Vem aí

Prévia: Demon Slayer: Kimetsu no Yaiba – The Hinokami Chronicles (Multi) promete entregar a experiência do anime em um jogo de luta

O título deve empolgar os fãs de Kimetsu no Yaiba, mas é melhor manter as expectativas moderadas.


Demon Slayer: Kimetsu no Yaiba – The Hinokami Chronicles é um jogo de luta inspirado no anime shonen homônimo, que narra a saga de Tanjiro Kamado, um jovem bondoso que vende carvão para sustentar sua família. Ao voltar para casa após um dia de trabalho, o jovem encontra sua família assassinada e Nezuko, sua irmã mais nova e única sobrevivente, transformada em um demônio. Determinado a restaurar a condição humana de sua irmã e caçar o responsável pelo assassinato de sua família, Tanjiro decide tornar-se um demon slayer.

Estou jogando o anime! Ou não?

Os vídeos de divulgação deixam claro que os desenvolvedores se esforçaram em reproduzir a estética do anime com fidelidade, especialmente nas cenas em que os personagens aparecem em close. Os gráficos em cel shading parecem proporcionar uma movimentação fluida e elegante. Os efeitos dos ataques especiais, que seguem a estética ukiyo-e inspirada no famoso gravurista japonês Katsushika Hokusai, também estão muito bem retratados. Essa sensação é reforçada pelo elenco original de dubladores em japonês e inglês do anime.
Os golpes são visualmente muito bonitos, seguindo a estética ukiyo-e
Os cenários, porém, feitos em computação gráfica, algumas vezes destoam do estilo estético geral, causando alguma estranheza. Outra coisa que parece esquisita é que em algumas cenas os personagens falam sem mexer a boca, o que não é um problema para a Nezuko, mas é estranho para os demais. Provavelmente não será algo que arruinará a experiência, mas tira um pouco da imersão e aquela sensação de “estou jogando o anime”.

Os personagens

Em Demon Slayer: The Hinokami Chronicles será possível jogar no Modo Versus com os personagens Tanjiro Kamado, Nezuko Kamado, Zenitsu Agatsuma, Inosuke Hashibira, Giyu Tomioka, Sakonji Urokodaki, Sabito, Makomo, Shinobu Kocho, Kyojuro Rengoku e Murata. Provavelmente o Modo Aventura, que possui uma campanha com roteiro, não permitirá a livre escolha de personagens.
Tela de seleção de personagens no Modo Versus.
Seis demônios também serão adicionados em uma atualização gratuita após o lançamento. Não há confirmação de quais demônios estarão disponíveis, mas as screenshots sugerem relação com o arco da Montanha Natagumo e possivelmente com o arco do Trem Infinito.

O Modo Versus

O modo competitivo 1x1 é a parte principal de Demon Slayer: Kimetsu no Yaiba. Como é de praxe em jogos de luta, selecionamos nosso personagem lutador, o personagem de suporte e o cenário, inspirado em cenas do anime. Este modo permitirá batalhas locais ou online.

Pelo que podemos conferir nos vídeos de demonstração, o estilo dos combates lembra muito os jogos das franquias Naruto e Bleach, com cinemáticas para os golpes especiais e participação de personagens auxiliares. A luta é bastante focada em combos e existe a possibilidade de movimentação em três dimensões com dashes e esquivas, embora a maior parte do tempo a ação seja em 2D.


O combate me pareceu bastante fluido e visualmente bonito, porém a movimentação da câmera é algo que me preocupa um pouco. Parece que durante combos aéreos ou ataques em área ela se movimenta sozinha, inclusive em ângulos estranhos como alinhar-se com as costas do personagem, o que pode atrapalhar a jogabilidade para o outro jogador no modo local.

O zoom da câmera também parece mudar sozinho conforme a ação, acontecendo com mais frequência nas animações dos golpes especiais. Esta característica é bastante semelhante à que vemos em Dragon Ball FighterZ (Multi), onde o zoom não chega a comprometer a jogabilidade, portanto não deve ser um problema em Demon Slayer.

Sessão Aventura

Além do Modo Versus, o jogo conta com uma campanha chamada Modo Aventura. Como é um jogo de luta inspirado em um anime, naturalmente a trama deverá refletir o roteiro da obra original. Já foram confirmados arcos como o Trem Infinito e a Montanha Natagumo.



O Modo Aventura é a parte que mais me preocupa no novo título. Os vídeos não mostram muitos detalhes, mas a impressão que tive é que ele não foi tão bem trabalhado quanto o Modo Versus, “estando lá só por estar”. Basicamente são combates single player contra um NPC controlado pelo computador, com muito diálogo durante a luta.

Além das lutas, não parece haver áreas de exploração ou mecânicas muito variadas. Uma das cenas mostra Tanjiro correndo pelo cenário evitando armadilhas dos inimigos, mas não parece ser algo muito elaborado.

Feito para os fãs

Demon Slayer: Kimetsu no Yaiba – The Hinokami Chronicles é um produto voltado para os fãs do anime, com uma estética bonita, efeitos visuais chamativos e dublagem com as vozes originais. Como jogo de luta, acredito que não trará muitas inovações, pois as mecânicas vistas até aqui são similares a outros títulos do gênero.

Mesmo o Modo Aventura não parece ter sido muito bem trabalhado e pequenos detalhes como cenários artificiais e personagens que não mexem a boca tiram parte da imersão. Parece um jogo divertido, enriquecido pelo carisma de seus personagens, mas como videogame deve ser um título mediano.


Demon Slayer: Kimetsu no Yaiba - The Hinokami Chronicles - PC/PS4/PS5/XBO/XSX
Desenvolvimento: CyberConnect 2
Gênero: Luta
Lançamento: 15 de outubro de 2021
Expectativa: 3/5
Revisão: Heloísa D’Assumpção Ballaminut

é engenheiro eletrônico e tem uma filha fofinha que tenta morder os controles do papai. Curte jogos de luta, corrida e ação.


Disqus
Facebook
Google