Torneio de Madden NFL 19 (Multi) acaba em tiroteio e mortes no EUA

Jogador profissional disparou contra multidão de outros jogadores.


No último, domingo 26 de agosto, um atirador abriu fogo contra jogadores que participavam do torneio do game de futebol americano Madden NFL 19 (Multi), da EA, que ocorria no GLHF Game Bar, na cidade de Jacksonville, no Estado da Flórida no EUA.

O torneio era parte da competição sancionada pela EA, Madden Championship Series. O atirador identificado como David Katz, de 24 anos, era jogador profissional, campeão do torneio Madden NFL 17 Bills Championship e era um dos competidores do torneio de 2018. A polícia confirmou três mortes, inclusive a do atirador que se suicidou após o ataque, e 11 feridos.

Andrew Wilson, CEO da EA, lamentou o ocorrido em carta aberta à comunidade e prometeu apoio à família de Taylor Robertson e Elijah Clayton, os dois jogadores mortos durante o tiroteio, bem como assistência a todos os feridos e envolvidos no ataque. A empresa também anunciou a criação do Jacksonville Tribute, um fundo dedicado às vítimas do tiroteio.

Com a tragédia, a EA cancelou as competições da série Madden por motivos de segurança e o caso de Jacksonville continua em investigação sob jurisdição do FBI.

Karen K. Kremer é mestre jedi em história pela UEPG e game designer pela Universidade Positivo. Viajante do tempo e cinéfila, considera Quantum Break uma obra-prima. Cresceu fazendo Meteoro de Pégasos e jogando videogame. Apaixonada por literatura, ilustração e dinossauros. Diz a lenda que com um bat-sinal no Twitter ou DeviantArt ela aparece.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook