Jogamos

Review: Ziva 4-in-1 Gaming Bundle é um pacote de periféricos competente

O kit da Trust Gaming é simples, mas oferece produtos de qualidade por ótimo valor.


A qualidade dos periféricos pode afetar fortemente a experiência de jogar em um PC. Certos títulos exigem boa resposta do mouse e teclado, e ter um bom headset pode ser um diferencial em jogos cooperativos. O problema é que, muitas vezes, esses itens costumam ser caros, quase artigos de luxo, o que pode dificultar a sua aquisição por alguns jogadores. Pensando nisso, a empresa holandesa Trust lançou o Ziva 4-in-1 Gaming Bundle, um pacote de periféricos com itens básicos, mas com ótimo custo-benefício.


O pacote Ziva 4-in-1 é composto de um teclado de membrana, um mouse com quatro diferentes velocidades, um tapete mousepad e um headset. Os itens contam com design sóbrio e discreto, o que os torna uma boa opção para o uso cotidiano ou até mesmo no escritório. O conjunto é distribuído no Brasil pela Softronic, e todos os periféricos contam com três anos de garantia. O Ziva 4-in-1 Gaming Bundle pode ser encontrado em vários varejistas do Brasil pelo valor médio de R$ 160. Por ser um conjunto de itens diferentes, achei importante avaliar cada um deles individualmente.

Um teclado robusto e simples

O maior item do kit é o teclado. Ele tem as dimensões 440 x 160 mm, conexão USB, cabo de 1,5 m, disposição de teclas tradicional ABNT 2 e usa o sistema de membrana. Além disso, ele conta com proteção contra respingos de líquidos — fiz o teste com um pouco de água e ele continuou funcionando normalmente. O periférico é todo na cor preta fosca, e as teclas WASD e as setas têm cor vermelha para maior destaque. O visual é simples e com linhas retas, e o dispositivo não apresenta desenhos ou iluminação diferenciada.

Solidez é uma palavra que eu usaria para descrever este teclado, por causa de seu material resistente. O dispositivo usa o sistema de membrana, no entanto, as teclas apresentam robustez acima da média dessa categoria de periférico. O resultado é um digitar e uso mais preciso, sem apresentar aquela sensação de produto de baixa qualidade de teclados baratos. As teclas mais robustas tornam o uso mais barulhento do que o normal, contrariando a indicação de “teclar sem ruídos” da caixa do produto, mas não chega a incomodar.


Um ponto do teclado que pode pesar é a sua simplicidade: ele não conta com teclas de atalho ou opções avançadas. Além disso, por usar o sistema de membrana, ele sofre do problema de ghosting, ou seja, há um limite de teclas ativadas simultaneamente. Nos meus testes, observei que esse teclado registra até seis teclas ao mesmo tempo. Essa limitação pode ser um problema em jogos que demandam comandos complexos, logo, é importante levar em conta esse detalhe ao usar esse dispositivo.

No geral, fiquei bastante satisfeito com o teclado do kit Ziva. Os materiais trazem uma sensação de durabilidade, as teclas mais robustas trazem segurança na hora do uso e a resposta dos comandos é precisa. Senti falta de recursos adicionais, como teclas de atalho, mas ele é suficiente para a maioria dos jogos e tarefas do dia a dia.

Versatilidade e precisão com o mouse

O mouse é o dispositivo mais “gamer” do pacote Ziva. Ele é munido de seis botões: os tradicionais esquerdo e direito, um na roda de rolagem, dois na lateral esquerda e um logo abaixo da roda. O mouse conta com quatro diferentes velocidades (1000, 1600, 2200, 3000 DPI) e é possível alternar entre elas por meio de um botão dedicado — a configuração se mantém mesmo após desligá-lo. Ele é acompanhado de um mousepad de superfície antiderrapante de dimensões 220 x 300 mm.

O design do mouse é simétrico e conservador, com um pequeno apoio na parte debaixo para melhor encaixe da mão. O formato permite utilizar diferentes pegadas (claw, palm e fingertip) com tranquilidade, por mais que suas dimensões possam ser um pouco reduzidas para aqueles com mãos grandes. O que mais me chamou a atenção nele foi o seu revestimento de borracha. A escolha desse material foi acertada, pois traz um aspecto aderente ao dispositivo, algo muito útil nos momentos de uso intenso em jogos mais frenéticos.


Visualmente, o mouse se destaca com alguns cortes simples e angulosos na borracha. O dispositivo é preto com alguns elementos vermelhos, como os botões laterais e o seletor de velocidade. Ele conta com partes translúcidas em alguns botões e no corpo, que se iluminam em vermelho quando ele está em uso. O design é sóbrio, no entanto, os detalhes em vermelho trazem um ar arrojado ao produto.

Nos testes, o periférico se comportou bem. A alteração de velocidade por meio do botão é instantânea, o que permite trocas de estilo rápidas mesmo durante partidas de jogos. Achei os botões esquerdo e direito bem suaves e responsivos, o que torna o uso bem confortável mesmo em momentos intensos. A roda de rolagem me pareceu um pouco frágil, mas essa sensação some com algum tempo de uso.

