Legends, o torneio será realizado no Vietnã e em Taiwan, a partir do dia 01 de maio. Já o Flamengo, amarga o terceiro vice-campeonato consecutivo — um no Circuito Desafiante e outros dois no CBLoL.

Jogo 01

O primeiro confronto da grande final começou a ser decidido logo nos minutos iniciais, em uma invasão da INTZ na selva inimiga. No entanto, os Intrépidos foram surpreendidos pela bela entrada de Luci, que conseguiu jogar para cima três rivais. Com isso, o First Blood acabou nas mãos de Robo, que abateu Shini, atrasando bastante a evolução do jogo do caçador da INTZ.

O ritmo acelerado do Flamengo não parou, e os Rubro-negros executaram um dive perfeito na rota inferior. Com a ajuda se Shrimp, brTT conseguiu abater o atirador e o suporte dos Intrépidos, além de coletar o ouro de duas barricadas da torre. A INTZ tentava responder e forçou uma luta na entrada do covil do Arauto, porém, o resultado não poderia ter sido pior. O Flamengo conseguiu quatro abates, derrotou o Arauto e derrubou a primeira torre do jogo, tudo isso contra somente um abate conquistado pelos Intrépidos.

Outra team fight iniciada pela INTZ, dessa vez na rota do meio, terminou com três abates na conta de Goku. Isso abriu espaço para o Flamengo fazer o Barão e marchar rumo à base inimiga. Sem ter como se defender, os Intrépidos assistiram o Nexus ser destruído aos 22 minutos e 03 segundos de partida. Além de perder o jogo, os Intrépidos viram escapar um recorde de suas mãos: esse foi o duelo mais rápido desta etapa do CBLoL, conquista que anteriormente pertencia a própria INTZ.

MVP: Luci



Flamengo – Lado azul

Robo (Poppy) — 4/0/6
Shrimp (Jarvan IV) — 3/2/9
Goku (Corki) — 3/1/5
brTT (Kai'Sa) — 7/0/4
Luci (Alistar) — 0/2/10

INTZ – Lado vermelho

Tay (Gangplank) — 1/0/2
Shini (Xin Zhao) — 1/5/3
Envy (Syndra) — 2/3/1
Mills (Lucian) — 0/4/4
RedBert (Braum) — 1/5/3

Bans

Flamengo: Sona / LeBlanc / Rek’Sai / Ashe / Vladimir
INTZ: Lissandra / Kalista / Sylas / Taliyah / Hecarim

Jogo 02

Se o primeiro embate da final foi um passeio do Flamengo, o cenário mudou completamente no segundo. Com as duas equipes tentando controlar o jogo, o First Blood veio após um gank de Shrimp na rota inferior, porém a INTZ respondeu bem a movimentação do caçador inimigo e viu RedBert conseguir o primeiro abate. Porém, Shrimp não voltou para a base com as mãos abanando e também levou um abate em sua conta.

Os Intrépidos começaram a crescer, conquistando outros dois abates em poucos minutos e conseguindo derrubar a primeira torre, na rota do topo. No entanto, o Flamengo mostrou mais uma vez porque é considerado o time que melhor luta no CBLoL e não deixou a INTZ fazer sua vantagem crescer. Em uma team fight no meio, um belíssimo combo das ultimates de Robo, brTT e Shrimp permitiu que Goku fizesse um Double Kill.

As duas equipes tentavam controlar o mapa e qualquer janela de oportunidade tinha que ser aproveitada, e foi o que o Flamengo fez. Vendo que Envy tentava o split push no topo, os Rubro-negros aceleraram no meio e levaram as três torres e o inibidor. Pouco depois, o combo entre Shrimp e brTT voltou a ser efetivo no topo, o que possibilitou o Flamengo levar a T3 e eliminar dois jogadores da INTZ.

Com duas rotas sendo atacadas pelos super minions, o Flamengo fez o Dragão Ancião, enquanto isso, Envy usou o seu Portal dos Reinos para levar a INTZ para o covil do Barão e permitir que os Intrépidos conquistassem o buff. O Flamengo ia derrubando a base rival pouco a pouco e enquanto os super minions demoliam a primeira torre do Nexus, a INTZ atacava a equipe inimiga próxima do inibidor da rota inferior, conseguindo três abates.

