Produtor da série Yakuza afirma que gostaria de trazer os spinoffs históricos para o Ocidente

Os jogos ambientados nos séculos XVII e XIX nunca foram lançados fora do Japão.


Daisuke Sato, diretor da Sega, afirmou em uma entrevista para o site alemão JP Games que gostaria de lançar os spinoffs Ryu ga Gotoku Kenzan! e Ryu ga Gotoku Ishin! localizados para o público ocidental.

Respectivamente ambientados nos séculos XVII e XIX, os títulos transportam os personagens centrais e a premissa dos jogos principais da série para o período feudal japonês. Nesse contexto, Kiryu é um espadachim andarilho e Majima é o Majima de sempre.

A Sega nunca mencionou lançar estes jogos no Ocidente, mas o sucesso dos títulos principais da série nesta região pode fazer com que a empresa considere esta possibilidade.


"Pessoalmente eu gostaria que esses títulos fossem localizados e apreciados por nossos fãs ocidentais. Nossa prioridade naquele momento era reerguermos a série neste território com Yakuza 0, então as coisas acabaram correndo sem uma janela ideal para o lançamento destes jogos. Na minha opinião, a ação é uma das melhores coisas da série, portanto eu gostaria de localizar estes títulos se houver uma chance. Entretanto, o jogo tem quase sete anos de lançamento, então precisaríamos dedicar um esforço adicional para fazer um remake ao invés de um port simples, o que torna a decisão um pouco mais complicada" afirmou o executivo.

Isso significa que o esforço iria além de simplesmente localizar o idioma, sendo necessário trabalhar num remake do jogo, o que consumiria consideravelmente mais recursos. Felizmente o sucesso dos jogos Kiwami no Ocidente pode sinalizar para a Sega que o projeto é economicamente viável.

Fonte: Kotaku


é engenheiro eletrônico e tem uma filha fofinha que tenta morder os controles do papai. Curte jogos de luta, corrida e ação. Gosta de acompanhar a evolução da indústria dos games e considera-os um dos melhores entretenimentos do mundo.


Disqus
Facebook
Google