Indústria de games movimenta mais de 120 bilhões de dólares em 2019

Com alta de 3% em relação ao ano anterior, mais da metade do faturamento dos jogos em 2019 foi para os jogos mobile, que continuam em forte ascensão.

A informação é do SuperData, que analisa as movimentações financeiras do mercado de games anualmente. Segundo a empresa, somando todas as movimentações feitas em jogos, incluindo vendas e microtransações, o montante ultrapassa a marca de 120 bilhões de dólares. Um aumento de 3% em comparação com o ano anterior.



Destes, a fatia maior do montante ficou com os jogos mobile, que geraram faturamento de 64,4 bilhões de dólares. 4 de cada 5 dólares gastos em jogos em 2019 foram para jogos mobile. Jogos para PC e consoles geraram US$29,6 bilhões e US$15,4 bilhões, respectivamente. Fortnite fechou 2019 com o maior faturamento em um jogo free to play pelo segundo ano consecutivo, com faturamento de US$1,8 bilhões e boa parte disso foi graças as parcerias feitas com grandes franquias consolidadas na cultura pop, como Vingadores e Star Wars.

O relatório da empresa também traz duas observações importantes sobre os jogos triple A. O primeiro é sobre a vinda das grandes franquias para o mercado mobile. Caso dos jogos Call of Duty e Mario Kart, que sempre foram recordistas de vendas nas plataformas onde são vendidas. A chegada destas franquias para os dispositivos móveis se mostrou uma boa estratégia de negócio para as publishers.

Em contra-partida, os jogos triple A sofreram uma queda de 5% no faturamento se comparado ao ano anterior. Jogos como Red Dead Redemption 2, Monster Hunter: World e Marvel's Spider-Man foram títulos com grande volume de vendas em 2018 e, segundo o relatório, em 2019 a quantidade de títulos com apelo que estes tiveram foi menor, o que ocasionou a queda.

A Realidade Virtual continua em ascensão, com uma significativa alta de 26% no faturamento em 2019, o que corresponde a um faturamento de US$6,3 bilhões. A popularização da tecnologia e a facilidade no acesso a ela, além de novos lançamentos em óculos para uso do VR favoreceram este mercado.

Fonte: SuperData 

Tecnólogo em Gestão Ambiental, produtor do BlastCast e sincero até demais. Jogador casual de muitos e hardcore em poucos. Adora jogos multiplayer que causam discórdia e fogo no parquinho. @XelaoHerege


Disqus
Facebook
Google