Top 10

Monster Hunter World (Multi): dez dicas para se dar bem nas caçadas

Conheça formas de melhorar seu desempenho dentro e fora das batalhas.


Explorar a natureza selvagem de Monster Hunter World (Multi) pode ser um grande desafio para jogadores novatos. O game da Capcom foi considerado o melhor RPG de 2018 e inclui uma das experiências online mais completas desta geração, mas tem tanto conteúdo que pode acabar afastando quem nunca caçou antes.


Ainda não conseguiu parar Zorah Magdaros, quer completar o bestiário e/ou até sonha em forjar uma armadura de raridade 8? Use este guia para melhorar seu desempenho nas caçadas. A maior parte das informações a seguir é voltada para jogadores menos experientes, que não tiveram contato com outros títulos da saga.

10 - Gato de botas



O seu amigato, ou palico, no inglês, também pode usar armaduras armas. Diferente das peças equipadas em seu personagem, essas não podem ser melhoradas e nem carregar adornos. Ainda assim, vale a pena ficar de olho na oficina e fortalecer seu gatinho de vez em quando. O ideal é não gastar tanto nas peças dele, mas tentar combinar os status da armadura do mascote com a sua.

9 - Senta, que lá vem história

O modo história de MHW é focado nas aventuras dos caçadores de Astera, que estão desbravando um novo continente e precisam enfrentar todo tipo de criatura. Cumprir as tarefas da campanha principal, ou seja, as missões designadas, é o jeito mais prático de aprender a se comportar em batalha. Avançar na jornada também vai aumentar o nível de seu personagem e garantir acesso a objetivos de ranque elevado, com monstros mais poderosos e recompensas mais valiosas. Portanto, entre uma expedição e outra, não deixe de fazer as missões do modo história.

8 - Administrando recursos

O universo de Monster Hunter World é lotado de itens, e saber como usar cada um deles é fundamental para se dar bem no jogo. Assim, manter seu inventário organizado e usar o espaço da bolsa de viagem com sabedoria é sempre uma boa ideia. Como não é possível andar por aí com tudo que foi coletado, use algum dos baús para separar o que realmente importa antes de cada missão.

Existem baús perto do mural de missões da entrada principal, ao lado da oficina e dentro de seu quarto. Na opção “caixa de itens”, o jogador pode ver tudo o que conseguiu explorando e salvar até seis padrões pré-definidos para a bolsa de viagem. Se você sempre faz capturas, por exemplo, seria interessante criar um padrão personalizado e nunca mais esquecer suas armadilhas ou bombas sedativas.

7 - Pesquisa de campo



Nem sempre é necessário aceitar uma missão para se aventurar fora de Astera, já que também é possível explorar o mundo de MHW através das expedições. Esse modo de jogo, que pode ser acessado pelo mapa ou em qualquer saída da base, é uma boa forma de coletar recursos sem compromisso. Você também pode usar as expedições para descobrir por onde os monstros de determinada região circulam e como tirar vantagem de armadilhas naturais - como árvores de vinha, sapos paralisantes e flores venenosas.

6 - Lar doce lar

Por mais que a ação sempre aconteça fora da base, conhecer os estabelecimentos de Astera é uma parte importante do jogo. O ponto de encontro dos caçadores é cheio de funções interessantes e dominar essas ferramentas, da cantina e do mercado até a plantação e a oficina, pode fazer toda a diferença. Uma das instalações que mais merece atenção é o centro de pesquisas, que reúne várias tarefas secundárias.

Diferente das missões disponíveis nos murais ou com a assistente, as tarefas do centro de pesquisa podem ser completadas em qualquer momento fora da base de Astera. Elas geralmente consistem em derrotar uma determinada quantidade de monstros e coletar itens específicos, como plantas, cogumelos, minérios ou insetos. A recompensa para quem cumpre os objetivos varia entre pontos, esferas de armadura e itens exclusivos.

5 - A arte da guerra

Conhecer seu inimigo é uma parte essencial de qualquer estratégia de combate, por isso, colete rastros de monstros para atualizar o bestiário e ter acesso aos pontos fracos de cada criatura. O bestiário está disponível através do mestre de biologia e contém informações valiosas sobre os monstros do jogo - como as partes do corpo que conseguem ser quebradas, os tipos de arma que causam mais dano e os itens que podem ser dropados ao derrotar aquela espécie.


O segredo, então, é sempre criar uma estratégia baseada nas fraquezas do seu inimigo. No caso de Anjanath, por exemplo, a luta vai ser mais fácil para os caçadores que usarem armas do elemento água; focando no focinho e cauda para ter vantagem. O bestiário também mostra que a criatura é menos vulnerável a ataques explosivos e, se golpeada na altura do pescoço, pode perder a habilidade de soltar fogo temporariamente.

4 - Tiro, porrada e bomba

Ao todo, Monster Hunter World conta com 14 tipos de armas diferentes. Por isso, encontrar e dominar uma que combine com seu estilo de jogo pode levar algum tempo. Uma boa forma de agilizar o processo é visitando o amigato que fica no quarto do jogador, do lado direito do baú. Ele te deixará entrar no modo treinamento, onde você pode ver (na prática) do que cada uma das armas é capaz. Tente fazer isso nas primeiras missões do jogo, para não perder tempo melhorando uma arma com a qual não tem um desempenho tão bom.

3 - Mestre de forja

Usar os itens conseguidos em batalha para criar armaduras mais fortes é uma das coisas mais marcantes e divertidas de Monster Hunter World. Já que você vai precisar derrotar os mesmos monstros várias vezes, o jeito é se preparar com calma e dar prioridade para as missões de investigação. Elas aparecem conforme você explora e podem ser cadastradas no centro de pesquisa.



Se estiver precisando da asa de um Pukei-Pukei, por exemplo, vale mais a pena aceitar uma missão de investigação do que uma das convencionais. Afinal, além dos itens que você receberia normalmente, esse tipo de missão garante prêmios extras. Você também pode usar vales da sorte, que consegue diariamente ao entrar online, para melhorar ainda mais as recompensas.

2 - Blindagem especial

Ao longo de sua jornada como caçador, você vai precisar enfrentar muitas criaturas diferentes. Por isso, é totalmente normal trocar de armadura frequentemente. Além de criar peças de equipamento do zero, também é possível fortalecer capacetes, luvas, botas e outras partes de sua armadura na oficina. Para tanto, será necessário gastar esferas de armadura - que podem ser obtidas através de missões normais ou tarefas do centro de pesquisa.

Vale lembrar que as esferas de armadura são itens um pouco mais escassos no jogo, portanto, escolha os equipamentos que quer melhorar com cuidado. O ideal é não investir em armaduras de baixa raridade, como praticamente todas que o jogador tem acesso até chegar nas missões de ranque elevado. Uma boa ideia é, sempre que for fazer melhorias, checar se não há nada melhor que possa ser construído.

1 - Um por todos e todos por um

Poucos jogos multiplayer conseguem ser tão divertidos quanto Monster Hunter World. O online do game, que se tornou o título mais vendido da Capcom, coloca até quatro pessoas para caçar monstros gigantescos. Além disso, por mais que jogar com os amigos torne a experiência única, é possível se unir a caçadores do mundo todo em poucos segundos. 



Mesmo que a dificuldade das missões seja reajustada sempre que a quantidade de pessoas na equipe aumenta, se acha que não vai dar conta de um monstro: abra o menu e use a opção “Disparar SOS”. Você lançará um sinalizador que pode ser visto por outros caçadores e, talvez, alguém apareça para te ajudar. Também é possível responder a chamados desse tipo nos murais ou falando com a assistente.
Clercio Rodrigues é paulista, tem 21 anos e está prestes a se formar em jornalismo pela UFRN. Apaixonado por videogames desde a infância, nunca perde a chance de competir em jogos de luta e pode ser encontrado no Twitter.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook