Seleção 2019: novas vagas na equipe do GameBlast! Redação, revisão, design, e social media. Saiba mais e participe!
Jogamos

Análise: Apex Legends (Multi) é um novo e excelente título de battle royale

Vamos conferir tudo sobre este game que traz várias inovações para o popular gênero.


O sucesso de jogos do tipo battle royale, como PlayerUnknown’s Battlegrounds (Multi) e Fortnite (Multi), levaram ao lançamento de diversos títulos que tentaram abocanhar uma parte deste mercado. Nesse contexto cheio de competição, surge mais uma opção para os gamers: Apex Legends (Multi), que possui tanto uma base forte quanto várias inovações. Mas será que este game gratuito tem qualidades para bater de frente com os seus concorrentes? Vamos conferir tudo sobre ele nesta Análise.

Apenas mais um battle royale?

O game foi lançado pela Eletronic Arts em 4 de fevereiro, sendo desenvolvido pela produtora Respawn Entertainment, responsável pelos títulos Titanfall (Multi) de 2014 e Titanfall 2 (Multi) de 2016 (há, inclusive, uma relação entre estes dois jogos e o battle royale, conforme veremos mais adiante). Apex Legends tem versões para PC, Xbox One e PS4, sendo que dispositivos com Android, iOS e o Nintendo Switch estão em planos futuros.

Aliás, o game não é apenas dos mesmos produtores de Titanfall, mas também se situa no mesmo universo que os games de robôs gigantes. Esta ligação, até o presente momento, é bastante limitada, se resumindo a poucas armas e elementos em comum. A questão é que o título surgiu inicialmente como um potencial Titanfall 3 em 2017.
Com a ajuda de Apex Legends, Titanfall 2 teve um aumento expressivo de vendas
Devido ao sucesso de jogos do tipo battle royale (e que continua até hoje), a produtora Respawn acabou mudando seus projetos para a produção de um jogo do gênero. E a aposta não podia ter sido mais acertada. Com um contingente atual de mais de 50 milhões de jogadores ao redor do mundo, Apex Legends se tornou um sucesso por trazer uma produção de grande qualidade em um título grátis.
Apex Legends chegou e já conquistou seu espaço
Embora a política free-to-play acabe trazendo a presença das famigeradas microtransações, elas são discretas e servem mais para acelerar a obtenção de itens cosméticos no jogo. Tudo para que os jogadores possam focar no game, se divertir e entender suas nuances que o destacam no seu competitivo mercado. Suas principais qualidade são: o combate em equipes, o sistema de comunicação e os personagens com habilidades especiais.

Acertando nos conceitos básicos

Mesmo que a fórmula seja bastante conhecida, não custa nada relembrar como funciona uma partida básica de um battle royale. Um determinado grupo de jogadores deve saltar de algum transporte aéreo dentro de um grande território fechado. Após a descida, eles devem procurar por itens, equipamentos e armas pelo cenário para se enfrentarem.
As descidas em Apex Legends utilizam mochilas a jato de alta velocidade
Para incentivar os combates, a área do mapa é reduzida periodicamente, até resultar em um pequeno círculo. No fim, ganha o último a ficar vivo. Para quem nunca jogou, pode parecer um pouco assustador, mas quem já experimentou algum título deste tipo sabe o quão viciante ele pode ser. Em Apex Legends, cada rodada é disputada entre 20 trios (60 jogadores), que saltam no cenário chamado Desfiladeiro do Rei para se enfrentar e mostrar qual a equipe vencedora.

Infelizmente, o game conta apenas com este modo de jogo. E, apesar de ser bem competente e divertido (como explicado a seguir), algumas vezes fiquei imaginando como seria um “caça a bandeira” ou uma partida por pontos, onde coletar itens, tirar dano e derrotar oponentes contariam para definir um placar geral. Tenho esperança que esta limitação seja eliminada no futuro, oferecendo mais opções aos jogadores.
Coletar itens é sempre uma diversão
O princípio de utilizar o “trabalho em equipe” foi muito bem executado no game. Conforme veremos mais para frente, os sistemas de comunicação e as habilidades especiais dos personagens encaixaram-se perfeitamente no gênero battle royale. Na minha opinião, uma das fraquezas deste tipo de jogo é justamente a constante pressão sobre o jogador, que precisa coletar itens, ficar dentro do círculo e combater inimigos ao mesmo tempo.

Ao utilizar um sistema de equipes, Apex Legends aumenta o fator estratégia nas partidas e “alivia” a cobrança individual, já que apenas um bom jogador dificilmente irá conseguir carregar a sua equipe. Logo, todo o conjunto deve ter boas habilidades e coordenação para ter alguma chance de vencer. Claro que esta vantagem também pode virar uma grande fraqueza: se a sua equipe for fraca, ou não souber trabalhar em conjunto, vencer uma partida sozinho é praticamente impossível.
Na hora de montar a sua equipe, é importante balancear os tipos de personagens
Diversas vezes tive a infelicidade de cair em times onde um dos participante abandonou o grupo, ou então com um(ns) jogador(es) claramente sem habilidades em jogos de tiro. Afinal, mesmo possuindo elementos como poderes especiais e a possibilidade de lutar no modo stealth, saber atirar ainda é o maior predicado em Apex Legends. A composição de equipes (ou matchmaking) do game poderia ser mais inteligente ao montar as salas e escolher os trios, evitando partidas desequilibradas e sem competitividade.
Nada melhor que subir em um morro e jogar como camper

Uma produção de qualidade

O mapa, que é colorido e tem um layout competente e organizado, é relativamente pequeno, levando a constantes encontros e combates. Ele tem elementos bastante variados, como cabanas, montanhas e túneis, oferecendo oportunidades para quem gosta de ficar de tocaia com um rifle ou para quem prefere ataques diretos. Existem várias arcas de suprimento espalhadas pelo cenário, embora itens possam ser encontrados em muitos outros lugares.
Fuzis de assalto, submetralhadoras, pistolas, escopetas, fuzis de precisão e metralhadoras leves compõem o arsenal
Além de armas e equipamentos como miras especiais e cartuchos extras, é possível encontrar escudos e armaduras. As últimas, inclusive, podem ser recarregadas durante as partidas utilizando cilindros de energia. Granadas de termite (incendiárias) e fragmentos, e seringas são mais algumas das opções para o loot durante as partidas, essencial para deixar a equipe bem equipada para os combates. Coletar itens raros e poderosos acaba se tornando tão divertido quando entrar em combates e explorar o cenário de forma furtiva.
Lembre-se de pegar somente o que for usar para manter espaço livre no inventário
Os personagens e itens são bonitos, bem acabados e originais. Cada um à sua maneira é poderoso e encantador, o que inclusive me levou a jogar várias vezes com cada um até aprender um pouco mais sobre eles. Todos podem ser customizados com insígnias, poses e banners, formatados com itens obtidos como recompensa por passar de nível no jogo (ou comprando com dinheiro). Efeitos sonoros e dublagens são bastante competentes, com destaque para a última: sotaques engraçados e vozes marcantes trazem mais vida as partidas.
Você pode customizar vários elementos de cada um dos personagens

Inovações muito bem vindas

Para conseguir o devido destaque no mercado e poder concorrer contra vários títulos de peso, Apex Legends trouxe diversas inovações ao gênero básico de battle royale. A principal delas é a presença de personagens com poderes especiais, chamados de Lendas. De forma semelhante a jogos como Overwatch (Multi) e League of Legends (PC), cada um deles possui características e habilidades bem distintas.
Da esquerda para a direita: Caustic, Lifeline, Bloodhound, Wraith, Gibraltar, Pathfinder, Bangalore e Mirage (deitado)
Existem quatro categorias principais: batedor, ofensivo, defensivo e suporte. Cada uma delas possui habilidades condizentes com a sua classe, de forma que montar uma equipe competitiva envolve uma combinação estratégica de três jogadores. Existem três habilidades distintas: uma passiva, uma tática e uma suprema. E embora sejam recursos interessantes, elas não são poderosas demais. Usá-las no momento certo pode ajudar bastante, mas nada que comprometa a jogabilidade.

