Jogamos

Análise: MUSYNX (Multi) — um simples e sólido jogo de ritmo

Sucesso em dispositivos móveis, o título chega ao PC como ótima opção do gênero.


MUSYNX é um título de ritmo que fez sucesso em outras plataformas, principalmente nos dispositivos móveis. Com jogabilidade simples, seus grandes destaques são a grande variedade de músicas disponíveis para jogar e o visual belo. O jogo chega agora ao PC em uma adaptação competente, tornando-se um dos melhores títulos rítmicos tradicionais da plataforma.

Ritmo investido em conceitos basais

O conceito principal de MUSYNX segue as mecânicas básicas de jogos de ritmo, ou seja, basta apertar os botões nos momentos certos no ritmo da música. A área de jogo é dividida em colunas com notas caindo do topo da tela, e os comandos devem ser executados quando elas tocam uma barra na parte de baixo da interface. Estão disponíveis dois modos (um com quatro botões e outro com seis) e dois níveis de dificuldade (fácil e difícil).

MUSYNX é bem acessível em relação a outros jogos de ritmo, como DJMAX ou SUPERBEAT XONiC. O principal motivo é seu sistema benevolente: a música não é interrompida caso o jogador faça muitos erros durante a partida. Além disso, a classificação no final da faixa é bem generosa — em alguns casos consegui Rank S mesmo errando bastante no decorrer da música. O desafio, então, é obter classificações excepcionais nas músicas, uma tarefa complicada em certas faixas no modo difícil. É possível alterar algumas opções, como velocidade de movimentação das notas e atraso do registro dos comandos.


A disposição das notas no jogo apresenta padrões interessantes e muito bem integrados às composições. Algo legal é que os comandos realizados complementam a música com sons e instrumentos, trazendo a sensação de estar produzindo o áudio. Uma mecânica curiosa é a mudança da velocidade das notas durante as partidas para refletir alterações na batida da música. Parece um recurso interessante, mas na prática atrapalha de forma irritante: a alteração acontece sem nenhum aviso, o que nos faz perder o ritmo e errar. Felizmente não é algo que aparece com frequência, mas incomoda.

A versão para PC de MUSYNX é um pouco diferente das edições para consoles. O jogo é disponibilizado em um pacote base com 48 músicas e faixas adicionais poderão ser adquiridas via DLC. Em comparação com as versões para console, o pacote básico tem menos conteúdo, porém o preço é bem menor, ou seja, é uma boa opção para conhecer o jogo. A adaptação para PC apresenta boa performance, porém o jogo não oferece suporte nativo a controles — é possível utilizá-los por meio de uma ferramenta de configuração, o que exige um pouco de esforço para fazer tudo funcionar corretamente.


Muitas músicas e simplicidade

MUSYNX foi produzido pelo estúdio chinês I-Inferno, logo é natural que a trilha sonora retrate isso. A música do título é composta principalmente por música asiática (como J-POP, C-POP, K-POP) e também algumas composições instrumentais. Há variedade de estilos musicais, como pop, eletrônica, rock, clássica e mais. Parte da diversão é explorar a trilha sonora, mesmo que ela seja desconhecida para jogadores ocidentais — depois de algumas partidas eu já tinha escolhido várias faixas como favoritas. Claro, para aproveitar o jogo é importante gostar de música asiática ou estar disposto a experimentá-la.

Belos visuais acompanham as músicas. O jogo conta com várias skins diferentes: uma espécie de pista futurista, um arco-íris vibrante, um cenário na névoa com temática chinesa e mais. Algumas dessas skins são tão elaboradas que lembram um jogo completamente diferente, como uma em que as notas são transformadas em pratos de sushi que são engolidos por garotas na parte de baixo da tela. Há, também, uma opção visual “clássica” que é basicamente a interface de DJ MAX.


Os menus também são bonitos e apresentam uma interface simples e colorida. No entanto, ele é extremamente básico: não é possível alterar a ordem das músicas, favoritar faixas ou agrupar tudo em uma lista. Sendo assim, é necessário passar manualmente uma música de cada vez até achar o que você quer jogar. Senti falta de mais opções nesses aspectos, ainda mais pelo fato do título ter muitas faixas.

A simplicidade também afeta os modos de jogo no geral. MUSYNX apresenta uma única modalidade, focada no modo de ritmo. Fora conseguir classificações melhores, não há o que fazer ou desbloquear — nem mesmo conquistas estão disponíveis na versão para PC. Acredito ser uma oportunidade perdida não ter mais opções, como galeria de imagens, ranking online e outras modalidades de jogo. A produtora promete atualizar constantemente o jogo, espero que novas modalidades ou opções sejam adicionadas no futuro.


Um bom ritmo

MUSYNX oferece uma ótima experiência focada em mecânicas clássicas de jogos de ritmo. Uma trilha sonora expressiva, visual belo e boas opções de dificuldades são os maiores destaques do jogo. Em contrapartida, a simplicidade é evidente nas poucas opções de jogo e na interface básica — isso pode mudar no futuro com algumas atualizações. De qualquer maneira, MUSYNX é muito competente e uma das melhores opções do gênero no PC.

Prós

  • Bom uso de mecânicas básicas de ritmo, com disposição de notas interessantes;
  • Trilha sonora variada, mesmo não tendo faixas conhecidas;
  • Variedade visual por meio de diferentes skins.

Contras

  • Mecânica de alteração da velocidade durante as faixas somente atrapalha;
  • Poucos modos de jogo e extras;
  • Ausência de suporte nativo a controles e opções de usabilidade, como favoritos ou ordenação de faixas.
MUSYNX — PC/Switch/PS4/PS Vita — Nota: 8.0
Versão utilizada para análise: PC
 
Análise produzida com cópia digital cedida pela Zodiac Interactive
Farley Santos é brasiliense e gosta de explorar games obscuros e pouco conhecidos. Fã de Yoko Shimomura, Yuzo Koshiro e Masashi Hamauzu, é apreciador de boardgames, game music, fotografia e livros. Além de mostrar seus cliques no Flickr, tem também um blog onde escreve sobre inúmeros assuntos e também pode ser encontrado no Twitter.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook