Jogamos

Análise: Trove (PC) lhe leva a uma aventura ao cubo

Abrimos o baú do tesouro para desvendar os segredos deste mmo cúbico.



Trove (PC) é um MMO de mundo aberto, com elementos de RPG e Hack'n'Slash, gratuito para jogar, desenvolvido e distribuído pela Trion World (PC/PS3), também responsável por Arche Age (PC), Defiance (PC/PS3) e Rift (PC).

Aventure-se por um mundo feito de cubos

Assim como Minecraft (Multi) e Cube World (PC), Trove é construído com cubos. Todos os elementos físicos do jogo são cúbicos, desde o mapa até o personagem, numa junção de cubos menores e maiores o mundo se constrói de maneira bem divertida e colorida. Apesar de todas as possibilidades que cubos podem gerar, Trove criou e se mantém fiel a uma identidade visual, fazendo com que muitos elementos sejam realmente cúbicos e cartunescos.

A jogabilidade é bem simples e funciona bem, a resposta dos comandos é rápida. O personagem se move pelas teclas w, a, s, e d, pula com barra de espaço, ataca com os botões do mouse e lança as habilidades especiais com os botões 1 e 2.



A interface é básica e limpa, quem está acostumado com MMOs logo se sente em casa. O jogo é muito dinâmico, a ação começa desde o primeiro minuto logado e um pequeno tutorial lhe ensina os passos básicos, em no máximo cinco minutos você já está junto de centenas de jogadores.

O jogo possui mundo aberto, porém os mapas são divididos por nível de personagem. O nível máximo de experiência é 20, mas pode-se estender esse nível até o 40 equipando itens end-game.

Também existe o nível de Mastery, este sobe ao realizar conquistas, obtendo estilos de itens, montarias e muito mais. O nível máximo atual de Mastery é 200, e você pode obter muitos benefícios, como o aumento permanente de vida por exemplo.


Desperte o herói que há dentro de você

Trove possui atualmente 11 classes, divididas entre melee, mid-ranged e ranged. Seja brandindo espadas, soltando fogo ou disparando flechas, os heróis de Trove precisam proteger o mundo contra as trevas e seus lacaios. Você pode escolher entre Knight, Gunslinger, Fae Trickster, Neon Ninja, Shadow Hunter, Boomehunter, Tomb Raiser, Ice Sage, Dracolyte, Lunar Lance, Candy Barbarian — um bárbaro açucarado que lança sorvete em seus inimigos — ou Pirate Captain, saqueando os mares de Trove e bebendo rum. Yo ho!



Vestido a caráter

A customização de personagem também está presente dentro de Trove, primeiramente você pode escolher somente o estilo da cabeça, cabelo e cor dos olhos do personagem. Ao progredir no jogo você irá disponibilizar estilos referentes aos itens equipáveis: chapéu (hat), máscara (face), arma (weapon). Os itens possuem estilos de acordo com o bioma onde você o saqueou. Se você conseguiu um chapéu em Candoria, possivelmente ele terá o formato de um bolo ou algo muito doce, já em Cursed Vale, a maioria dos itens é macabra e ligada a caveiras.

Ao saquear um item que não irá utilizar, você pode destruí-lo e coletar seu estilo, desta forma você terá inúmeras possibilidades de customização sem ocupar espaço em seu inventário. Os estilos de corpo inteiro podem se obtidos através de conquistas ou comprados na loja.


O céu não é o limite

Com mapas vastos e altos, o jogo disponibiliza várias maneiras de se locomover. Existem muitas montarias para serem compradas de npcs escondidos, manufaturadas ou saqueadas. O jogo possui uma grande variedade de montarias, desde cachorros e gatos, até cadeiras flutuantes e motos saídas de dentro do filme Tron. O jogo possui um sistema de pulo duplo, que pode se tornar triplo, quadruplo e assim por diante. O pulo é um atributo encontrado nos itens equipáveis e se somam, você pode realizar mais de 10 pulos seguidos com os itens certos. Também existem as asas, que fazem você planar como se estivesse pulando de asa delta.

E para aqueles que gostam de alturas extremas, há os dragões, que podem voar sem limite. Também existem os barcos para aqueles que gostam de velejar e até carrinhos de montanha russa que são utilizados em trilhos específicos criados pelo mundo.


Um herói de muitos ofícios

O jogo possui um sistema de manufatura bem interessante, você pode criar anéis, plantações, montarias, pets e móveis para sua casa. Muitos dos ingredientes necessários para realizar as criações são encontrados pelo mundo, saqueando baús, saqueando monstros ou minerando. A mineração é necessária, porém os minérios preciosos não estão em jazidas a quilômetros de distancia no subsolo, eles estão na superfície, só precisa procurá-los. Os minérios comuns estão espalhados por todo o mundo, porém, cada bioma possui um tipo específico de minério.


Um mundo em constante evolução

Trove levou a interação com a sua comunidade de jogadores a um novo patamar. Muitos dos itens e dungeons do jogo são criações feitas pelos próprios jogadores. Através de um fórum oficial no Reddit, os jogadores podem postar seus trabalhos, dentro das regras expostas, e estes são avaliados pelos designers do jogo. Se o projeto for aprovado, entra no jogo com o crédito do criador e este ganha saldo para gastar na loja ingame. Por ser um jogo novo, novos conteúdos são adicionados semanalmente, além de toda sexta-feira ser realizada uma live pelo Twitch com os desenvolvedores.


Abrindo o baú do tesouro

Trove é um jogo simples, dinâmico e divertido com um muita coisa para se fazer. São 11 classes para elevar ao nível máximo e muita coisa para manufaturar, muitas montarias e muitos estilos para conquistar. Porém o jogo falha em não se aprofundar numa história, em dizer ao jogador porque ele está ali, qual o objetivo de sua luta, essa falta de lore desanima ao chegar num ponto em que o grinding é necessário, neste momento o jogador acaba deixando o jogo de lado e volta uma vez ou outra para ver as novidades.

Prós

  • Jogo dinâmico e divertido;
  • Mundo aberto;
  • Free-to-Play;
  • Constantemente atualizado;
  • Customização variada;
  • Participação da comunidade;
  • Várias classes.

Contras

  • Casual;
  • Lore superficial;
  • Poucas possibilidades de build.
Trove — PC — 7,5
Revisão: Luigi Santana
Douglas Fubarion Marciano escreve para o GameBlast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Facebook


Podcast

Ver mais

No Facebook

Ver mais