Com somente dois integrantes do time do Flamengo em pé, a INTZ foi para o Barão e, ao invés de tentar contestar, os Rubro-negros partiram na direção do Dragão Ancião. Porém, os Intrépidos foram mais rápidos, conseguiram o buff na parte superior do rio e desceram rapidamente para roubar o Ancião das mãos do Flamengo. Com a combinação dos dois buffs, a INTZ invadiu a base do Flamengo, derrubou o Nexus e empatou a série.

MVP: Envy



Flamengo – Lado azul

Robo (Jarvan IV) — 0/4/10
Shrimp (Karthus) — 3/7/4
Goku (Corki) — 5/1/5
brTT (Jhin) — 3/1/8
Luci (Tahm Kench) — 0/5/7

INTZ – Lado vermelho

Tay (Renekton) — 2/4/7
Shini (Gragas) — 5/2/9
Envy (Ryze) — 6/1/8
Mills (Ashe) — 4/2/8
RedBert (Braum) — 1/2/15

Bans

Flamengo: Sona / LeBlanc / Rek’Sai / Vladimir / Syndra
INTZ: Lissandra / Kalista / Sylas / Taliyah / Gangplank

Jogo 03

O Flamengo acelerou o início do terceiro jogo, abrindo mais de 2 mil de vantagem no ouro em cerca de 10 minutos, isso sem nenhum abate. O First Blood veio somente após luta no meio, em que Envy tentava fugir com pouquíssima vida, mas acabou sendo derrubado pela ultimate do Robo. Ao sair de base e retornar para rota, Envy foi abatido novamente, dessa vez, por Lucy. Isso permitiu que o Arauto fosse invocado no meio, derrubando a primeira torre do jogo, que ainda estava com as barricadas.

Aos 14 minutos, o Flamengo havia destruído 11 barricadas, contra nenhuma da INTZ, o que aumentou ainda mais a vantagem no ouro dos Rubro-negros. Para preparar o primeiro Barão, o Flamengo fez uma emboscada na selva inimiga e conseguiu mandar Shini para a base. Sem o caçador rival por perto, o Flamengo conquistou o buff do Barão e, apesar de sofrerem dois abates, conseguiram invadir a base dos Intrépidos, liberar o inibidor do meio e derrubar o da rota inferior.

O Flamengo continuou acelerando e, depois de alguns minutos, demoliu o inibidor do meio. A INTZ tentava ganhar tempo, travando muitas lutas ao redor do covil do Barão e a resistência dos Intrépidos foi capaz de segurar o avanço Rubro-Negro até os 37 minutos. Porém, o Flamengo pressionou até ser capaz de aniquilar o Barão e ainda abater Shini na sequência.

Parecia o final do jogo, mas a INTZ resistiu muito bem. O Flamengo derrubou duas torres do Nexus, entretanto Envy chegou para limpar a luta e conquistar um Pentakill. Na sequência, os Intrépidos foram para o Dragão Ancião, enquanto e os Rubros-negros conseguiram um novo Barão e partiram rumo a base inimiga. Mais uma vez, a defesa da INTZ surtiu efeito, mas não foi o suficiente. Após o time do Flamengo nascer de novo, eles marcharam rumo ao objetivo final e focaram o Nexus ao invés de se envolverem em team fights. A estratégia deu certo e os Rubro-negros voltaram a ficar em vantagem na série.

MVP: brTT



Flamengo – Lado azul

Robo (Gangplank) — 2/2/6
Shrimp (Taliyah) — 3/1/4
Goku (Sylas) — 2/4/8
brTT (Tristana) — 2/1/5
Luci (Alistar) — 3/8/6

INTZ – Lado vermelho

Tay (Vladimir) — 2/3/6
Shini (Trundle) — 0/2/9
Envy (Ryze) — 10/3/5
Mills (Ashe) — 4/1/8
RedBert (Tahm Kench) — 0/3/9

Bans

Flamengo: Sona / LeBlanc / Rek’Sai / Gragas / Skarner
INTZ:  Lissandra / Kalista / Jarvan IV / Kai´Sa / Cassiopeia

Jogo 04

O quarto jogo da série foi marcado pelo nervosismo e diversos erros dos jogadores do Flamengo, que até conquistou o First Blood após uma luta no rio. No entanto, a INTZ era capaz de responder bem a todos os movimentos dos rivais e começou a construir sua vantagem pelo mapa. O snowball teve início, de fato, após uma luta dentro da selva do Flamengo, em que a INTZ saiu com três abates, sendo um Double Kill para Envy.

