Jogamos

Análise: First Snow (PC) conta uma bela história de romance no inverno

Com alta qualidade visual, a novel kinética conta uma interessante história sobre romance e crescimento pessoal.


Desenvolvido pela Salty Salty Studios, First Snow é uma visual novel kinética, ou seja, linear e sem apresentar nenhum tipo de escolha ao jogador. Ela conta a história de Allison, uma garota que acaba de entrar na faculdade. Durante seu primeiro inverno fora de casa, a vida da jovem passa por várias mudanças e ela se apaixona por sua colega Eileen.

Um encontro na neve


Após anos vivendo uma vida simples de estudante obediente, Allison sai de casa para ir para a faculdade. Muito apegada à sua família, a garota se sente um pouco solitária, apesar de ainda morar na mesma cidade. Ela sempre foi muito apegada aos estudos e a seguir tudo o que seria de praxe à risca.

Muito focada em seus estudos, ela teve a oportunidade de ganhar uma bolsa em ciências, mas ainda se sentia insegura sobre o que fazer com sua vida. Até que um dia Caprice, sua única amiga na faculdade, conta o seu plano: criar um novo clube de arte, apesar de já existir um.

Tímida, ela não rejeita a ideia totalmente e, após uma série de eventos, acaba se interessando na proposta. O que ela não esperava é que essa situação iria realmente transformar o seu círculo social e abrir portas para novas amizades e até mesmo um amor inesperado.


First Snow é principalmente uma história sobre o crescimento de uma garota, aprendendo que ser livre e aproveitar a vida depende tanto da sua própria proatividade quanto de estabelecer laços de amizade genuínos com as outras pessoas. É também a história de seu primeiro amor e da forma como esse relacionamento muda a vida das duas.


Allison e Eileen são o típico casal “polos opostos”. A protagonista é tímida e tende a agir de forma a evitar conflitos, muitas vezes anulando sua individualidade. Já a garota de quem ela gosta é uma figura atípica, uma artista determinada e com personalidade forte, que não tem medo de se arriscar ou de enfrentar retaliações pelo que deseja fazer.

Há também uma variedade de personagens secundários, todos eles bastante carismáticos. Em especial, destaco Caprice e Rose. A primeira é a principal amiga de Eileen. Meio doidinha e cheia de disposição, ela sempre causa confusão com seus caprichos. Rose também é frequente na história, dividindo um apartamento com a protagonista e sendo uma amiga da família. Mais madura, é bem perceptível que ela tem mais experiência de vida do que as outras personagens, mas nem sempre tem tato para lidar com situações sociais mais complexas.

As situações fluem de forma bem natural, sendo fácil imaginá-las acontecendo na vida real. Além disso, é interessante ver os personagens crescendo e aprendendo a lidar com os problemas e a valorizar pequenas bênçãos do dia-a-dia.

Uma arte viva e detalhada

O que mais chama a atenção em First Snow é, com certeza, o aspecto visual. Chega a ser surpreendente a alta qualidade e a atenção a detalhes. O primeiro elemento que chama a atenção é a neve que cobre as cenas, muito bem empregada para reforçar a atmosfera do jogo e animada de forma a integrar as cenas e deixar o jogador com a sensação de realmente estar na cena.

As artes dos personagens são bastante expressivas e cheias de vida. Além do detalhamento do traço, as animações são bem utilizadas, especialmente nas movimentações fluidas dos personagens e da câmera. Há um preciosismo tão grande no aspecto visual que em uma cena é possível ver a graxa sujando o rosto e a mão de uma personagem após ela consertar o carro.


Isso também se reflete nos fundos das cenas, sendo possível acompanhar etapas de um processo de pintura durante uma conversa ou as diferenças de uma sala arrumada e bagunçada em dias diferentes. Até mesmo a interface se encaixa muito bem com o resto da direção de arte.

No entanto, gostaria de destacar que as CGs (as cenas especiais das visual novels) têm um visual um tanto discrepante. Usualmente, os jogos do gênero acabam valorizando mais esses momentos que podem reforçar o quão especial um momento é, enquanto as artes padrões costumam ser mais genéricas.


Em First Snow é quase o contrário. Causa uma certa estranheza ver essas cenas, pois suas formas são um pouco deformadas. Os rostos mais arredondados e os detalhes anatômicos destoando do que normalmente é apresentado no jogo. Mesmo que o aspecto mais suave devido à mudança na colorização seja bem agradável, essa inconsistência acaba incomodando, especialmente quando há zoom em determinadas artes e elas ficam um pouco pixeladas.

Gostaria de ressaltar também os aspectos de acessibilidade, como fonte para disléxicos e leitor automático para pessoas com deficiências visuais. Apesar da Ren’py, a engine na qual o jogo foi feito, já possuir essas opções embutidas, não é tão comum que elas sejam integradas no menu de opções do jogo.


Obviamente, o leitor automático é menos interessante do que pessoas fazendo a dublagem do jogo, o que apenas acontece em uma cena após os créditos. A artificialidade faz com que o seu uso cause um pouco de estranheza, mas ter a opção é muito bem-vindo. Porém, vale destacar que a visual novel está disponível apenas em inglês, um fator que pode pesar um pouco contra sua acessibilidade, mas não muito já que não utiliza uma linguagem complexa.

Uma novel kinética muito bem feita


Tendo em mente já desde o início a inexistência de escolhas, é difícil encontrar grandes defeitos em First Snow. Enquanto até mesmo grandes nomes das visual novels costumam economizar em sua animação, esta consegue ter um preciosismo com os detalhes que é encantador. Sua qualidade de produção é verdadeiramente admirável.

Além do aspecto gráfico, a obra conta uma interessante história sobre romance, amizades e aprendizado de vida. Para qualquer pessoa que se interessar pela temática, vale a pena conferir, especialmente aproveitando-se que o jogo está disponível gratuitamente no Steam.

Prós

  • Uma história bem construída de primeiro amor e crescimento pessoal;
  • Visual bem trabalhado e rico em detalhes;
  • Excelente uso de animações dos personagens e da câmera;
  • Personagens carismáticos e verossímeis;
  • Preocupação em garantir opções de acessibilidade para pessoas com deficiência.

Contras

  • Discrepância de qualidade para as CGs.
First Snow - PC - Nota: 8.0
Revisão: Ives Boitano
Análise produzida com cópia digital cedida pelo Studio Élan

é formado em Comunicação Social pela UFMG e costumava trabalhar numa equipe de desenvolvimento de jogos. Obcecado por jogos japoneses, é raro que ele não tenha em mãos um videogame portátil, sua principal paixão desde a infância.


Disqus
Facebook
Google