Death March Club (PC): novo jogo da Too Kyo Games tem suas primeiras informações reveladas

Jogo de ação-aventura é um dos primeiros projetos da recém-fundada empresa dos diretores de Danganronpa e Zero Escape.


A publicadora Izanagi Games revelou as primeiras informações de Death March Club. Com lançamento no PC previsto para 2020, o jogo está sendo desenvolvido em uma parceria entre a Grounding (Sakura Samurai) e a Too Kyo Games, nova empresa dos diretores de Danganronpa, Kazutaka Kodaka, e Zero Escape, Kotaro Uchikoshi.


A história se passa em uma escola de ensino fundamental em Tóquio que além das classes normais possui uma classe especial chamada LOSER onde estudantes atípicos são reunidos. Entre essas pessoas estão Reycho, um menino curioso que vive se metendo em confusão por não compreender o risco das suas atitudes, e a jovem Vanilla, uma garota atrapalhada que é mais inteligente do que aparenta. Ambos, assim como o resto da classe, tem 12 anos.


Indo para um passeio da escola, o grupo de crianças dessa classe sofreu um acidente de ônibus devido a um desmoronamento. Quando acordaram, elas estavam presas em um parque de diversões subaquático abandonado. Lá um palhaço ordena que eles participem de um jogo mortal em que elas precisam matar umas às outras. Desesperadas por uma forma de sair, elas descobrem possuir misteriosos poderes, mas uma situação emergencial está acontecendo na superfície.


Outro aspecto revelado foi o nome de alguns membros da equipe de desenvolvimento. Entre eles, temos designs de personagens feitos por Take (das séries de light novels Zaregoto e Katanagatari), história escrita por Kotaro Uchikoshi e direção de Takumi Nakazawa (série Infinity, Punch Line). O jogo será de ação-aventura, mas ainda não foram divulgados detalhes específicos sobre o gameplay.

Fonte: Gematsu
Ivanir Ignacchitti é formado em Comunicação Social pela UFMG e costumava trabalhar numa equipe de desenvolvimento de jogos. Obcecado por jogos japoneses, é raro que ele não esteja com um videogame portátil, sua principal paixão desde a infância.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook