Red Dead Redemption 2 (PS4/XBO): Take-Two é processada pelo uso do nome "Pinkerton"

Empresa sueca detentora da empresa real Pinkerton Consulting & Investigations afirma que o jogo passa uma imagem infiel aos jogadores.


A fictícia agência Pinkerton de Investigação, confrontada pela gangue Dutch Van der Linde em Red Dead Redemption 2 (PS4/XBO), é o elemento central de um processo judicial que a Take-Two, publisher do jogo, está enfrentando. A Securitas AB é uma empresa sueca real que possui como subsidiária a Pinkerton Consulting & Investigations e enviou um pedido de encerramento à publicadora sob pena de ação judicial.


Após elogiar o trabalho feito pelo estúdio, a empresa afirma que as marcas registradas foram associadas à obra de uma maneira que transmite, erroneamente, a impressão de que o jogo foi feito pela companhia Pinkerton ou conectado a ele. A petição exige pagamento de royalties contínuos pela Take-Two, que está recorrendo com base na Primeira Emenda da Constituição dos Estados Unidos.

A Take-Two ainda ressalta que a agência Pinkerton aparece em outras obras de ficção, dentre os quais cita o jogo BioShock Infinite onde o protagonista é um ex-agente da instituição. Também ressalta que o nome da empresa de segurança não foi utilizado nas campanhas de divulgação ou quaisquer outras atividades de promoção de Red Dead Redemption 2. Jack Zahran, presidente da Pinkerton, externou suas impressões de que os agentes retratados pela Take Two são infiéis à marca.

"Os agentes Pinkerton são vistos atirando de cavalos, disparando armas e bombas incendiárias em edifícios onde mulheres e crianças estão presentes e como vilões violentos na comunidade", diz Zahran. "O enredo conta uma história diferente. [...] Nossos funcionários agora têm que explicar aos seus jovens jogadores por que Red Dead Redemption 2 encoraja as pessoas a matarem Pinkertons".

Red Dead Redemption está disponível para Playstation 4 e Xbox One.

Fonte: The Verge.

produz conteúdo gamer para a WEB desde os 12 anos de idade. Criou diversos blogs, fóruns e canais no YouTube com a temática de jogos, que o fizeram escolher o Jornalismo de Games como profissão. É apaixonado pelo universo de Resident Evil e espera ansiosamente pela oportunidade de disputar um campeonato oficial de PES.

Comentários

Google
Disqus
Facebook