Jogamos

Análise: Fall Guys: Ultimate Knockout (PC/PS4) oferece altas doses de diversão e puro caos

Com até 60 jogadores online, completar as provas é um divertido desafio.

Desenvolvido pela Mediatonic, Fall Guys é um party game que muito se parece com aqueles desafios que costumavam ser mostrados em vários programas de auditório nos anos 90, como as clássicas Olimpíadas do Faustão. Com até 60 jogadores competindo para ver quem completa uma sequência de provas bizarras, o título apresenta um gameplay multiplayer caótico e profundamente divertido.

Competindo com o mundo

Fall Guys é uma experiência um tanto diferente para mim. Sou o típico jogador de single player, conteúdos focados em história e coisas que raramente envolvem interação com outras pessoas. No entanto, o título demonstra muito bem a qualidade desse tipo de proposta.


Com até 60 jogadores online simultaneamente, a descrição oficial de que o jogo seria um “imenso pandemônio online” não era exagero. É muita gente junta, todo mundo se esbarrando e avançando por provas ridículas. Não há um modo offline ou algo para treinar, o jogador apenas se joga no caos online e torce para se dar bem.

Um aspecto interessante é que cada prova pode exigir estratégias bastante diferentes. Há fases de corrida, que envolvem áreas pegajosas, gangorras gigantes, portas falsas, portões que abrem e fecham em um determinado ritmo ou até esteiras que atrapalham a movimentação enquanto frutas gigantes são arremessadas contra os jogadores.

Existe também um jogo da memória em que é necessário lembrar quais pisos correspondem a quais frutas e ficar na plataforma certa para evitar cair. Em outra, apenas quem desviar de todos os blocos sobrevive para a próxima rodada. E, além das provas individuais, temos também atividades em equipe, como um futebol com bolas gigantes, pique-pega com rabos de tanuki, coletas de ovos, entre outras. Coordenação da equipe de forma ofensiva e defensiva é fundamental para obter a vitória.

 Os jogadores não sabem quais provas serão realizadas antes delas começarem, já que a combinação não é selecionada por um jogador. Graças a isso, as disputas podem envolver um pouco de cada tipo, oferecendo um mix caótico de atividades que ajuda todo mundo a ter chance de vencer. No entanto, seria interessante ter um modo extra que permitisse definir provas, realizando um torneio customizado, por exemplo, para só ter atividades em grupo antes do final ou nunca apresentá-las.


Outro elemento fundamental para equilibrar a disputa entre os jogadores está no controle dos próprios personagens. Francamente falando, os Fall Guys são intencionalmente desengonçados, seguindo um estilo ragdoll, em que os personagens são mais gelatinosos e isso pode influenciar as interações com os outros personagens e com o ambiente. É fácil tropeçar e cair e, além disso, o jogo oferece apenas botões de pulo, agarrão e mergulho. Conforme repete as mesmas fases, o jogador aprende sobre as áreas e desenvolve truques e estratégias, mas ainda é bastante possível que um total amador dê sorte em seu avanço.

Esse elemento desengonçado do controle poderia ser um grande problema. Afinal, é bastante desagradável avançar por uma área com destreza só para depois acabar caindo por um pulo em falso. No entanto, a aparência bastante colorida e cômica do jogo ajuda a tornar a sensação de frustração em algo mais tolerável. Você cai, ri, se levanta e continua tentando.


Além de usar a sensação amenizada de frustração como um motivador para tentar novamente, é possível desbloquear novas cores e roupas. Dentro de um sistema de temporadas que duram por volta de 60 dias, uma série de recompensas podem ser obtidas acumulando pontos por jogar repetidas vezes e subir de nível.

Gostaria de destacar, porém, que no período logo após o lançamento, o jogo passou por alguns problemas com os servidores. A demanda foi muito superior à esperada pela desenvolvedora, tendo atraído muitos usuários. Por conta disso, experimentei várias quedas e momentos em que era simplesmente impossível jogar.

No entanto, não colocaria esse problema contra o jogo, pois é algo que já está sendo resolvido e com certeza tende a melhorar ao longo do tempo. Fall Guys é absurdamente carismático e divertido, uma recomendação garantida para qualquer tipo de jogador.

Prós

  • Atmosfera cômica ajuda a sentir menos frustração com as falhas;
  • Desbloqueio de roupas incentiva jogar constantemente;
  • As provas podem exigir estratégias bastante diferentes.

Contras

  • Falta um modo que dê controle ao jogador sobre os tipos de prova que aparecem;
  • Ausência de um modo de treinamento.
Fall Guys - PC/PS4 - Nota: 8.5
Versão utilizada para análise: PC
Revisão: Davi Sousa
Análise produzida com cópia digital cedida pela Devolver Digital

é formado em Comunicação Social pela UFMG e costumava trabalhar numa equipe de desenvolvimento de jogos. Obcecado por jogos japoneses, é raro que ele não tenha em mãos um videogame portátil, sua principal paixão desde a infância.


Disqus
Facebook
Google