Jogamos

Análise: Deliver Us The Moon (Multi) é um incrível suspense espacial que cativa a cada nova descoberta

O thriller conta com jogabilidade e desafios simples para não desviar o foco do cativante e tenso enredo.


Um mundo devastado, a humanidade à beira da extinção, e apenas uma missão define o destino do que restou da raça humana: a Lua. Esta é a premissa de Deliver Us The Moon, jogo desenvolvido pela KeokeN Interactive e publicado pela Wired Productions.


Acompanhe os próximos passos do homem na Lua neste suspense espacial repleto de quebra-cabeças e reviravoltas.

A Lua como última esperança da humanidade

Deliver Us The Moon se passa em um futuro próximo, em que os recursos na Terra tornam-se escassos e acontece a Grande Crise de Energia. A humanidade corre risco de extinção e cidades são tomadas por oceanos e desertos. Então, os governos de todo o mundo unem esforços para criar a World Space Agency para vasculhar por recursos galáxia afora.

Foi na Lua que a WSA encontrou o Helium-3, elemento que pode ser transformado em energia e enviado à Terra. Começa, então, a colonização da humanidade em nosso satélite natural como uma última esperança de sobrevivência da raça humana.

Após alguns anos operando perfeitamente, o Microwave Power Transmission (ou MPT) inexplicavelmente deixou de enviar inexplicavelmente os sinais de energia ao planeta, além de total corte de suas comunicações. Como último esforço para garantir o bem-estar do que restou da população na Terra, um astronauta é enviado a uma missão para descobrir o que aconteceu com a colônia lunar e reativar o MPT.


A narrativa de Deliver Us The Moon é o seu maior ponto forte. O enredo é cativante, prende sua atenção do começo ao fim e explora sua curiosidade a cada nova área liberada ou item encontrado. Assim como qualquer jogo focado em narrativa e exploração, a paciente busca por objetos interativos recompensa com conteúdos praticamente obrigatórios para o total entendimento da trama, disponibilizados de diversas formas, como textos, gravações e hologramas.

O enredo entrega um nível de imersão incrível, com a evolução da trama em um ritmo sutil, alternando entre momentos mais calmos de descoberta ou de tensão com corridas contra o tempo. Cada nova revelação e reviravolta, que surpreendem em diversos momentos, nos faz questionar ações ou decisões de personagens que conhecemos apenas por registros, e finalizamos ligando os pontos em uma conclusão satisfatória.


Uma viagem pela Lua

Deliver Us The Moon possui uma jogabilidade bastante simples, focando bastante na exploração de cenários e resolução de puzzles, elementos que se intercalam de uma forma que não deixa o jogo lento ou entediante. Controlamos o astronauta, “protagonista” que não possui nenhum diálogo justamente para dar destaque ao verdadeiro personagem principal: a colônia lunar, com seus diversos lugares e histórias a se conhecer.


Nosso personagem basicamente interage com itens nos cenários para coletar informações ou solucionar quebra-cabeças, possui uma lanterna para quando adentrar ambientes escuros e, por vezes, pilota um veículo pela superfície da Lua. Em certo momento, temos a companhia de um pequeno robô chamado ASE, que nos auxilia na resolução de puzzles, libera alguns caminhos pela colônia e carrega toda a personalidade que o protagonista não demonstra.

Falando em puzzles, eles trazem desafios bastante diferentes e inovadores durante a campanha, e são prazerosos de se resolver. Mas, em sua maioria, possuem uma dificuldade de baixa para média, com pouquíssimos casos que realmente irão te fazer quebrar a cabeça. Para um jogo tão focado em narrativa e exploração, a única dificuldade que se espera encontrar está nos puzzles, que deveriam dar uma sensação maior de desafio em uma jornada tão promissora, mas não é o que acontece por aqui.


Relaxe um pouco e aproveite a vista

Graficamente, Deliver Us The Moon entrega uma ótima qualidade visual, mas nada excepcional como vemos nos grandes jogos desta geração. Os momentos de calmaria, como durante a locomoção entre instalações da colônia, nos convida a apreciar a paisagem, sejam as formações de crateras do satélite natural ou a vista de nosso planeta que, um dia, já foi tão mais vivo e colorido. A exploração é totalmente linear e sequer exige mapa, com raros momentos em que voltamos a algum ponto já visitado.


A trilha sonora é outro grande ponto positivo e vai de perfeito encontro com os sentimentos vividos em cada momento do jogo, como nas sequências de maior tensão em que a música se intensifica e torna certas situações mais agoniantes e desesperadoras.

O elenco de dublagem também tem destaque na qualidade sonora. Suas atuações transmitem muito bem as emoções vividas pelos personagens nos momentos mais cruciais. É de se parabenizar a atenção do estúdio em incluir personagens de diversas localidades, com sotaques e culturas tão diferentes, reforçando o esforço mundial em prol da salvação da humanidade.


Foram poucos os problemas encontrados durante a jogatina. O que mais incomodou foi um certo travamento durante o salvamento das informações nos checkpoints, o que compromete bastante a imersão , além de telas de carregamento muito demoradas ao iniciar o game ou após alguma rara morte. Infelizmente, o jogo não possui textos em português, então esteja com o inglês em dia para aproveitá-lo ao máximo.

Vale a pena jogar Deliver Us The Moon

Em torno de suas cinco horas de campanha, Deliver Us The Moon entrega um thriller que prende sua atenção do começo ao fim e evolui de forma sutil. A alternância entre exploração de cenários e resolução de puzzles que, apesar de fáceis em sua maioria, são muito bem planejados, acontece de forma que não deixa o jogo lento e que não compromete o foco na narrativa. Se busca uma experiência curta, imersiva e com história satisfatória, essa é uma ótima opção para você.


Prós

  • Enredo cativante e imersivo;
  • Jogabilidade simples e intuitiva;
  • Trilha sonora e elenco de dublagem.

Contras

  • Dificuldade baixa para média na maioria dos puzzles;
  • Travamentos que comprometem a imersão;
  • Sem textos e legendas em português.

Deliver Us The Moon — PC/PS4/XBO/Switch
Nota: 9.0
Versão utilizada para análise: PS4

Revisão: Davi Sousa
Análise produzida com cópia digital cedida pela Wired Productions


Escreve para o GameBlast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.


Disqus
Facebook
Google