Jogamos

Análise: DRAMAtical Murder (PC) é uma visual novel BL de alta qualidade

A história de Aoba e seus potenciais namorados mostra um futuro estiloso e instigante.

Lançada originalmente no Japão em 2012, DRAMAtical Murder é uma das mais famosas visual novels BL, aquelas cujo foco está no relacionamento afetivo e/ou sexual entre homens. A obra chegou a se tornar popular mundialmente, tendo também recebido uma adaptação para anime em 2014.

O lançamento ocidental pela JAST BLUE faz parte de uma iniciativa da marca de lançar todos os títulos da Nitro+CHiRAL em inglês. A empresa já lançou anteriormente Togainu no Chi e Sweet Pool no Steam e em seu site próprio, sendo esperado que Slow Damage, visual novel BL lançada este ano no Japão, também chegue ao Ocidente em 2021. Lamento também foi anunciado previamente, mas ainda não há previsão para o seu lançamento.

Com isso, uma leva de jogos bastante relevantes do gênero está agora mais acessível. DRAMAtical Murder é um deles, mostrando-se uma obra de alta qualidade e um clássico que ainda é atual e relevante.

Um mundo cyberpunk e sua dualidade

Morando com sua avó em uma ilha chamada Midorijima, Aoba trabalha em uma loja de eletrônicos chamada Hum-Drum Junk. Apesar de ter um passado conturbado, o rapaz atualmente leva uma vida comum e pacífica. No entanto, uma conspiração ameaça colocar em cheque essa tranquilidade cotidiana.

Midorijima é marcada pelo controle de uma megacorporação chamada Toue. Graças a seus recursos financeiros e grande influência, a empresa construiu apenas para a elite uma área de lazer chamada Platinum Jail. Expulsando boa parte da população local de suas residências, a Toue tomou dois terços da extensão territorial da ilha para si e forçou os nativos a uma vida marginalizada no velho distrito.

Para se divertir, a população jovem acaba se envolvendo principalmente em dois tipos de disputa. A mais antiga delas, Ribsteez, é uma forma de briga de gangues pelo domínio de territórios. Do outro lado, temos Rhyme, um combate tecnológico feito em realidade virtual no qual indivíduos lutam pela supremacia.

Usuários do Rhyme muitas vezes acham Ribsteez uma coisa ultrapassada. Do outro lado, os participantes das gangues sentem que as disputas virtuais não têm o mesmo peso de sair na porrada de verdade. Graças a isso, a tensão entre esses dois grupos de visões antagônicas é perceptível.

De certa forma, esse conflito também diz muito do ambiente em que vivem. Midorijima como um todo é um lugar de opostos. As ruas do velho distrito residencial são marcadas por casas antigas, ruas sujas e recheadas de gente, violência, corrupção policial e condições de vida precárias. Já Platinum Jail é um ambiente artificial de noite eterna, em que os moradores vivem uma vida de luxo e entretenimento sob o controle da Toue.

Uma das áreas de Platinum Jail.

Porém, mesmo com essas diferenças devido à disparidade social, as duas áreas possuem algumas similaridades. Em termos tecnológicos, o mundo é bastante avançado. É comum que as pessoas usem Coils, um relógio cujas funcionalidades se assemelhariam atualmente a um smartphone. Além disso, robôs chamados de Allmates são máquinas que podem ser usadas como parceiras para o Rhyme, secretárias, auxiliares e até bichos de estimação.

O Allmate de Aoba é o Ren, um cachorro de pelagem azul escura que está sempre com ele. Inseparáveis, o bichinho é realmente o melhor amigo do protagonista, auxiliando-o todos os dias. Apesar de ser um modelo mais antiquado e isso até mesmo causar dificuldades na sua manutenção, Aoba não o trocaria por nada.

Rapazes carismáticos

Da esquerda para a direita: Mink, Clear, Koujaku e Noiz.

Como de costume em um BL, o principal aspecto que faz DRAMAtical Murder funcionar são os rapazes, incluindo aqui o protagonista e seus interesses românticos. Mesmo que Aoba inicialmente tenda a negar seu interesse por homens, as escolhas do jogador irão levá-lo a um relacionamento com um deles ou a condições bastante dolorosas (finais ruins).

Sem entrar em muitos detalhes para evitar spoilers, destaco apenas que Aoba não é exatamente um jovem comum. As revelações do roteiro envolvem não apenas uma grande conspiração na ilha, mas elementos de autodescoberta e um contato mais profundo com esses outros personagens.

Koujaku é um amigo de infância de Aoba. Mulherengo, ele está sempre galanteando as moças. Porém, ele também tem um grande carinho pelo protagonista desde criança. Líder de uma gangue de Ribsteez, o rapaz esteve fora da ilha por um tempo e agora trabalha como cabeleireiro.

Clear é um jovem misterioso que usa uma máscara de gás. Com uma personalidade exagerada e pitoresca, ele é bastante divertido. Ele afirma que Aoba é o seu mestre, o que acaba deixando o protagonista um pouco receoso sobre a identidade do rapaz e suas atitudes.

Noiz é um grande usuário de Rhyme que costuma agir de forma impetuosa. Sedento por poder, o rapaz tem uma tendência a analisar bastante as pessoas ao seu redor. Ousado e de temperamento variável, ele definitivamente não é uma figura fácil de se aproximar.

Por fim, Mink é o mais velho deles e uma figura calada e taciturna. Advindo da prisão, ele é o personagem cujas atitudes são mais complicadas de avaliar. Por não usar muitas palavras e fazer de tudo para ter o que deseja, ele não é o tipo de justificar as suas ações, caindo em algumas situações polêmicas mesmo na rota comum.

Há também outros personagens menores, como a dupla de yakuzas Virus e Trip; o policial Akushima; o dono da loja, o sr. Haga; e a avó de Aoba, Tae. Todos os personagens são bastante carismáticos, com elementos de história curiosos e designs coloridos e expressivos que dizem muito das suas personalidades.

Na contramão de todo esse carisma, considero que o desenvolvimento da história durante as rotas acaba sendo muito rápido. O que se vê é uma abordagem que acaba sendo superficial em alguns momentos, nem sempre trabalhando bem os problemas dos personagens e o desenvolvimento dos seus relacionamentos.

Graças a isso, o impacto emocional dos eventos foi um pouco reduzido e mesmo a rota verdadeira acaba não resolvendo algumas pontas soltas que me deixaram um pouco perplexo. Por outro lado, essa abordagem mais ágil ajuda a tornar a obra uma leitura mais acessível, sendo fácil recomendá-la mesmo para quem não tem tanto contato com o gênero.

Estilo cyber-pop

Uma coisa que chama bastante atenção em DRAMAtical Murder é o seu estilo. Ambientado em um mundo cyberpunk, o jogo conta com ambientes chamativos, recheados de cores, luzes e pessoas. Em contraste, há também áreas mais escuras e sombrias, assim como casas com estilo mais clássico.

Essa questão do ambiente é inclusive utilizada para representar cinco diferentes visões da Platinum Jail. Cada um dos seus distritos é marcado por cores e construções de estilos diferentes, apesar de manterem o céu escuro da noite e a Oval Tower no centro.

Há também várias pequenas animações, em particular aquelas utilizadas durante cenas de ação e quando Aoba utiliza o seu Coil. Essas telas azuladas são principalmente apresentadas quando o protagonista recebe e-mails e ligações, mas também demonstram outras funcionalidades ao longo do jogo. Até mesmo a transição entre gameplay e o vídeo de abertura chama a atenção pela forma fluida como foi integrada.

Além do aspecto visual, a trilha sonora, que é descrita pela publicadora como “cyber-pop”, ajuda bastante no clima da obra. Essas músicas eletrônicas são parte fundamental do elemento futurista da visual novel tanto quanto o seu aspecto gráfico.

Mergulhando em uma obra fascinante

DRAMAtical Murder é uma visual novel BL de alta qualidade que finalmente está disponível oficialmente no Ocidente. Com uma narrativa fluida e uma ambientação cyberpunk instigante, é um jogo que vale a pena conferir para fãs do gênero que ainda não tiveram contato com a obra. Apesar da narrativa das rotas deixar um pouco a desejar, ela é ágil e dinâmica, fazendo com que o título seja uma boa porta de entrada para visual novels em geral.

Prós

  • Personagens carismáticos;
  • Ambientação fascinante baseada em uma forte dualidade;
  • Visualmente estiloso com uma variedade de fundos, artes de personagens e pequenas animações;
  • A trilha sonora “cyber-pop” ajuda na construção do tom futurista.

Contras

  • O desenvolvimento muito rápido dos personagens acaba reduzindo o impacto emocional da história;
  • Algumas pontas soltas na história podem ser incômodas.

DRAMAtical Murder – PC – Nota: 8.5

Revisão: Davi Sousa
Análise produzida com cópia digital cedida pela JAST USA


é formado em Comunicação Social pela UFMG e costumava trabalhar numa equipe de desenvolvimento de jogos. Obcecado por jogos japoneses, é raro que ele não tenha em mãos um videogame portátil, sua principal paixão desde a infância.


Disqus
Facebook
Google