Marvel's Avengers (Multi): campanha principal só será jogável em modo singleplayer

Representantes da Crystal Dynamics explicaram como serão os modos singleplayer e multiplayer do novo jogo dos Vingadores.


Depois de muitos rumores, Marvel’s Avengers finalmente foi revelado oficialmente pela Square Enix durante a E3 2019. Entretanto, apesar da longa apresentação mostrada durante a conferência, muitas dúvidas ficaram no ar com relação ao título. Afinal, é um jogo singleplayer, multiplayer ou uma mistura dos dois? O site americano IGN teve a oportunidade de experimentar o game que está sendo desenvolvido pela Crystal Dynamics e esclareceu um pouco essa dúvida.


A demo disponível no evento apresentou o mesmo conteúdo do trailer, passado na ponte Golden Gate, só que de forma jogável. Com a progressão do estágio o jogador ganha o controle de cada um dos Vingadores em segmentos diferentes, culminando em uma batalha contra o chefe Taskmaster (Treinador, no Brasil). Segundo a IGN, a jogabilidade é bastante linear e se assemelha ao outro sucesso da Crystal Dynamics, Tomb Raider, e o jogador pode escolher com qual Vingador quer jogar em partes determinadas da história.


Vincent Napoli, designer de combate da Crystal Dynamics, e Shaun Escayg, principal diretor criativo da empresa, explicaram que com o progresso da campanha missões extras são abertas. E são nelas que as opções multiplayer são disponibilizadas. Nessas ocasiões, o jogador poderá escolher com qual Vingador prefere jogar, podendo aumentar os níveis de cada herói para depois utilizá-los no modo principal.

Em resumo, toda a história principal será jogável de forma singleplayer e totalmente offline. Entretanto, missões especiais apresentarão o componente multiplayer e com jogatina online. Ficou um pouco mais claro, é verdade, mas a Crystal Dynamics ainda tem muito o que explicar (e mostrar) de seu novo jogo, não é mesmo? Marvel’s Avengers está previsto para chegar ao PlayStation 4, Xbox One, PC e Google Stadia em 15 de maio de 2020.

Fonte: IGN

No currículo tem publicidade e jornalismo, mas no coração tem games. É um entusiasta da história dessa indústria infame e um colecionador esporádico. Se quiser conversar sobre a guerra dos consoles e outros assuntos, pode mandar uma mensagem no Twitter para @carloscirne

Comentários

Google
Disqus
Facebook