Infinity Strash: Dragon Quest The Adventure of Dai (Multi): confira o trailer de gameplay

RPG de ação será lançado para PC, PS4, PS5, XSX e Switch em 28 de setembro.

A Square Enix divulgou um novo trailer para Infinity Strash: Dragon Quest The Adventure of Dai. Nele, é possível ter uma visão geral de como a gameplay do RPG de ação funciona. O título será lançado mundialmente para PC (Steam), PS4, PS5, XSX e Switch em 28 de setembro.

Infinity Strash é uma adaptação em jogo do mangá e anime Dragon Quest: The Adventure of Dai, que também ficou conhecido no Brasil como Fly, o Pequeno Guerreiro. A história do jogo é descrita da seguinte forma na PSN:

Já faz muitos anos que o Herói restabeleceu a paz na terra...

Em um mundo atormentado pelas forças do mal, um espadachim e
seus companheiros partem para derrotar Hadlar, o Dark Lord.

Em uma ilha isolada nos mares do sul, um garoto chamado Dai vive entre os monstros
e anseia por se tornar um herói um dia.
Tudo muda quando o Dark Lord ressurge.

Com o mundo enfrentando uma nova crise, Dai faz uma promessa ao seu mentor,
encontra novos amigos e, aos poucos, descobre mais a respeito de seu próprio destino inevitável...
Este é o início da aventura de Dai e sua jornada para se tornar um verdadeiro herói!

No novo vídeo, podemos ver um pouco do combate com movimentação e ações em tempo real. Algumas mecânicas destacadas incluem as Bond Memories (memórias equipáveis na forma de cartas), e o Temple of Recollection, uma dungeon aleatorizada ideal para fortalecer os personagens e cujas recompensas de exploração são baseadas em um sistema de risco e recompensa. 

Após terminar o jogo, é desbloqueado um Challenge Mode que oferece missões mais difíceis. Por fim, o vídeo também destaca um Scrapbook com as memórias que só pode ser completado explorando totalmente o Temple of Recollection além das áreas da campanha principal.

Fonte: Gematsu


é formado em Comunicação Social pela UFMG e costumava trabalhar numa equipe de desenvolvimento de jogos. Obcecado por jogos japoneses, é raro que ele não tenha em mãos um videogame portátil, sua principal paixão desde a infância.