Desenvolvedores de Ion Fury se desculpa após caso de transfobia

Voidpoint, desenvolvedora do game, promete atitudes para combater o preconceito na empresa.



Neste final de semana, os desenvolvedores do jogo de tiro em primeira pessoa Ion Fury estiverem no centro de uma grande polêmica. Após criarem um grupo no Discord para interagir com os fãs, diversas screenshots foram divulgadas na internet mostrando piadas e ofensas contra o público LGBTQ, principalmente, os/as transexuais.


Em resposta ao caso, a Voidpoint, produtora do game, reconhece os erros cometidos por sua equipe e acrescentar assumir todas as responsabilidades pelos danos causados à comunidade LGBTQ.

No mesmo comunicado, a Voidpoint fala sobre as futuras mudanças na política da empresa:
No futuro, a Voidpoint instituirá uma política de tolerância zero para este tipo de abordagem e os futuros contratados passarão por um sensível processo de treinamento sobre o assunto. Como parte do esforço para contribuir com a causa, a empresa pretende contribuir com doações para essas comunidades, e o primeiro passo é doar 10 mil dólares da receita de Ion Fury para o Projeto Trevor.
Além disso, a empresa diz estar trabalhando para corrigir toda o linguajar presente no game e que são considerados inaceitáveis.

Fonte: GameInformer

Escreve para o GameBlast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google
Disqus
Facebook