Com a ajuda do Arauto, o Flamengo até conseguiu derrubar a primeira torre do jogo, na rota do topo, no entanto, era a INTZ que ditava o ritmo, com o seu jogador do meio ficando cada vez mais forte. Os Intrépidos partiam para cima, colecionavam abates e demoliam as torres pelo caminho. Os Rubro-negros estavam perdidos e não conseguiram impedir o split push de Tay, que conseguiu liberar o inibidor da rota inferior.

O passeio da INTZ continuava e a equipe conquistou o Barão, combustível que faltava para os Intrépidos invadirem a base inimiga e levarem dois inibidores. O Flamengo se defendia como podia e até conseguiu proteger seu Nexus por alguns minutos, além de executar ótima chamada para o Barão. No entanto, a INTZ armou excelente team fight na rota do meio e mandou a principal fonte de dano do Flamengo, o atirador brTT, para a base. Com isso, os Intrépidos marcharam rumo à vitória, derrubaram o Nexus inimigos, não sem antes conquistar um Ace, e empataram a série novamente.

MVP: Envy



Flamengo – Lado azul

Robo (Karma) — 1/5/4
Shrimp (Lee Sin) — 0/5/4
Goku (Sylas) — 2/7/1
brTT (Kog'Maw) — 3/4/1
Luci (Braum) — 0/4/4

INTZ – Lado vermelho

Tay (Hecarim) — 5/2/10
Shini (Jarvan IV) — 3/3/20
Envy (LeBlanc) — 11/0/8
Mills (Draven) — 5/1/8
RedBert (Morgana) — 1/0/13

Bans

Flamengo: Sona / Rek’Sai / Ryze / Ashe / Varus
INTZ: Taliyah / Kalista / Lissandra / Gangplank / Poppy

Jogo 05

Um Flamengo mais tenso do que a INTZ marcou o jogo decisivo da série. A disputa até que começou melhor para os Rubro-negros, que viram brTT conquistar o First Blood na rota inferior, aproveitando que o suporte RedBert não estava por perto. Poucos minutos depois, o atirador do Flamengo voltou a brilhar e conquistou seu segundo abate, dessa vez, na rota superior. A equipe carioca acelerava e demoliu rapidamente toda a linha T1 de torres. Mas a gasolina parece ter acabado nesse ponto.

A INTZ conseguiu empatar no placar de abates, conquistando um na rota do meio e outro no topo. Mesmo com o Flamengo derrotando dois Dragões Infernais, os Intrépidos dominavam as ações e conseguiram pegar Shrimp fora de posição. Com o caçador inimigo na base. a INTZ fez o Barão e saiu com uma vantagem ainda maior, mesmo tendo três membros da equipe abatidos logo após a conquista do buff.

O Flamengo tentou partir para o tudo ou nada e mandou o time inteiro para a rota do meio, conseguindo até liberar o inibidor. Porém, Tay estava no split push na rota inferior e detonou o inibidor inimigo. Sem decidir se era melhor continuar atacando ou se defender, os Rubro-negros viram brTT ser derrubado. Sem a sua principal fonte de dano, o Flamengo assistia o sonho do título indo embora. A INTZ levou todas as suas forças para a base dos rivais, derrubaram o Nexus e conquistaram o título da primeira etapa do CBLoL 2019, fechando a série em 3x2.

MVP: Envy



Flamengo – Lado azul

Robo (Sion) — 0/1/2
Shrimp (Jarvan IV) — 0/3/1
Goku (Corki) — 0/2/2
brTT (Lucian) — 5/3/1
Luci (Tresh) — 1/2/4

INTZ – Lado vermelho

Tay (Kayle) — 1/1/4
Shini (Rek’Sai) — 1/1/4
Envy (Ahri) — 5/0/2
Mills (Draven) — 3/2/3
RedBert (Morgana) — 1/2/7

Bans

Flamengo: LeBlanc / Ryze / Tahm Kench / Yorick / Vladimir
INTZ: Kalista / Lissandra / Taliyah / Gangplank / Poppy

É jornalista e obcecado por games (não necessariamente nessa ordem). Seu vício começou com uma primeira dose de Super Mario World e, desde então, não consegue mais ficar muito tempo sem se aventurar em um bom jogo. Diretor de Redação do Nintendo Blast.

Comentários

Google
Disqus
Facebook