Deathbound, soulslike brasileiro, recebe trailer detalhando sua abordagem única

Sete personagens compartilhando um único corpo.


O novo trailer de Deathbound, exibido na apresentação da Guerrilla Collective, explica como o jogo pretende se distinguir no meio soulslike. Ironicamente, as legendas estão apenas em inglês.

A desenvolvedora brasileira Trialforge Studio propõe um sistema de alternar instantaneamente entre sete personagens adquiridos ao longo da campanha — incluindo um capoeirista. Com isso, forma-se um grupo de RPG com integrantes que têm não apenas habilidades diferentes, mas também crenças. A formação deverá levar em conta as afinidades e discordâncias desses indivíduos, que resultam em bônus e penalidades.

A publicadora é a Tate Multimedia e, mesmo sem data de lançamento, a previsão diz que ocorrerá "em breve", para PS5, Xbox Series e PC (Steam, GOG e Epic Steam Store). Uma demo já está disponível no Steam.

Fonte: Tate Multimedia



Admiro videogame como uma mídia de vasto potencial criativo, artístico e humano. Jogo com os filhos pequenos e a esposa; também adoro metroidvanias, souls e jogos que me surpreendam e cativem, uma satisfação que costumo encontrar nos indies.


Disqus
Facebook
Google