Xbox Game Pass não traz muito retorno financeiro para a Microsoft, diz executivo

Aaron Greenberg, no entanto, diz que fãs não precisam se preocupar com a perda de dinheiro da empresa.

Em entrevista exclusiva ao What's Good Games, o diretor de marketing da divisão de jogos da Microsoft, Aaron Greenberg, revelou que embora o Xbox Game Pass tenha uma registrado mais de 10 milhões de novos usuários em abril de 2020, o serviço de assinatura ainda não traz um retorno financeiro para a empresa, mas que esse não precisa ser um motivo de preocupação dos fãs.

"O Xbox Games Pass atualmente não é lucrativo. Utilizamos uma mentalidade diferente, onde o foco não está no lucro e sim no cliente. Queremos agregar valor aos nossos fãs. Pensamos que queremos obter benefícios a longo prazo".
"Os fãs não precisam se preocupar com a empresa perdendo dinheiro. Nós sempre rimos, quando ouvimos isso. Por favor, não se preocupe conosco. A Microsoft vai conseguir. Nós vamos conseguir - acho que vamos ficar bem". 
No Brasil, o Xbox Game Pass está disponível para PC e Xbox One, com preços que variam de R$ 29,00 a R$ 40,00 mensais na versão Ultimate, sendo que o primeiro mês sai por apenas R$ 1,00.

Fonte: Gamingbolt

é apreciador de games com conceito artístico minimalista e narrativas de significado profundo. No GameBlast escreve notícias, análises, crônicas e especiais; no tempo livre produz roteiros autorais de séries e filmes.


Disqus
Facebook
Google