Hands-on

Jogamos Carrion, novo título da Devolver Digital

Neste título de horror invertido, encarne uma criatura faminta que tenta escapar do laboratório onde foi desenvolvida.

Na noite desta segunda-feira (12/08), a Devolver Digital organizou um evento que reuniu os principais veículos de comunicação gamer na cidade de São Paulo. Em um ambiente descontraído, a distribuidora disponibilizou alguns de seus mais recentes lançamentos, como My Friend Pedro (PC/Switch) e Metal Wolf Chaos XD (Multi). 

Outro título disponível para teste foi Carrion, desenvolvido pela Phobia Game Studio e esperado para o ano que vem. O GameBlast esteve lá e pode conferir em primeira mão sua versão para PC. Confira agora nossas primeiras impressões sobre o jogo.

Dando o troco

Geralmente, somos colocados em situações de risco, tendo que escapar de algum monstro grotesco que quer exterminar todo mundo. Carrion inverte os papéis, te colocando no papel da criatura que quer se libertar e dar a lição devida em seus criadores. 

Esse ser, que parece ser uma bolha gigante constituída totalmente de sangue, usa seus tentáculos para se locomover rapidamente pelo cenário. Seus braços também servem para puxar alavancas que estão muito distantes, arrancar portas que estão pelo caminho e devorar quem estiver desprevenido. A cada vítima consumida e buraco acionado, o ser cresce cada vez mais. Se por um lado isso ajuda na hora de se deslocar e consumir mais alimento, por outro também atrapalha já que quanto maior seu tamanho, mais fácil se torna ser atingido.

Outra maneira de interação é acionando fendas na parede ao entrar em contato com elas. Esses enormes buracos funcionam como se fossem chaves acionadas com o próprio corpo do bicho. Nos trechos que nossa equipe experimentou, sempre foi necessário atingir dois desses pontos para acionar uma porta, que é aberta com nossos tentáculos.

Entretanto, a tarefa promete não ser tão fácil assim. Enquanto o monstro avança pelo laboratório, existem soldados armados que podem dar uma bela canseira, principalmente aqueles munidos com lança-chamas. A velocidade do "protagonista" ajuda também na hora de partir para cima de todo mundo e devorar, mas tenha certeza de que estraçalhou sua vítima senão ela continuará atirando em você mesmo sem pernas.

Por mais que tenha sido um teste relativamente curto, Carrion tem uma jogabilidade rápida e divertida, mas sem deixar que os poderes do monstro se tornem muito superiores aos dos inimigos. Não vai bastar apenas a força bruta para escapar desse laboratório.

O título está previsto para algum momento de 2020. Apesar de ter sido confirmado para diversas plataformas, nenhuma delas foi revelada além do PC.

Teste feito em evento a convite da Devolver Digital

é pai do próximo Batman, tio de uma princesa e viúva da Sega. Só sabe jogar títulos de luta, se mata frequentemente em FPS e adora uma velharia (que todo mundo agora gosta de chamar de retrô). Ah, ele está esperando até agora pelo Ridge Racer dessa geração também.

Comentários

Google
Disqus
Facebook