Os botões laterais são uma boa maneira de oferecer recursos adicionais, mas alguns detalhes limitam o seu uso. Para começar, eles são sensíveis demais e algumas vezes os ativei sem querer, e imagino que isso aconteça com mais frequência com quem tem mãos grandes. Além disso, a Trust não oferece um software de configuração para esse modelo de mouse, o que dificulta um pouco alterar a função desses botões adicionais. O jeito é utilizar algum outro programa de configuração de mouse para customizá-los.

O mousepad me surpreendeu bastante. O tapete do kit é de tamanho médio, de baixa espessura e apresenta características antiderrapantes. Essa combinação de fatores torna muito confortável o uso: o mouse desliza com suavidade pelo mousepad e as dimensões permitem fazer movimentos de boa amplitude sem o risco de o mouse cair.

Um headset básico e funcional

O último item do pacote Ziva 4-in-1 é um headset. Ele é do tipo over-ear, ou seja, cobre completamente as orelhas, o que provê um pouco de isolamento acústico. Ele conta com cabo de 180 cm de comprimento, hastes ajustáveis com acolchoamento no topo e um pequeno controle de volume no lado esquerdo. O microfone omnidirecional se localiza em uma haste do lado esquerdo e sua altura pode ser ajustada, no entanto, não há a opção de desligá-lo completamente. O periférico é acompanhado de um cabo extensor que separa os canais do fone de ouvido e do microfone.

O headset é feito de plástico resistente e parece ser bem durável, por mais que em um primeiro momento ele pareça frágil. O design se ajusta bem na cabeça e as almofadas são confortáveis. No entanto, a haste é um pouco apertada na largura, o que pode incomodar algumas pessoas, principalmente aquelas que usam óculos, como eu. Assim como os demais itens do kit, o dispositivo tem visual sóbrio de cor preta com alguns poucos detalhes em vermelho — é simples e bonito.


O som do headset é competente, mesmo com alguns pequenos problemas. A equalização do áudio é neutra e apresenta graves e agudos de forma similares, bastando utilizar algum software para fazer os ajustes de acordo com a preferência. O volume padrão do fone é baixo, mesmo com o volume no máximo, o que pode ser problemático em alguns dispositivos.

A qualidade do som em si variou um pouco e senti que a minha unidade puxa o áudio um pouco mais para o lado direito. Sendo assim, utilizei os testes do site Audio Check e confirmei as minhas suspeitas: as verificações indicaram que um dos lados do fone era mais sensível. A diferença é sutil, mas fica o aviso para aqueles mais exigentes. Aproveitei para fazer outros testes, como amplitude dos graves/agudos e sensibilidade, e obtive resultados próximos aos anunciados pelo fabricante.


O microfone do headset é funcional e capta a voz com clareza na maior parte do tempo. Mesmo assim, nos testes apareceu um pouco de ruído nos trechos com graves ou agudos de maior intensidade. Além disso, sons de agentes externos, como vento, respiração ou barulhos distantes, não são filtrados pelo microfone, provavelmente por causa da ausência de uma espuma protetora. Por fim, o microfone fica constantemente ligado, inclusive quando a haste está na posição vertical, podendo interferir no áudio mesmo em momentos em que não desejamos utilizá-lo.

Utilizei o headset em diferentes dispositivos, como PC, iPod, celular, PlayStation 4 e Nintendo Switch por vários dias. Depois desse período, cheguei à conclusão de que ele é um dispositivo acima da média tanto para ouvir áudio quanto para conversar por meio do microfone. Ele cumpre o seu propósito, ainda mais levando em conta que é um periférico incluído em um kit. Para aqueles que procuram maior qualidade talvez ele não seja suficiente, e investir em headset dedicado provavelmente será uma opção mais vantajosa.

Um kit competente e de bom custo

O Ziva 4-in-1 Gaming Bundle é um pacote básico cujos itens inclusos apresentam o desempenho esperado dessa faixa de preço. O teclado é bem construído e durável; o mouse tem design interessante e recursos variados; já o headset é acima da média, mas não impressiona. O kit decepciona um pouco como um produto para o público gamer ao conter dispositivos simples e sem recursos adicionais, no entanto, o design sóbrio e discreto o torna uma boa opção para usos diversos, como no trabalho. No fim, o Ziva 4-in-1 Gaming Bundle é um kit competente e de ótimo custo-benefício.


Prós

  • Uma seleção de dispositivos com bom custo-benefício;
  • Teclado resistente e bem construído;
  • Mouse emborrachado confortável e com diferentes opções de sensibilidade;
  • Mousepad antiderrapante de bom tamanho cujo material facilita o uso do mouse;
  • Headset com som e microfone acima da média;
  • Visual dos dispositivos simples e sóbrio.

Contras

  • Teclado simples e sem recursos adicionais;
  • Botões laterais do mouse sensíveis demais;
  • Headset com áudio não completamente equalizado dos dois lados;
  • Microfone suscetível a ruídos, além de não poder ser desligado.
Ziva 4-in-1 Gaming Bundle — Nota: 8.5
Revisão: Ives Boitano
Análise produzida com periféricos cedidos pela Trust Gaming

é brasiliense e gosta de explorar games indie e títulos obscuros. Fã de Yoko Shimomura, Yuzo Koshiro e Masashi Hamauzu, é apreciador de roguelikes, game music, fotografia e livros. Pode ser encontrado no seu blog pessoal e nas redes sociais por meio do nick FaruSantos.


Disqus
Facebook
Google