Steam recebe atualização que impede compra de jogos usando serviços de VPN

Usuários estavam usando da prática, que é ilegal, para comprar jogos por preços mais baixos em outros países.

Para impedir que usuários comprem jogos que não pertençam a região de suas contas, a Valve realizou uma atualização na plataforma para evitar que a prática continue sendo usada, o que é ilegal segundo os termos de uso do Steam.


A atualização visa evitar que usuários que tiravam vantagem desta falha na plataforma continuem com a prática, que favorecia jogadores de países que compravam em localidades onde a sua moeda local, como dólar ou euro, é mais valorizada que em outros países, como no Brasil.

A polêmica mais recente envolvendo a prática ocorreu quando a versão para PC de Horizon Zero Dawn entrou em pré-venda. Usuários estavam fazendo uso de serviços de VPN para simularem que estavam acessando a loja daqueles países e então compraram o jogo a um preço bem menor ao praticado em suas verdadeiras localidades.

A iniciativa tomada pela Sony foi reajustar o preço do jogo em diversas regiões para desestimular a prática ilegal, o que acabou prejudicando os jogadores locais, que viram o preço de Horizon Zero Dawn chegar a mais de 100% de acréscimo em seus países.

Fonte: Destructoid

Tecnólogo em Gestão Ambiental, produtor do BlastCast e sincero até demais. Jogador casual de muitos e hardcore em poucos. Adora jogos multiplayer que causam discórdia e fogo no parquinho. @XelaoHerege


Disqus
Facebook
Google