Análise DLC

Beat Saber - Imagine Dragons Music Pack (PC/PSVR) é um ótimo acréscimo à coletânea

O novo DLC de Beat Saber traz as melhores músicas da banda Imagine Dragons, dando mais personalidade à lista base do game.

Que Beat Saber (PC/PSVR) é um dos maiores sucessos da realidade virtual atualmente não é mais novidade. Lançado no ano passado, o game chamou a atenção desde seus protótipos de arcade, onde combinamos sabres de luz, músicas eletrônicas e movimentação constante de todo o corpo. O sucesso do game não para em seu conteúdo base, já que temos dois DLCs lançados com outros ainda por vir. Entre os lançamentos, temos Imagine Dragons Music Pack, uma coletânea de 10 músicas de uma das maiores bandas da atualidade.


Como uma das maiores críticas ligadas a Beat Saber, principalmente no PlayStation VR, dizem da sua baixa variedade de músicas (16 ao todo no pacote básico, com algumas extras), este DLC vem bem a calhar, principalmente por combater uma outra crítica bem constante ao game: ter músicas pouco conhecidas. Com 10 das mais populares músicas de uma das bandas de pop/rock mais famosas da atualidade, fica fácil se divertir com Beat Saber.


Uma escolha sensata

Imagine Dragons não é o primeiro DLC de Beat Saber. Isso pois logo após seu lançamento no PSVR recebemos também seu primeiro pacote de expansão, chamado Monster Pack, com músicas mais desafiantes que as da base do jogo, mas que igualmente desconhecidas pela maior parte da comunidade de jogadores. Lançado em Junho, o DLC focado na banda de pop/rock vence essa barreira com facilidade.

Isso porque a coletânea possui músicas que variam bastante de dificuldade, agradando tanto os mais apreciadores da experiência como aqueles jogadores que buscam sempre um novo desafio. Entre as opções de música temos pérolas da banda como Thunder, Believer e Radioactive, o que faz o DLC ser bastante cativante para a maioria dos jogadores, além de ser agradável e bastante convidativo para os novos.

O “top 10” de primeira

Mas para além da escolha da banda ter acertado em cheio, o maior ponto positivo do novo DLC de Beat Saber é a coletânea de músicas escolhidas. Mesmo que pareçam poucas músicas, sendo dez no total, a coletânea tem as melhores e mais populares músicas de Imagine Dragons.
Entre elas estão as já citadas “Believer”, com batidas bem marcadas; “Radioactive”, que pode parecer tranquila, mas que na prática é bastante desafiadora e “Thunder”, que é muito agradável de tocar principalmente por seu compasso combinar bastante com os movimentos de impacto dos sabres durante a jogatina. Mas claro que não são somente estas as grandes músicas do repertório do DLC.

“It’s Time” é uma ótima música introdutória, com movimentos mais básicos, próprios para iniciantes em todos os níveis. Por sua vez, “Digital” começa a complexificar um pouco mais a jogatina, dando um senso de desafio crescente ao jogador. Já “Bad Liar” é excelente para continuar no ritmo da jogatina, mas recuperando o fôlego de músicas mais agitadas, podendo ser tocada até sentado, por incrível que pareça.


“Machine” tem um ritmo complexo de ser compreendido durante a jogatina, mas com o tempo fica bem gostosa de ser jogada. Já “Natural” é uma das músicas que pode cansar bastante os jogadores, com bastante movimentação e ritmos marcados com fortes batidas. “Warriors” é uma das melhores músicas da coletânea, com bastante desafio nos níveis mais altos devido a um ritmo constante que pode ser aterrorizante para os menos preparados.

Por fim, temos “Whatever It Takes”, que na percepção deste que vos fala é uma das melhores músicas construídas para o jogo. Sua coreografia durante os cortes fica simplesmente sensacional, além de combinar perfeitamente um senso de desafio incrível com um ritmo que deixa a experiência muito prazerosa (mesmo que bastante desafiadora).

Detalhes agradáveis

Além das novas músicas, cada uma com suas particularidades, é importante citar que todas estão presentes em todos os níveis de dificuldade (do Easy ao Expert+). Isso é essencial para atender a todos os tipos de jogadores do título que, assim como Just Dance ou Guitar Hero, agrada jogadores mais competitivos mas também muitos focados só numa experiência mais casual.

Aumentando ainda mais a imersão nas músicas, a plataforma de jogo destes novos títulos está mudada, com detalhes que lembram bastante a capa do DLC, que é baseada em álbuns do grupo. Não é uma diferença muito gritante, mas quando comparamos o jogo base com o DLC é possível notar algumas diferenças.


Uma ótima forma de aumentar a variedade

Beat Saber pode ter uma coletânea relativamente escassa de músicas, mas seus DLCs não deixam nada a desejar. Imagine Dragons Music Pack é um acréscimo de bastante peso para o repertório de músicas do jogo, mostrando que se o jogo já é viciante com músicas mais desconhecidas, imagine o que coletâneas de bandas famosas podem fazer com toda a animação de cortar cubo com sabres de luz?
O preço acessível e a possibilidade de adquirir músicas separadamente também são pontos bem agradáveis. Resta esperar para ver se o pessoal da Beat Games pretende trazer outras bandas famosas para a coletânea. Imaginem um DLC de Michael Jackson? Maroon 5? Queen? Lady Gaga? Pois é, meus amigos, o que esse DLC de Imagine Dragons deixa bem claro é que Beat Saber ainda tem muito conteúdo pela frente!



Análise produzida com cópia digital adquirida por conta do redator.

Gilson Peres é Psicólogo e Mestre em Comunicação pela UFJF. Está no Blast desde 2014 e começou sua vida gamer bem cedo no NES. Atualmente divide seu tempo entre games de sobrevivência e a realidade virtual.

Comentários

Google
Disqus
Facebook