Jogamos

Análise: Genesis Alpha One (Multi) é ótimo como construtor de base mas entediante como shooter

Uma opção válida para quem gosta de roguelikes.


Genesis Alpha One (Multi) é um jogo que mistura roguelike com tiro em primeira pessoa e sobrevivência. Embora não seja o melhor representante do gênero FPS, suas mecânicas de construção de base são sólidas e bem aproveitadas, o que torna a jornada em busca de uma nova casa para os seres humanos uma experiência agradável.

Em busca de uma nova gênese

A humanidade e o planeta Terra entraram em colapso com a falta de recursos naturais. Diversas corporações, então, se unem e criam o Projeto Gênese, que tem como o objetivo explorar as galáxias com  e encontrar novos planetas que possam servir de casa para a espécie humana.

Os jogadores assumem um dos clones que compõem a tripulação da nave que irá explorar a galáxia Alpha One. No papel de capitão, a missão é garantir a sobrevivência da nave e seus tripulantes e buscar recursos e opções de melhorias nos planetas desconhecidos e detritos espaciais.

Ao iniciarem uma jornada, os jogadores devem concluir uma missão de tutorial para que então possam reiniciar a sessão e escolher qual corporação irá financiar sua expedição, os membros iniciais da tripulação e os artefatos de início. Cada opção escolhida irá oferecer bônus positivos e negativos para a jornada, tecendo um desafio único para cada uma das configurações escolhidas.

Construindo

Genesis Alpha One conta com um sistema de construção de nave bastante competente e diverso. Há uma boa variedade de módulos a serem construídos, desde aqueles voltados para a colheita de materiais, até módulos de sobrevivência e recreação da tripulação e criação de armas e estruturas defensivas. Cada módulo exige uma certa quantia de material para ser construído, que podem ser coletados através do uso do Tractor Beam e de expedições aos planetas desconhecidos.



O layout da nave é uma das características mais importantes para o sucesso dos jogadores. É preciso focar em construir algo que seja de fácil memorização, com acessos rápido aos principais setores. Essa importância existe não apenas para facilitar a locomoção, mas tornar a manutenção e proteção da nave mais intuitiva.

Formas de vida hostis invadem e se instalam na nave, fazendo com que haja a necessidade constante de ir e vir para limpar os ninhos das criaturas. Além disso, doenças podem se espalhar pelas estruturas se os membros da tripulação não forem tratados, o que acaba exigindo também essa constante “limpeza” de áreas. Esse vai e vem é deveras incômodo, e pode quebrar o ritmo de progresso do jogo.

Não é ritmo de festa

Genesis Alpha One possui um ritmo mais cadenciado. Todas as ações exigem um membro de tripulação para serem realizadas, sendo preciso designar suas funções à partir de cada módulo. É possível criar novos membros através do processo de clonagem, que utiliza a biomassa coletada de inimigos derrotados. Quanto mais membros na tripulação, maior será a rapidez nos processos de colheita e refino de materiais brutos. Ainda assim, os jogadores podem acelerar qualquer atividade se eles mesmos a realizarem ao segurar L2 (PS4) nos terminais de cada setor.

Cada área da galáxia possui recursos limitados. Para buscar novas áreas, basta utilizar o hyperdrive para viajar até locais inexplorados, e então utilizar o raio de tração para colher e refinar detritos e o hangar para realizar expedições nos planetóides.



Os planetas possuem recursos e inimigos próprios, com paisagens que vão de aridez desértica à vegetação mais intensa. Descer até eles é opcional, mas é uma parte importante no progresso dos jogadores pois oferece embates contra formas de vida variadas. Derrotá-las permite coletar não apenas biomassa, mas amostras de DNA e projeto de armas. Coletando a quantidade certa, é possível criar novos armamentos e clones de diferentes espécies, que contam com potenciais e fraquezas únicos, como maior resistência à doenças ou menor defesa na hora dos combates.

Infelizmente, há uma grande limitação no que tange a exploração dos planetas, com áreas delimitadas por um círculo azul que indica a segurança daquela região. Os desenvolvedores poderiam ter aproveitado o fato de o game utilizar cenários gerados aleatoriamente para trazer maiores oportunidades de exploração e descoberta. Limitar o espaço do jogador tira um pouco o potencial do título.

A movimentação do personagem é bem rápida, o que poderia tornar os combates ágeis e divertidos. Mas o dinamismo proposto é minado por um combate oco e insosso. As armas se comportam quase na mesma maneira, sem qualquer tipo de recuo ou exigência de habilidade por parte dos jogadores. Trocar tiros com inimigos é algo lento graças à inteligência artificial, que avança em direção ao “protagonista” como se não houvesse o amanhã. Além disso, a física do jogo não é das melhores, com os corpos dos inimigos não possuindo quase nenhuma reação aos tiros disparados pelos jogadores.



Em termos visuais, Alpha One é bastante agradável e bem produzido, com texturas de boa qualidade nos cenários e um belo uso de cores e luzes na iluminação do interior da nave e na representação dos planetas. Modelos de personagens, entretanto, não possuem grande carisma, mas como não há uma história maior a ser contada, acaba não afetando a qualidade como um todo.

Genesis Alpha One (Multi) não é o melhor shooter com elementos roguelike do mercado, mas oferece um sistema de construção de base e evolução bastante competente. Lidar com formas de vida hostis invadindo a nave pode prejudicar um pouco a fluidez do progresso, mas basta que os jogadores se adaptem ao ritmo mais lento das mecânicas do game para que tenham uma boa experiência com o título.

Prós


  • Sistema de construção de bases eficiente;
  • Diversas melhorias e membros de tripulação para serem pesquisados e desbloqueados;
  • Visualmente bonito.

Contras


  • A porção voltada para o gênero FPS não é muito agradável;
  • Vai e vem para limpar a base é cansativo, apesar de não ser a coisa mais frequente;
  • Área de exploração dentro dos planetas poderia ser maior. 

Genesis Alpha One — PS4/XBO/PC — Nota: 7.5
Versão utilizada para análise: PS4
Análise produzida com cópia digital cedida pela Team17 

Escreve para o GameBlast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google
Disqus
Facebook