League of Legends (PC): FunPlus Phoenix atropela a G2 Esports e é campeã do Mundial 2019

Chineses dominaram completamente a série decisiva e não tiveram dificuldades para garantir o título mais importante da temporada.



Pelo segundo ano consecutivo, a China domina o cenário competitivo internacional de League of Legends. A FunPlus Phoenix não tomou conhecimento da G2 Esports, fez 3x0 na série Melhor de Cinco (Md5) e conquistou o título do Mundial 2019. Nem mesmo a barulhenta torcida europeia, que lotou a AccorHotels Arena, em Paris, capital da França, foi capaz de tirar a concentração dos asiáticos, que ditaram completamente o ritmo durante toda a decisão.


A FunPlus Phoenix fez história ao levantar a Summoner's Cup logo em sua primeira participação no Mundial. A organização garantiu a vaga inédita no torneio ao vencer a League of Legends Pro League (LPL) — o campeonato nacional da China. O time reinou soberano na região, ganhando mais de 80% de suas partidas no nacional. Já no Mundial, o sorteio os colocou no Grupo B, ao lado de Splyce, J Team e GAM Esports.

Com quatro vitórias e duas derrotas, a FPX confirmou o primeiro lugar do grupo ao vencer o desempate contra a Splyce. Nas quartas-de-final, os asiáticos tiveram de encarar a Fnatic e a Invictus Game foi o adversário na semi. Depois de eliminar os conterrâneos, a tarefa então era superar os donos da casa, missão que se mostrou até mais simples do que inicialmente parecia.

A partida mais equilibrada

O primeiro duelo da decisão foi o mais equilibrado de toda a série. Desde cedo, o meio Kim "Doinb" Tae-sang e o caçador Gao "Tian" Tian-Liang apareceram algumas vezes na rota do topo para dar vantagem ao Gangplank de Kim "GimGoon" Han-saem. A G2 tentava responder derrubando algumas torres, e com a ajuda do Arauto, Luka "Perkz" Perković chegou até a T3 da rota superior. A partida seguia bastante equilibrada, até o time europeu forçar um Dragão Infernal que resultou no buff para a G2, mas em três abates para a FPX.

Com caminho livre, os chineses fizeram o Barão e tentaram abrir a base rival. A G2 se segurava como podia e até conseguiu destruir o inibidor do topo, porém a FPX foi rápida e aproveitou para ficar com o Dragão Ancião e, logo depois, o segundo Barão. Se a situação já estava complicada para os donos da casa, o jogo desandou de vez quando Martin "Wunder" Nordahl Hansen foi pego sozinho dentro da selva. Sem uma de suas principais fontes de dano, a G2 viu a FPX invadir a base e derrubar o Nexus aos 41 minutos.

FunPlus Phoenix — lado azul

GimGoon (Gangplank) — 5/0/12
Tian (Lee Sin) — 5/1/11
Doinb (Nautilus) — 1/3/13
Lwx (Sivir) — 11/0/5
Crisp (Thresh) — 0/3/7

G2 Esports — lado vermelho

Wunder (Ryze) — 1/7/2
Jankos (Elise) — 0/3/2
Caps (Pyke) — 3/4/3
Perkz (Varus) — 3/4/2
Mikyx (Tahm Kench) — 0/4/4

Bans

FunPlus Phoenix: Syndra / Gragas / Kai’Sa / Rek´Sai / Olaf
G2 Esports: Pantheon / Qiyana / Xayah / Blitzcrank / Braum

MVP:  Tian

Supremacia chinesa

Se o jogo anterior teve certo equilíbrio, o segundo escancarou a superioridade da FPX. Os asiáticos dominaram desde os primeiros momentos e conseguiram ficar ainda mais a frente na luta pelo Dragão Infernal. Além do buff, os chineses saíram do covil com três abates na conta, sendo um Double Kill para Lin "Lwx" Wei-Xiang. O ritmo permaneceu acelerado e a FunPlus Phoenix conseguiu acabar com o Arauto, derrubar a primeira torre (na rota do topo) e ainda colecionar mais um abate.

A G2 nada podia fazer para impedir o primeiro Barão da FPX, logo aos 20 minutos. Um pause serviu para os europeus tentarem respirar e entender o que estava acontecendo, mas quando o jogo voltou, as coisas pioraram ainda mais. A FunPlus Phoenix fez um Ace, com um Triple Kill de Lwx que já estava gigante com sua Kai’Sa. Sem nada a perder, a G2 se espalhou pelo mapa e um show de abates começou a acontecer. Porém, a FPX aplicou outro Ace e decretou sua vitória aos 25 minutos.

G2 Esports — lado azul

Wunder (Akali) — 1/3/1
Jankos (Elise) — 2/3/1
Caps (Tristana) — 1/4/1
Perkz (Yasuo) — 0/6/2
Mikyx (Gragas) — 0/4/3

FunPlus Phoenix — lado vermelho

GimGoon (Kled) — 3/0/4
Tian (Lee Sin) — 1/2/9
Doinb (Ryze) — 6/0/11
Lwx (Kai’Sa) — 8/0/6
Crisp (Galio) — 2/2/11

Bans

G2 Esports: Renekton / Nautilus / Qiyana / Gangplank / Kayle
FunPlus Phoenix: Pantheon / Syndra / Xayah / Olaf / Rek´Sai

MVP: Lwx

Os novos campeões

A série estava extremamente favorável para a FPX, que ainda não tinha sido realmente ameaçada na decisão. Apenas uma vitória separava os chineses do título e ela começou a ser construída no início do terceiro jogo. Os asiáticos foram construindo sua vantagem sem nenhum abate, mas pressionando o mapa. Quando as barricadas caíram, a FunPlus Phoenix tinha derrubado 11 delas, enquanto a G2 Esports só acumulou o ouro de duas.

Mesmo com pouco mais de 2k de ouro na frente, a FPX era pega em algumas iniciações da G2. Os donos da casa acharam um espaço e fizeram o Dragão da Montanha, mas a FunPlus Phoenix simplesmente respondeu com o Barão. Após uma série de lindas jogadas na rota do topo, os asiáticos derrubaram o primeiro inibidor. Pouco depois, foram para o segundo Barão. A G2 tinha que evitar a qualquer custo que os oponentes conquistassem o buff, mas a tentativa acabou frustrada. A FunPlus Phoenix eliminou o Na’Shor, abateu três membros da equipe rival, marchou diretamente para a base inimiga, demoliu o Nexus e se consagrou campeã do Mundial 2019 de League of Legends.

FunPlus Phoenix — lado azul

GimGoon (Gangplank) — 2/1/6
Tian (Lee Sin) — 3/4/7
Doinb (Galio) — 3/1/6
Lwx (Xayah) — 2/0/3
Crisp (Thresh) — 0/2/5

G2 Esports — lado vermelho

Wunder (Ryze) — 1/3/4
Jankos (Jarvan IV) — 1/2/5
Caps (Veigar) — 1/2/2
Perkz (Ezreal) — 4/1/1
Mikyx (Nautilus) — 1/2/2

Bans

FunPlus Phoenix: Syndra / Gragas / Kai’Sa / Olaf / Rek´Sai
G2 Esports: Pantheon / Qiyana / Rakan / Rumble / Akali

MVP: Doinb

É jornalista e obcecado por games (não necessariamente nessa ordem). Seu vício começou com uma primeira dose de Super Mario World e, desde então, não consegue mais ficar muito tempo sem se aventurar em um bom jogo. Diretor de Redação do Nintendo Blast.

Comentários

Google
Disqus
Facebook