Dungeon Drafters (PC): dungeon crawler roguelite brasileiro abre campanha no Kickstarter

Combinando roguelite com funcionamento baseado em cartas, o jogo brasileiro estará até o dia 18 de março na plataforma de financiamento coletivo.



A desenvolvedora brasileira Manalith Studios abriu hoje a campanha de Kickstarter de Dungeon Drafters. O jogo é um dungeon crawler roguelite com gameplay baseado no uso de cartas mágicas. A princípio, caso a campanha seja bem sucedida, ele será lançado para PC em 2021, mas a Manalith ainda está avaliando lançá-lo para outras plataformas. A meta é arrecadar US$12,500 e o jogo estará disponível em inglês, português e japonês.


Em Dungeon Drafters, o jogador encarna um jovem aventureiro que explora dungeons e coleta cartas perdidas no tempo cujos poderes mágicos poderão ser usados para várias táticas e combos. Terremotos, bolas de fogo e relâmpagos são algumas das magias possíveis, mas a página também menciona outras com utilidade mais específica como criar barricadas de pedras ou polimorfia (transformando objetos do cenário em aliados).

O jogo também possui um vilarejo com vários NPCs. Lá é possível trocar, comprar e vender cartas, obter missões do mestre da guilda e até mesmo testar o seu deck antes de partir em uma nova aventura. Afinal, como se trata de um jogo baseado em cartas, testar as combinações possíveis do deck e trabalhar com a sinergia entre elas é algo que pode fazer bastante diferença.

As cartas são divididas em cinco arquétipos: Oráculo, Guardiã, Agressor, Viajante e Forâneo. Eles definem o estilo de jogo de cada carta, além de ser um elemento importante do lore do jogo. Um da, um jovem homem encontrou a Torre do Potencial, um lugar cercado de mistério, onde uma magia antiga estava selada. Conhecida como o Forâneo, ela trazia flexibilidade a um mundo rígido e harmônico regulado pelos Quatro Arquétipos.

No entanto, acordar esse poder também poderia, de acordo com uma antiga profecia, corromper a ordem e trazer destruição para todo o mundo. Com a descoberta, exploradores do mundo todo foram motivados a viajar para a Cidade dos Aventureiros, ponto de partida para redescobrir os mistérios antigos.

O jogo começa com a escolha de um aventureiro, cada um com um deck inicial próprio baseado em dois arquétipos. A Maga começa com Agressor/Oráculo, enquanto o Explorador é Viajante/Guardiã. Independente da escolha, o jogador poderá montar decks de todos os tipos. Ele também contará com um minigame de pescaria.

Mais detalhes podem ser conferidos na página da campanha, incluindo algumas músicas chiptune que compõem a trilha do jogo, que promete uma experiência single-player imersiva, "o tipo de experiência em que você põe os seus headphones bons e joga por horas e horas".


Além do jogo em mídia digital, as recompensas para investir no jogo também incluem um deck físico com suas próprias regras, e uma enciclopédia do jogo com artes e informações detalhadas dos monstros, das dungeons e dos itens de Dungeon Drafters.


é formado em Comunicação Social pela UFMG e costumava trabalhar numa equipe de desenvolvimento de jogos. Obcecado por jogos japoneses, é raro que ele não tenha em mãos um videogame portátil, sua principal paixão desde a infância.

Comentários

Google
Disqus
Facebook


  1. Oi
    Eu gosto muito desse jogo
    Obrigado Ivanir Ignacchitti, esse jogo é muito legal
    Valeu

    ResponderExcluir