Quando a vida do personagem acaba, ele cai e começa a “engatinhar”, podendo apenas se mover de forma limitada. Caso receba mais dano ou fique muito tempo nesta condição, o jogador morre de vez. Mas antes disso ele ainda pode ser reanimado pelos seus companheiros de equipe. Esta possibilidade, inclusive, é reforçada pela presença de escudos especiais para serem ativados neste momento complicado.

Caso a reanimação não tenha sido possível, ainda existe uma chance: ao morrer, o jogador deixa para trás uma caixa que contém, entre equipamentos e itens, uma ficha especial. Ela permite a algum membro da equipe trazer o seu companheiro de volta ao jogo, através de máquinas específicas espalhadas pelo mapa. Ou seja, se você cair, valha a pena torcer pelos seus colegas e até mesmo incentivá-los e ajudá-los pelo sistema de comunicação, pois existe uma chance de voltar a partida.
Lembre-se que seus companheiros podem ressurgir com a sua ajuda
A segunda grande inovação é uma forma de dar suporte ao seu modo de jogo em grupos de três. Apex Legends conta com um sistema de comunicação interessante, onde não é necessário utilizar fones de ouvido e microfone para que os membros do time possam trocar ideias e informações. Chamado de “ping”, sua praticidade e eficiência foram reconhecidas até mesmo pelo concorrente Fortnite, que na sua última (oitava) temporada lançará um sistema muito semelhante.

De forma básica, ele permite ao jogadores marcarem locais, inimigos, munição, armas e assim por diante. Além do sinal sonoro, o “ping” gera um marcador luminoso que aparece para os companheiros de time. Desta forma, eles podem ponderar se vale a pena ir atrás do item, ou então onde estão os inimigos. Some isso com a possibilidade de utilizar o chat convencional, e você tem uma experiência em equipe bastante completa.

Que comecem as batalhas!

Mesmo tendo muitos concorrentes, sendo alguns deles já consolidados no mercado, Apex Legends surge como uma excelente escolha no gênero battle royale. Indo além do básico deste tipo de jogo, suas partidas de equipes de três personagens com poderes especiais é original e divertido, mas sem abrir mão da importância de saber atirar. Contando com um sistema de comunicação afiado, gráficos bonitos e uma jogabilidade sólida, este free-to-play tem tudo para se tornar uma referência em games de sobrevivência.
Escolha a sua Lenda e entre nas emocionantes e divertidas batalhas de Apex Legends!

Prós

- Design geral bem acabado, com personagens cativantes e gráficos/sons competentes;
- Sistema de habilidades dos personagens é equilibrado e divertido;
- Cenário bonito, organizado e rico em diferentes ambientes, possibilitando exploração e combates;
- Sistema de comunicação prático e muito funcional;
- Grande número de customizações, incluindo banners, medalhas e skins para personagens e armas;

Contras

- Sistema de matchmaking poderia criar equipes e salas mais equilibradas;
- Total ausência de modos de jogo alternativos;
- Baixa quantidade de recompensas em relação a grande quantidade de customizações;
Apex Legends - PC/PS4/Xbox One - Nota 8.5
Versão utilizada para análise: PS4
E você, leitor? Já experimentou Apex Legends? Será que ele vai conseguir superar os concorrentes no mercado? Deixe a sua opinião.

Revisão: Diogo Mendes
Matheus Senna de Oliveira é um grande fã da décima arte, embora ultimamente não tenha tido muito tempo disponível para ela. Seus games favoritos (que formam uma longa lista) incluem: Kingdom Hearts, Guitar Hero, Zelda, Crash, FIFA, COD, Pokémon, MvC, Yu-Gi-Oh, Resident Evil, Bayonetta, Persona, Burnout e Ratchet & Clank. Caso tu tenhas gostado da matéria que ele escreveu, é possível encontrar mais algumas no blog dele.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook