Especialista em realidade virtual da Valve assume cargo na Oculus VR

Michael Abrash tornou-se cientista chefe na empresa após aquisição pelo Facebook.

O desenvolvedor da Valve Michael Abrash, que liderava as pesquisas em realidade virtual na empresa de Portal e Left 4 Dead, assumiu o cargo de cientista chefe da Oculus VR, a criadora do Oculus Rift e recentemente comprada pelo Facebook por 2 bilhões de dólares. Ao notificar a mudança, Michael ainda explicou porque considera que o negócio foi ótimo para a tecnologia.

A peça final do quebra-cabeça encaixou na terça-feira. Muito do que será necessário para tornar a realidade virtual incrível já é bem compreendido atualmente, então é engenharia, não pesquisa; engenharia complexa, certamente, mas claramente alcançável. Por exemplo, há meia dúzia de coisas que podem ser feitas nas telas que as tornariam melhores para realidade virtual, nenhuma delas impossível de alcançar. Entretanto, é engenharia cara. E, com certeza, existe uma grande quantia de pesquisa a ser feita assim que atingirmos os limites da tecnologia atual, e isso não é apenas caro, mas também requer tempo e paciência — conseguir todo o potencial da realidade virtual levará décadas. É por isso que eu escrevi anteriormente que a realidade virtual não se tornará algo verdadeiramente grande até que alguma companhia aparecesse e investisse um capital considerável para criar o hardware correto — e não estaria claro que faz sentido gastar capital até que a realidade virtual fosse realmente grande. Eu temia que isso impediria a realidade virtual de decolar.

Essa preocupação agora se foi. A aquisição da Oculus pelo Facebook significa que a realidade virtual acontecerá em toda a sua glória. Os recursos e compromissos a longo prazo que o Facebook traz dá à Oculus o tempo que ela precisa para resolver os problemas difíceis da realidade virtual — e alguns deles são realmente difíceis. Eu agora espero totalmente passar o resto da minha carreira levando a realidade virtual tão adiante quanto eu conseguir.

Escreve para o GameBlast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original.


Disqus
Facebook
Google