Estúdio Gainax decreta oficialmente sua falência

Embora mais conhecido por suas animações, estúdio também foi responsável por jogos da série Princess Maker e algumas Visual Novels.



Conhecido principalmente por Neon Genesis Evangelion, Tengen Toppa Gurren Lagann e Nadia: Secret of the Blue Water, o estúdio japonês Gainax oficialmente anunciou sua falência através de um comunicado em seu site oficial. Apesar de ser uma marca assimilada principalmente às suas produções animadas, o Gainax também tem histórico na indústria de games ao ser a principal responsável pelo desenvolvimento do título cult Princess Maker 2 (que o próprio estúdio adaptou depois como o anime Petite Princess Yucie) e alguns outros jogos da marca Evangelion, como a visual novel Neon Genesis Evangelion: The Iron Maiden, bem como sua sequência, Iron Maiden 2nd.


Nota-se que, nos últimos anos, o Gainax já vinha tentando se recuperar de diversos escândalos relacionados ao seu nome, como a descoberta de diversas empresas falsas sob o mesmo registro, fraude fiscal, prisão de executivos do alto escalão, denúncias de assédio e outros tipos de ingerência. Em determinado momento, houve uma tentativa de reestruturação sob o nome Studio Gaina, mas a quantidade crescente de dívidas fez com que a empresa precisasse encerrar suas operações agora no final de maio de 2024.

Diante da situação, o estúdio Khara (responsável pelo OVA de Gravity Rush 2 e pelas animações in-game de Fire Emblem: Shadows of Valentia e de Ace Combat 7: Skies Unknown, além da série de filmes Rebuild of Evangelion) irá lidar com a dissolução do Gainax e negociar com os credores no intuito de proteger as propriedades intelectuais envolvidas entre as partes.

Fonte: Comunicado Oficial (no site da Gainax e do Khara)

É jornalista formado pelo Mackenzie e pós-graduado em teoria da comunicação (como se isso significasse alguma coisa) pela Cásper Líbero. Tem um blog particular onde escreve um monte de groselha e também é autor de Comunicação Eletrônica, (mais um) livro que aborda história dos games, mas sob a perspectiva da cultura e da comunicação.


Disqus
Facebook
Google