Jogamos

Análise: Untitled Goose Game (PC/Switch): as divertidas peripécias de um ganso inconveniente

Jogo sobre um ganso terrível aprontando diversas confusões é uma aventura muito divertida.


Desenvolvido pela House House e publicado pela Panic, Untitled Goose Game é um jogo com uma premissa um tanto curiosa: você é um ganso que gosta de causar confusão. Seu passatempo favorito? Atormentar a vida dos pacatos moradores de uma vila. Você deve então passar por várias áreas deixando uma trilha de destruição cômica por onde passa.

Nunca atraia o ódio de um ganso



Ao contrário de patos e outras aves, gansos são animais que podem se tornar bastante agressivos, especialmente quando invadem o seu território. Eles costumam grasnar e perseguir pessoas e animais que reconheçam como intrusos. Esse comportamento é bem comum, mas ao mesmo tempo é engraçado devido à aparência das criaturas.

A equipe de desenvolvimento decidiu então brincar com isso, colocando o jogador na pele de um ganso que deliberadamente procura incomodar as pessoas. Mas ao invés de machucar, o personagem gosta de pregar peças, usar seu bico para roubar objetos e grasnar.



O jogo é dividido em áreas. Cada uma tem seus próprios objetivos, escritos em uma lista de tarefas a fazer. Em geral essas metas são ideias mais amplas e o jogador pode realizá-las de várias formas diferentes. Por exemplo, uma missão envolve molhar o jardineiro. Para isso, é possível utilizar o sistema de irrigação da horta ou fazer com que ele persiga o ganso até o lago, entre outras formas.

Como as direções são bastante genéricas, é fácil ficar um pouco perdido a princípio, sem saber como causar os eventos. No entanto, conforme o jogador passa mais tempo realizando as tarefas, vai ganhando mais habilidade para pensar como atingir o que lhe é pedido. Com um pouco de paciência, exploração e observação dos ambientes e personagens, é possível descobrir padrões e brechas que permitam lidar com a maior parte dos problemas.

Mas ainda que haja certa maleabilidade, em essência Untitled Goose Game é mais um jogo de puzzle (com alguns elementos de stealth) do que um sandbox. Enquanto está restrito a uma área, o jogador precisa encontrar a forma correta de completar as atividades e avançar. Se o jogador espera algo mais livre, provavelmente irá se incomodar com esse quesito.

Obviamente há jogadores que se divertirão por horas e horas grasnando e infernizando as pessoas em um “freestyle” de ganso delinquente que não é bem recompensado pelo jogo. Existe claramente uma valorização das atividades programadas e listadas, sendo o cumprimento dessas metas bastante satisfatório.

Ver o fazendeiro ser forçado a trocar seu chapéu ou o menino ficar sem seu óculos e trocá-lo por outro são coisas bem gratificantes. Essas atividades são uma forma de testar e ensinar o jogador a lidar com aqueles personagens, aprender os seus padrões e poder explorar isso, algo que é muito bem aproveitado até o final do jogo.

Animações e comédia



Os personagens todos tem seus padrões, tanto no quesito movimentação quanto objetos relevantes. O jardineiro faz a ronda em seu quintal, enquanto o senhor mais abastado tende a passar seu tempo parado aproveitando o jornal e o chá. Quando o ganso rouba algo de seu estoque, a vendedora corre atrás dele, mas a empregada da lanchonete ignora quase qualquer coisa que o ganso carregue.

Os ambientes e pessoas são bastante coloridos e é muito divertido ver as animações que exibem bastante charme. Dentre elas, destaca-se com toda certeza a do ganso que é algo realmente extraordinária. A forma como o corpo e, em particular, a cabeça balançam dão um tom de zueira muito divertido. O personagem está zombando dos seus adversários humanos e isso não poderia ser mais engraçado.



Inclusive porque eles são verdadeiramente estúpidos. Basta se esconder um pouquinho, mesmo dentro da área de visão deles, para que eles não consigam mais te achar. Apesar de ser um tanto estranho, essa “IA burra” só adiciona mais charme ao jogo e não se torna efetivamente um problema.

Trata-se de um título que utiliza uma perspectiva próxima de animações tradicionais como Tom & Jerry. A trilha sonora mais voltada para o clássico com momentos de levante claros quando o ganso está sendo perseguido também corrobora com essa inspiração.

De forma geral, Untitled Goose Game é um excelente título com altas doses de humor. Inicialmente ele pode também parecer um pouco limitado na diversidade de áreas e ações possíveis, mas suas missões são bastante satisfatórias. Sua duração básica é curta, sendo possível terminá-lo em uma única sessão, mas é o suficiente para o jogo entreter e encantar.

Trata-se de dosar as expectativas. Sabendo que o jogo é um grande puzzle com elementos de stealth e a possibilidade de infernizar pacatos humanos como um pássaro que espalha o terror, ele é diversão garantida.

Prós

  • Bastante humor;
  • Realizar as missões é verdadeiramente satisfatório;
  • Arte colorida com animação muito bem feita e repleta de charme.

Contras

  • Um pouco restritivo e limitado.
Untitled Goose Game - PC/Switch - Nota: 9.0
Versão utilizada para análise: PC
Revisão: Farley Santos
Análise produzida com cópia digital cedida pela Panic

é formado em Comunicação Social pela UFMG e costumava trabalhar numa equipe de desenvolvimento de jogos. Obcecado por jogos japoneses, é raro que ele não tenha em mãos um videogame portátil, sua principal paixão desde a infância.

Comentários

Google
Disqus
Facebook