CBLoL 2020: Soraka na rota topo, Flamengo na ponta da tabela e muito mais na semana 03

Rubro-Negros se isolam na liderança e KaBuM! consegue a primeira vitória.



A terceira semana da Primeira Etapa do Campeonato Brasileiro de League of Legends (CBLoL) 2020 finalmente marcou a estreia de uma estratégia que vem fazendo sucesso em outras ligas ao redor do planeta: a presença da campeã Soraka na rota do topo. Porém, a paiN não se deu muito bem com a escolha e acabou derrotada pela KaBuM!, nesta que foi a primeira vitória dos Ninjas na competição. Já o Flamengo manteve a rotina de triunfos e agora está isolado na ponta da tabela. Confira, logo abaixo, o resumo de todas as partidas que acontecerem no sábado e domingo.



Aula de macro game

Uma INTZ confusa encarou a organizada Prodigy na abertura da terceira semana. Focada na conquista de objetivos pelo mapa, a PRG estava sempre um passo à frente durante todo o começo da partida. Se os Intrépidos derrubavam a T1 no topo, os adversários demoliam a primeira torre da rota inferior, derrotavam o Dragão das Nuvens e ainda colecionavam um abate no meio. A INTZ somente conseguiu incomodar quando a Prodigy deu início ao seu terceiro dragão, apesar de perderam dois integrantes durante a luta, os Intrépidos evitaram que o buff fosse para os rivais.

A PRG dava uma aula de macro game e controle, além de responder muito bem às investidas da INTZ. Uma delas aconteceu ao redor da T1 da Prodigy no topo, quando os Intrépidos conseguiram uma boa iniciação, mas forçaram demais e acabaram abrindo espaço para o contra-ataque. Com três abates na team fight, sendo um Double Kill para fNb, a PRG ficou livre para adquirir os buffs do Barão e do Dragão do Oceano.

Muito fortalecida e com mais de 10k de vantagem de ouro, a Prodigy destruiu o inibidor da rota inferior e, depois de um pick off sobre Tay no meio, também liberou os super minions no topo. Sem pressa para fechar o jogo, a PRG teve paciência e esperou o segundo Barão nascer. Com o poder do Na'Shor, invadiram a base da INTZ, encaixaram outra ótima luta e explodiram o Nexus.



INTZ — lado azul

Tay (Orn) — 0/6/1
Zuao (Elise) — 1/5/2
Envy (Le Blanc) — 1/1/2
micaO (Aphelios) — 1/2/1
RedBert (Rakan) — 0/1/2

Prodigy — lado vermelho

fNb (Renekton) — 3/1/7
Yampi (Lee Sin) — 2/1/8
Aloned (Syndra) — 3/1/10
Garo (Varus) — 5/0/3
Wos (Nautilus) — 2/0/6

Bans

INTZ: Qiyana / Rumble / Sett / Miss Fortune / Pantheon
Prodigy: Akali / Lucian / Xayah / Leona / Braum
MVP: fNb

Nos detalhes

O duelo entre Flamengo e Redemption começou extremamente agitado, tendo 13 abates em apenas 10 minutos. Com as duas equipes trocando eliminações por Summoner's Rift, a RDP adquiriu vantagem ao ficar com o primeiro Arauto e o buff do Dragão do Oceano. O time de Porto Alegre também conquistava melhores resultados nas lutas, como foi em uma iniciada pelos Rubro-Negros no meio. Krastyel brilhou com o seu Yasuo e a Redemption contornava as investidas adversárias.

O cenário mudou depois de mais uma team fight no meio. Desta vez, Goku e WooFe fizeram a diferença, liberando espaço para os Rubro-Negros derrotarem o Arauto e avançarem pelo mapa. O Flamengo foi crescendo depois desta jogada e aproveitou outra luta no meio para colecionar quatro abates, com um Double Kill para Goku. Com a vitória e superioridade numérica, a conquista do buff do Barão foi o próximo passo.

Fortalecido pelo Na'Shor, o Flamengo não tinha motivos para recuar e pressionou a Redemption para dentro de sua base. Em uma tentativa desesperada de prolongar a partida, a RDP partiu para o ataque logo depois de perder o seu inibidor do topo. No entanto, os Rubro-Negros se saíram melhor com alguns abates e não tiveram grandes dificuldades para focar o Nexus e vencer a partida.


Flamengo — lado azul

WooFe (Aatrox) — 4/2/10
Ranger (Elise) — 6/3/7
Goku (Mordekaiser) — 6/3/7
Absolut (Xayah) — 3/3/12
Luci (Thresh) — 1/5/11

Redemption — lado vermelho

Nyu (Renekton) — 0/5/2
BalKhan (Gragas) — 0/3/9
Krastyel (Yasuo) — 8/2/3
Patrick (Varus) — 5/4/9
BocaJR (Galio) — 3/6/10

Bans

Flamengo: Rumble / Orn / Taliyah / Nautilus / Braum
Redemption: Akali / Sett / Lucian / Pantheon / Le Blanc
MVP: WooFe

Enfim, Soraka no topo

O embate entre KaBuM! e paiN contou com a primeira aparição da campeã Soraka na rota topo neste CBLoL 2020. Porém, a estratégia, que vem rendendo bons resultados em outras ligas do mundo, foi ineficiente desta vez. Yang encontrou muitas dificuldades para lidar com Parang e seu Jayce no início da partida e praticamente não teve nenhum impacto no mid e late game. Para piorar a situação, a parte superior do mapa era apenas um dos problemas que a paiN tinha que resolver.

A KaBuM! encaixou uma ótima chamada quando percebeu que os adversários começaram a enfrentar o Dragão da Montanha. Além de roubar o buff, os Ninjas aplicaram um Ace, com dois Double Kills — um para DudsTheBoy e outro para Parang. A KaBuM! dominava todas as lutas, inclusive quando a própria paiN iniciava. A vantagem rendia controle do mapa e a conquista de praticamente todos os objetivos.

Os Ninjas encontraram uma excelente iniciação sobre SeongHwan e eliminaram rapidamente o caçador adversário, aproveitando para ir atrás do buff do Barão. A paiN não sabia se tentava ou não contestar e parou no meio do caminho para o covil. Com isso, a KaBuM! derrotou o Na'Shor e ainda levou um abate sobre Key de brinde. Completamente indefesa, a paiN apenas assistiu a avalanche que veio para cima de sua base e demoliu o Nexus, garantindo a primeira vitória da KaBuM! no CBLoL 2020.

KaBuM! — lado azul

Parang (Jayce) — 7/2/1
Wiz (Elise) — 1/0/4
Tutsz (Sylas) — 2/0/7
DudsTheBoy (Varus) — 5/0/7
Ceos (Braum) — 0/1/10

paiN — lado vermelho

Yang (Soraka) — 0/3/1
SeongHwan (Gragas) — 1/3/2
tinowns (Tristana) — 2/3/1
brTT (Aphelios) — 0/3/0
Key (Nautilus) — 0/3/2

Bans

KaBuM!: Rumble / Qiyana / Orn / Cassiopeia / Gangplank
paiN: Akali / Sett / Lucian / Irelia / Aatrox
MVP: Parang

Caça aos líderes

Vivo Keyd e FURIA Uppercut se enfrentaram com um objetivo em comum: se aproximar de vez das equipes que estão na ponta da tabela. Os Guerreiros começaram a partida melhor, com decisões mais inteligentes que rendiam o acúmulo de recursos. Além de abates, a Keyd conseguiu os dois Arautos e o primeiro Dragão Infernal. A FURIA somente foi capaz de responder quando o segundo dragão pousou em Summoner's Rift, um da Montanha. Os Panteras ficaram com o buff, mas perderam a T1 do meio.

Com um jogo mais lento, a Keyd focava nos objetivos, dominava os dragões e derrubava algumas torres. A vantagem que os Guerreiros iam adquirindo aos poucos se mostrou importante em um luta que a FURIA tentou iniciar. A Keyd soube se organizar melhor e saiu com dois abates, derrubou a T2 do meio e ainda derrotou o Barão. Os Panteras invadiram o covil do Na'Shor para tentar reduzir o prejuízo e eliminaram três adversários, deixando o buff somente com dois rivais.

A Keyd não queria desperdiçar o Barão e forçou a entrada na base da FURIA pela rota do meio. Porém, os Panteras souberam se defender e depois de expulsarem os invasores, ainda conseguiram o Dragão da Montanha. A jogada mostrou que a FURIA estava de volta ao jogo e o time caminhava todo junto no meio quando foram pegos de surpresa. Com um belíssimo ataque pelo flanco do NOsFerus, a Keyd conseguiu três abates, o que foi suficiente para marcharem até o Nexus e garantirem a vitória.

Vivo Keyd — lado azul

Robo (Renekton) — 3/3/6
Grell (Elise) — 2/3/6
NOsFerus (Le Blanc) — 5/2/6
Klaus (Ezreal) — 6/2/4
Professor (Braum) — 1/3/10

FURIA Uppercut — lado vermelho

Fitz (Aatrox) — 2/3/6
Minerva (Olaf) — 4/2/6
Anyyy (Vladimir) — 4/3/6
Alternative (Aphelios) — 1/5/6
Damage (Nautilus) — 2/4/9

Bans

Vivo Keyd: Gragas / Lucian / Taliyah / Gangplank / Orn
FURIA Uppercut: Akali / Qiyana / Soraka / Varus / Rumble
MVP: NOsFerus



Isolado na ponta

Após a boa vitória no sábado, a KaBuM! entrou com moral para encarar o Flamengo. A partida começou com os dois caçadores muito ativos, com ganks em todas as rotas que rendiam eliminações a favor de suas respectivas equipes. A vantagem rubro-negra teve início com o primeiro dragão do jogo, um Infernal, e também o Arauto, depois de uma boa rotação da equipe. Porém, os Ninjas não ficaram muito para trás e conquistaram o buff do Oceano após uma rápida eliminação sobre WooFe.

O confronto seguiu com o Flamengo tentando avançar no mapa e a KaBuM! se defendendo muito bem. Até que os Ninjas foram vítimas de um belo engage dentro de sua própria selva, a team fight acabou com quatro eliminações para os Rubro-Negros, que também aproveitaram para conquistar a alma do Dragão das Nuvens e o Barão. Fortalecido, o Fla forçou a entrada na base inimiga, mas foi castigado pela KaBuM!, que em uma reviravolta impressionante eliminou quatro integrantes da equipe adversária.

A vitória na team fight rendeu ainda o Dragão Ancião e o Barão para os Ninjas. Com os dois poderosos buffs nas mãos, a KaBuM! conseguiu avançar um pouco no mapa, porém o Flamengo encaixou uma luta perfeita que resultou em quatro Ninjas eliminados. Somente com Ceos vivo para tentar proteger sua base, o Flamengo não encontrou maiores problemas para destruir o Nexus e se isolar na liderança do CBLoL.



KaBuM! — lado azul

Parang (Gangplank) — 3/5/8
Wiz (Taliyah) — 5/4/6
Tutsz (Orn) — 2/3/11
DudsTheBoy (Xayah) — 4/4/6
Ceos (Rakan) — 0/2/10

Flamengo — lado vermelho

WooFe (Renekton) — 8/3/5
Ranger (Sejuani) — 2/3/14
Goku (Mordekaiser) — 4/3/3
Absolut (Varus) — 4/1/5
Luci (Braum) — 0/4/10

Bans

KaBuM!: Qiyana / Lucian / Elise / Cassiopeia / Le Blanc
Flamengo: Akali / Sett / Rumble / Jarvan IV / Sylas
MVP: WooFe

Um roubo que muda a partida

Depois da derrota no sábado, a INTZ mudou três jogadores de sua lineup para encarar a FURIA Uppercut, mas viu os rivais começando a partida de maneira muito mais agressiva, acelerados pelas boas rotações de Damage e seu Bardo. As movimentações renderam o primeiro abate para os Panteras no topo, enquanto os Intrépidos respondiam na parte inferior do mapa, conquistando o Dragão Infernal. Após o agitado início, as duas equipes pisaram no freio e diminuíram o ritmo.

Apesar de poucos abates para os dois lados, a INTZ crescia mais rápido graças aos objetivos que conquistava pelo mapa. O confronto voltou a esquentar quando os Intrépidos encaixaram uma boa luta e foram tentar derrotar o Dragão do Oceano, que seria o seu terceiro no jogo. Porém, Anyyy roubou o buff e ainda destruiu a segunda torre do meio. A partir desse ponto foi a FURIA que assumiu o protagonismo do duelo.

A INTZ buscou retomar a dianteira com um engage no meio, mas tomaram uma invertida dos Panteras. Conquistando três abates na team fight, a FURIA foi para o covil do Barão e conseguiu o combustível que faltava para avançar na direção da base adversária. Forçando pela rota inferior, a Furia conseguiu derrubar o inibidor e ainda viu Alternative fazer um Double Kill. Depois de colecionar mais alguns abates, a FURIA venceu a partida e jogou a INTZ para a lanterna da tabela de classificação.

FURIA Uppercut — lado azul

Fitz (Gangplank) — 2/0/8
Minerva (Elise) — 2/4/10
Anyyy (Zoe) — 2/0/8
Alternative (Senna) — 5/1/6
Damage (Bardo) — 1/3/10

INTZ — lado vermelho

Tianci (Renekton) — 0/4/1
Shini (Lee Sin) — 2/2/3
Envy (Ahri) — 5/2/1
Mills (Varus) — 1/1/6
RedBert (Braum) — 0/3/8

Bans

FURIA Uppercut: Gragas / Tristana / Pantheon / Le Blanc / Leona
INTZ: Akali / Vladimir / Lucian / Nautilus / Thresh
MVP: Anyyy

A sina do domingo

A paiN chegou para a partida contra a Prodigy sob desconfiança após a desastrosa apresentação no sábado. Como vem sendo prática comum, a PRG começou mais focada nos objetivos, conseguindo o primeiro Dragão do Oceano e o Arauto. Enquanto isso, a paiN colecionava abates pelo mapa e aproveitou para invadir o covil do dragão e roubar o buff da Montanha das mãos da Prodigy. A equipe da paiN se mostrava mais atenta em relação aos jogos anteriores, inclusive, evitando que a PRG pegasse o Olho do Arauto após os rivais derrotarem a criatura.

Tentando impedir que os adversários adquirissem a alma do dragão, a Prodigy partiu para o covil, mas viu fNb ser eliminado por tinowns em um x1. A superioridade numérica fez com que a paiN partisse para encaixotar a PRG e vencesse a luta, com um Double Kill de brTT. Além da alma da Montanha, a jogada rendeu ainda o Barão para a paiN.

A Prodigy fez o possível para se defender, mas não conseguiu evitar a destruição dos inibidores do topo e meio. A paiN soube se organizar para usar os super minions nas duas rotas e pressionar pela parte inferior do mapa. A PRG usava toda a força que tinha para impedir a entrada adversária em sua base. Quando o Dragão Ancião nasceu, a paiN recuou e foi em busca do buff. A Prodigy tentou contestar e acabou levando um Ace, sem mais nada que podia ser feito, apenas assistiu a paiN destruindo o Nexus.

paiN — lado azul

Yang (Orn) — 1/2/9
SeongHwan (Lee Sin) — 7/2/8
tinowns (Le Blanc) — 6/2/9
brTT (Ezreal) — 6/1/6
Key (Alistar) — 1/2/14

Prodigy — lado vermelho

fNb (Vladimir) — 2/5/2
Yampi (Jarvan IV) — 1/5/5
Aloned (Rumble) — 0/3/5
Garo (Aphelios) — 6/3/1
Wos (Leona) — 0/5/5

Bans

paiN: Elise / Qiyana / Syndra / Braum / Varus
Prodigy: Akali / Lucian / Sett / Thresh / Xayah
MVP: tinowns

Domínio total de objetivos

O final de semana terminou com a partida entre Vivo Keyd e Redemption. Os Guerreiros tiveram domínio total dos objetivos durante o jogo, conquistando logo no início os dois Arautos e três dragões: das Nuvens, do Oceano e um Infernal. Enquanto aumentava seu controle pelo mapa, a Keyd evitava grandes lutas. Já do outro lado, a RDP fez de tudo para evitar que os adversários adquirissem a alma do dragão e até encaixou uma boa luta que abriu as portas para o buff.

A Keyd soube se reposicionar e responder de maneira incrível, colecionando abates, sendo um Double Kill para NOsFerus, a alma do dragão e também o Barão. Os Guerreiros usaram o buff para avançar ainda mais em Summoner's Rift e depois apenas esperaram o nascimento do Dragão Ancião. Em uma team fight dentro do covil, a Keyd se deu melhor, derrotou o dragão e partiu para destruir o inibidor da rota do meio.

Porém, ao invés de invadir de vez a base adversária, os Guerreiros decidiram conquistar novamente o buff do Barão. Com força total, a Keyd empurrou a RDP contra a parede e veio como um trator para destruir o Nexus e garantir a vitória.



Redemption — lado azul

Nyu (Vladimir) — 1/5/3
BalKhan (Gragas) — 1/6/4
Krastyel (Lucian) — 4/2/1
Patrick (Varus) — 1/2/2
BocaJR (Alistar) — 2/1/3

Vivo Keyd — lado vermelho

Robo (Renekton) — 4/3/5
Grell (Olaf) — 5/2/4
NOsFerus (Cassiopeia) — 5/2/3
Klaus (Senna) — 2/1/8
Professor (Braum) — 0/1/9

Bans

Redemption: Akali / Elise / Sett / Le Blanc / Irelia
Vivo Keyd: Taliyah / Rumble / Orn / Yasuo / Thresh
MVP: Robo

É jornalista e obcecado por games (não necessariamente nessa ordem). Seu vício começou com uma primeira dose de Super Mario World e, desde então, não consegue mais ficar muito tempo sem se aventurar em um bom jogo. Diretor de Redação do Nintendo Blast.

Comentários

Google
Disqus
Facebook