Yoshinori Ono deixará a Capcom

Produtor executivo da série Street Fighter se desligará da produtora japonesa após quase três décadas.

Yoshinori Ono, carismático produtor da franquia Street Fighter, está de partida da Capcom. Em um comunicado em seu perfil oficial no Twitter, ele informa que agora é a hora de seguir apenas como expectador da franquia. A mensagem diz o seguinte:



"Caros jogadores da série Street Fighter e membros da comunidade de jogos de luta (FGC)

Aconteceram muitos eventos globais inesperados em 2020. Especialmente o COVID 19 tem afetado significantemente a vida  e a saúde de muitas pessoas por todo o mundo. Eu estou rezando para que todos vocês, assim como os seus mais próximos, estejam seguros e saudáveis.

Desde a Capcom Cup de 2013, a Capcom Pro Tour se tornou um evento anual devido ao enorme suporte dos jogadores e da comunidade de jogos de luta em todo o mundo.

Nós da Capcom tivemos várias discussões internas sobre o formato para a CPT 2020. Levou um longo tempo para decidirmos o formato deste ano, mas acreditamos que conduzir o evento em si seria uma maneira de recompensar os jogadores que apoiam o CPT, independente do formato.

Não é necessário dizer que eu entendo que existam críticas a esse formato em particular. Entretanto, eu estou totalmente convencido de que esta é uma maneira de manter acesas várias esperanças, mesmo mantendo o evento neste formato.

Além disso, eu sou extremamente grato que tantos jogadores, membros da comunidade de jogos de luta e indivíduos relacionados a ela, tem nos dado suporte para que nós fizéssemos a CPT deste ano acontecer.

Eu estive com a franquia Street Fighter por muito tempo, experimentando momentos bons, ruins e até de não existência. Meu coração está repleto de
admiração por aqueles jogadores que sempre deram um gentil e caloroso suporte para a franquia, especialmente na última década ou enquanto as atividades na série Street Fighter reconquistaram seu brilho e reconstruíram seu ânimo.

E agora, após quase 30 anos na Capcom, eu estou deixando a companhia neste verão (inverno no Brasil). Isto significa que eu irei me desligar da minha posição de gerente de marca de vários títulos da Capcom, incluindo Street Fighter.

A nova geração da equipe da Capcom continuará cuidando da franquia Street Fighters e guiando os World Warriors. E eu acredito que continuarão fazendo com que Street Fighter seja extraordinário. Eu irei esperar ansiosamente para ver a nova franquia Street Fighter e como ela irá ser expandida, apenas como um jogador regular da próxima vez.

Eu tenho tentado entrar em contato com aqueles que eu trabalhei sobre minha demissão. Entretanto, é um tanto quanto difícil falar com todas as pessoas que me relacionei pela minha carreira durante quase três décadas, então eu peço humildemente pela sua gentil compreensão. Quando eu tiver a oportunidade, adoraria estender meus mais sinceros agradecimentos e admiração para as pessoas e companhias com as quais eu tive a chance de trabalhar.

Mais uma vez, para muitos jogadores, comunidade de jogos de luta e sua equipe de operações, e todos os fãs de Street Fighter pelo mundo, muito obrigado pelo seu apoio contínuo.

Eu lamento que eu, como produtor executivo da série Street Fighter, não tive a oportunidade de fazer um "SHORYUKEN" junto com todos vocês em cada evento de 2020. Então por favor, me permitam fechar minha declaração com este grito nesta mensagem para vocês

3
2
1
SHORYUKEN !"


é pai do próximo Batman, tio de uma princesa e viúva da Sega. Só sabe jogar títulos de luta, se mata frequentemente em FPS e adora uma velharia (que todo mundo agora gosta de chamar de retrô). Ah, ele está esperando até agora pelo Ridge Racer dessa geração também.


Disqus
Facebook
Google