Hands-on

BGS 2018: Hitman 2 (Multi) mantém a rotina do agente 47

Próximo jogo do agente 47 mantém fundamentos de seu antecessor, mas promete não perder o foco.


Após um período incerto que a IO Interactive passou depois que se desligou da Square-Enix, ela volta junto com a Warner para trazer Hitman 2, sequencia do reboot que a série recebeu recentemente. Uma demo das novas aventuras do assassino 47 estava disponível na Brasil Game Show, e tivemos a chance de testá-la.


Tivemos a uma missão completa, talvez a primeira do novo jogo, que se passa em Miami, em uma corrida de carros. Sua missão é eliminar dois alvos: um dos corredores e o seu pai, empresário do ramo bélico, e ambos envolvidos com negócios suspeitos. Como fazer isso cabe inteiramente a você decidir.


Já nos primeiros momentos o jogo impressiona por sua qualidade gráfica. É de admirar também a quantidade de elementos na tela, pessoas andando para todos os lados, passando para lá e para cá e nenhum engasgo do programa — a demo rodava em um Xbox One, mas não sei dizer se era X ou S.

Falando da jogabilidade, essa sequência herda muitos elementos já vistos no primeiro Hitman de 2016. O game te dá algumas sugestões de abordagens possíveis, cabendo ao jogador decidir o que fazer e quando fazer. Na situação específica, como são dois alvos, é possível ir atrás de qualquer um deles em qualquer ordem.


Um dos alvos, o piloto por exemplo, pode ser eliminado antes, durante ou depois da prova, o que te daria tempo de executar o segundo alvo se preferir. Ouvir conversas de NPCs também pode liberar novas possibilidades, como saber a rota de uma vítima ou descobrir um meio de acessar uma area segura sem gerar suspeitas.

No caso de você cometer alguma atividade suspeita, é possível se misturar a multidão para despistar seus seguidores. Porém nesse momento sua visão no minimapa é reduzida. O jogo também te avisa caso passe por alguma câmera de vigilância, se você está sendo procurado ou se seu disfarce foi comprometido.


As opções para agir são muitas tornando o cumprimento da missão algo que depende exclusivamente de como o jogador quer atuar. Mesmo existindo as opções de rota, é possível fazer tudo completamente do seu jeito.

Em um primeiro momento, Hitman 2 não parece trazer tantas mudanças em relação ao seu antecessor, mas temos que admitir que é uma fórmula que já se mostrou interessante. Pequenas adições parecem completar detalhes antes vagos do primeiro game. Evidente que temos que aguardar o jogo completo para saber se essa continuação irá se sustentar bem ou cairá na repetição da mesma receita.


Hitman 2 chega no dia 13 de novembro para PS4, XBO e PC. Ao contrário de seu antecessor, o game será lançado em um pacote único e completo, não se utilizando do formato de episódios individuais.
Flávio Augusto Priori é formado em design de jogos e tenta ganhar a vida com esse negócio chamado video game. Para ele Metal Gear é a melhor série já feita e ainda acredita na volta da SEGA. Escrevia para o saudoso Minha Tia Joga LoL e hoje pode ser achado no Facebook e no Twitter.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook