Adabana Odd Tales (PC) e ATRI -My Dear Moments- (PC) recebem novas informações através da página do Steam

As duas visual novels serão lançadas mundialmente para PC este ano.


A ANIPLEX.EXE liberou hoje (24/02) as páginas do Steam de seus dois primeiros jogos. Através delas, foram divulgados novos detalhes e imagens de Adabana: Odd Tales e ATRI -My Dear Moments-. Ambas as visual novels devem ser lançadas mundialmente em 2020.


A Aniplex é uma empresa japonesa multimídia subsidiária da Sony. Ela atua primariamente na produção de animes e músicas, mas também publicou alguns títulos mobile como Fate/Grand Order e Magia Record: Puella Magi Madoka Magica Side Story. A ANIPLEX.EXE é a nova marca dela voltada para o lançamento de visual novels.

Desenvolvida pela Liar-soft (Kindred Spirits on the Roof, Sona-nyl of the Violet Shadows), Adabana: Odd Tales tem sua história descrita da seguinte forma:
Uma garota se encontra em uma floresta escura que ela não reconhece, quando um monstro aparece do nada e a ataca. Um garoto misterioso, com um pincel na mão como se fosse uma espada, aparece bem a tempo de derrotar o monstro.

Ele se chama Kurofude, e afirma em um tom familiar que a garota se chama Shirohime. Mas ela não reconhece o garoto e nem o nome que ele usa para se referir a ela. Ela perdeu todas as suas memórias.

De acordo com Kurofude, eles estão na terra de Adabana, um reino de livros ilustrados. Seus contos são como sonhos; não importa o quanto alguém mergulhe neles, uma vez acordado, eles desaparecem para sempre. Daí o nome Adabana—um nome dado às flores que nunca darão frutos. O dever deles é atravessar pelos reinos de histórias e procurar por sinais de distorção nos contos.

Shirohime, uma garota que parece ter tanta agência quanto uma boneca, aceita a explicação e abre um livro que lhe é concedido. O título: Hanasaka Jiisan. Assim que ela abre o livro ilustrado que está caindo aos pedaços com suas páginas repletas de buracos causados por bookworms, as páginas brilham intensamente e levam a garota e o garoto para um reino de contos de fadas...
Na página, também são descritos vários personagens do jogo em detalhe, incluindo não apenas os dois protagonistas, mas também aqueles que advém de contos de fada japoneses.




Kurofude, cuja voz é do seiyuu Wataru Katoh, é um garoto que veste preto e tem como dever viajar pelos reinos dos livros para corrigir as distorções que encontra, junto com Shirohime. Ele carrega consigo um estojo onde guarda o seu pincel, que serve tanto para restaurar os textos perdidos dos livros ilustrados quanto para cortar os seus inimigos (como uma espada). Sua personalidade é calma e ele consegue manter a compostura em qualquer situação.



Shirohime é dublada por Saki Minami. Vestida em um kimono do mais puro branco, ela tem amnésia. De acordo com Kurofude, ela costumava ser uma guia para corrigir as distorções dos contos de fada. Ela tem a habilidade de pegar bookworms e extrair as palavras que elas comeram na forma de tinta. Ela é uma garota sensível e modesta.


Advindo do conto Hanasaka Jiisan e dublado por Yuuki Tamai, o velho Hanasaka vive em uma pequena vila. De personalidade bastante gentil, ele nunca teve filhos e vive uma vida tranquila com a sua esposa.

Advinda do famoso conto de Urashima Taro e dublada por Yuuki Kuwahara, Otohime é a soberana do esplêndido Palácio do Dragão, que se situa no fundo do oceano. Apesar de parecer atrativa e misteriosa, ela tem bastante decoro e pode ser bastante franca.

Urikohime vem do conto Urikohime to Amanojaku ("Princesa melão e o Espírito muito mau", em uma possível tradução) e é dublada por Natsumi Takamori. Uma jovem garota perspicaz e precoce que vive em uma vila no meio das montanhas. Ela frequentemente deixa Shirohime desconcertada com suas falas.

Momotaro é outra famosa lenda japonesa. Dublado por Haruki Ishiya, o jovem rapaz nasceu de um pêssego que flutuava pelo rio. Ele tem um forte senso de justiça e partiu em uma jornada para matar um oni que estava trazendo grande miséria e sofrimento ao povo.


Bookworms (um termo usualmente traduzido para "traça" em português) são estranhas criaturas cuja aparência está em algum ponto entre um peixinho-dourado e um peixe-gato. Eles se alimentam dos livros, podendo destruí-las completamente ao comer porções muito significativas de suas histórias. Shirohime consegue torná-los em tinta ao tocá-los e Kurofude consegue retornar essa tinta às páginas para restaurar o livro à sua forma original.

Além dessas informações, as seguintes imagens foram divulgadas:






As artes acima são de autoria de Ryuko Oishi, que é a designer de personagens e artista responsável pela obra. A história é escrita por Nozomu Umihara e as músicas compostas por Momoko Sapporo e Shinichiro Matsumoto. 


ATRI-My Dear Moments- está sendo codesenvolvida pela Frontwing (The Fruit of Grisaia) e pela Makura (H20) e escrita por Asuta Konno (If My Heart Had Wings). Sua história é descrita da seguinte forma:
Num futuro próximo, uma súbita e inexplicada elevação oceânica levou boa parte da civilização humana para debaixo d'água. Ikaruga Natsuki, um garoto que perdeu sua mãe e sua perna em um acidente há poucos anos, retorna desiludido de uma dura vida na cidade grande e encontra o seu antigo lar interiorano parcialmente tomado pelo mar.

Sem família, tudo o que ele tem é o barco e o submarino que foram deixados para ele pela sua avó oceanóloga, e as dívidas dela.

Sua única esperança de restaurar os seus sonhos perdidos de um futuro melhor é aproveitar a oportunidade que lhe é apresentada pela cobradora de sau dívida, a não confiável Catherine. Eles partem em busca das ruínas afundadas do laboratório de sua avó para encontrar um tesouro que os rumores dizem que ela deixou por lá.

Mas o que eles encontram não é riquezas nem joias; é uma estranha garota dormindo em um caixão no fundo do mar. Atri.

Atri é um robô, mas sua aparência e variedade de emoções poderia enganar qualquer um, fazendo-os achar que ela é um humano comum. Como gratidão por ser resgatada, ela faz uma declaração para Natsuki.

"Eu quero cumprir a última ordem da minha mestre. Até lá, eu serei as suas pernas!"

Em um pequeno vilarejo que está lentamente sendo tomado pelo oceano, um verão inesquecível está prestes a começar para esse garoto e essa misteriosa garota robô...
Da mesma forma que com Adabana, ATRI também teve seus personagens descritos em detalhe:




Ikaruga é um rapaz de 17 anos, atualmente no 2º ano do ensino médio. Costumava estudar na Academia, uma escola avançada na cidade grande apenas para os estudantes mais brilhantes. Depois de ser expulso, ele acaba voltando para o pequeno vilarejo na costa onde sua avó morava. Ele perdeu sua mãe e sua perna em um acidente ainda muito jovem, o que também lhe causou um trauma de lugares escuros e silenciosos. Para conseguir dinheiro para uma perna cibernética avançada, ele decide participar da busca do tesouro que teria sido escondido por sua avó.

Dublada por Hikaru Akao, Atri é uma garota robô que foi resgatada por Ikaruga do fundo do mar. Apesar de ser um robô, é praticamente impossível distinguí-la de um humano normal. Parece que ela costumava ser uma assistente da avó de Ikaruga no passado, mas ela quase não se lembra dos eventos desse período. Ela pede ajuda ao rapaz para restaurar suas memórias para poder cumprir a última ordem de sua mestre. Extremamente curiosa e dedicada a aprender, ela se orgulha de sua alta performance.

Dublada por Minami Takahashi, Kamishiro Minamo tem 16 anos e é amiga de infância de Ikaruga. Extremamente honesta e bastante feliz, ela é o tipo de pessoa que nunca faria algo ruim de propósito e está sempre cuidando do protagonista. Ela nunca saiu do interior e o conheceu pouco após o acidente, quando ele se mudou para a casa da avó.

Dublado por Yoshimasa Hosoya, Nojima Ryuuji é um garoto local metido a valentão, que prefere resolver tudo com os punhos. Filho do dono de uma firma de construção, ele costuma ajudar a família, mas sonha em ser independente. Por ser direto e responsável, as crianças da cidade veem ele como o líder.

Dublada por Hikasa Yoko, Catherine é uma misteriosa cobradora de dívidas que apresenta para Ikaruga um plano para pagar as suas dívidas resgatando os tesouros de sua avó do fundo do mar. Apesar de não saber quem ela é, Ikaruga suspeita que Catherine nem seja o seu nome verdadeiro. Ela tem uma aparência muito bonita e enigmática, mas isso não se reflete no seu jeito de agir e falar.

Última da lista, Nanami Ririka é dublada por Anzu Haruno. Uma garota órfã de 10 anos que vive na escola. Cheia de vida e energia, ela faz tudo em alta velocidade. Ela tem uma primeira impressão bem ruim de Ikaruga e age como uma espécie de irmãzinha da Kamishiro, dando muita dor de cabeça para a garota.


As artes e os designs de personagens são de autoria de Yusano e Moto4, enquanto as ilustrações de fundos são de y.ish. A trilha fica por conta de Fuminori Matsumoto. Além das informações, as imagens abaixo também foram divulgadas:




Fontes: Páginas do Steam de Adabana: Odd Tales e ATRI -My Dear Moments-

é formado em Comunicação Social pela UFMG e costumava trabalhar numa equipe de desenvolvimento de jogos. Obcecado por jogos japoneses, é raro que ele não tenha em mãos um videogame portátil, sua principal paixão desde a infância.

Comentários

Google
Disqus
Facebook