Criador da série Gravity Rush deixa a Sony Japan e abre o Bokeh Game Studio

Kazunobu Sato e Junya Okura também deixaram a Sony e se juntaram a Toyama como membros centrais do Bokeh.

Keiichiro Toyama, o criador das séries Silent Hill, Siren e Gravity Rush anunciou recentemente que deixou a Sony Japan e criou um novo estúdio independente chamado de Bokeh Game Studio. De acordo com ele, a criação ocorreu a quatro meses, mais especificamente em 13 de agosto, mas esperou pelo momento certo para compartilhar a notícia. Kazunobu Sato e Junya Okura, que trabalharam ao lado de Toyama por muitos anos também deixaram a Sony e se juntaram a ele como membros centrais do Bokeh, sendo que Toyama é CEO, Sato se tornou COO e Okura CTO.
"Tendo saído da Sony, com a qual estou a muito tempo, estabelecemos um novo estúdio de desenvolvimento de forma independente. Olhando para trás, para o meu eu interior, nada realmente mudou desde o primeiro dia que entrei nessa indústria. Em primeiro lugar, quero que os jogadores desfrutem de jogos construídos a partir de ideias com originalidade e, em segundo lugar, quero desfrutar de fazer esses jogos. Felizmente, foi possível para mim e para a equipe desenvolver e lançar muitos jogos. No entanto, a indústria cresceu rapidamente em todo o mundo e ainda está mudando o tempo todo. Dia a dia, vivendo nesta época, tenho sentido a necessidade de uma mudança substancial para buscar minhas próprias ambições. Sou abençoado com uma equipe de colegas que compartilham as mesmas que eu, e é por isso que posso começar este novo capítulo com um novo estúdio, onde podemos construir nossas ideias originais. Já estamos desenvolvendo nosso primeiro projeto, embora preciso de um tempo antes do lançamento. Pedimos sua paciência e aguarde anúncios futuros", disse Kiichiro Toyama.
O Bokeh Game Studio tem como objetivo desenvolver produtos para consoles e PC e visa enfrentar muitos desafios no futuro, independente da plataforma. Em entrevista a Famitsu, Toyama confirmou o desenvolvimento de um título de ação e aventura original que será lançado para várias plataformas. A escala é semelhante às dos jogos que ele criou no passado e pode levar de dois a três anos para ser lançado.

Questionado sobre as franquias que trabalhou na Sony, Toyama disse que embora o Bokeh Game Studio não consiga trabalhar nessas propriedades por conta própria, ele espera manter o bom relacionamento com a Sony para possivelmente criar novos jogos para as franquias no futuro, se ambas as partes concordarem.

Fonte: Gematsu

é entusiasta e apreciador de jogos com conceito artístico minimalista e narrativas de significado profundo. No GameBlast escreve notícias, análises, crônicas e especiais; no tempo livre produz roteiros autorais de séries e filmes. Gosta de descobrir os segredos do universo em Outer Wilds, enquanto espera por Rayman 4.


Disqus
Facebook
Google