Jogamos

Análise: Russian Subway Dogs (PC) é divertido e desafiador

Cachorros do metrô de Moscou não vão deixar nenhuma comida para trás.

A proposta do novo jogo da desenvolvedora canadense Spooky Squid Games pode parecer um tanto esquisita. Cachorros correndo atrás de comida dentro do metrô de Moscou, de onde tiraram tal ideia? Bom, o conceito por trás de Russian Subway Dogs é baseado em fatos reais e são (ou eram) bem comuns na capital russa. Com um olhar bem afiado, o estúdio pegou essa pequena fatia da realidade e fez um divertido e desafiador game de ação/arcade.



Os cães na Rússia

Antes de começar a análise propriamente dita, é válido falar um pouco sobre esse curioso fato que deu origem ao game.

Moscou possui um grande número de cachorros de rua, característica que começou a chamar atenção desde o começo do século XIX. De acordo com dados obtidos em 2010, eram estimados 35 mil cães na cidade. O fenômeno é também observado em outras grandes cidades russas.

NUNCA, JAMAIS, EM HIPÓTESE ALGUMA de chocolate para seu pet.
Evidentemente a maior preocupação dos animais é buscar comida e, dentre tantos animais lutando pela sobrevivência, um grupo de cachorros passou a usar o metrô para ir até as regiões centrais de Moscou em busca de alimentos. Eles iam até regiões nas quais a chance de conseguir algo era maior e voltavam para seus “lares”, nas regiões periféricas, a noite — muitos cachorros moravam nas próprias estações.

O mais curioso é que os cães sabiam exatamente como usar os trens, desembarcando nas estações corretas, fazendo travessias na faixa e até usando os assentos. Também tinham técnicas bem específicas para se alimentar, como latir nas costas de alguma pessoa com comida na mão para assustá-la e deixar algo cair no chão. Outro comportamento observado eram cães que mandavam o mais “fofinho” do grupo para obter comida com humanos, visto que ele geralmente tinha os melhores resultados.


Infelizmente, as notícias mais recentes dessa história não são boas. Por conta da última Copa do Mundo, o governo russo parece ter promovido um massacre de animais de rua, para “limpar” as cidades que sediariam os jogos. Diversos grupos ativistas denunciaram o ato, mas ainda assim o abate de animais foi trágico.

O shawarma nosso de cada dia

A ideia de Russian Subway Dogs é bem simples, cumprir com um dos objetivos de vida de qualquer cãozinho: comer. As técnicas para fazer isso inicialmente são bem simples, mas vão ganhando camadas de detalhes que aumentam progressivamente o desafio. Nos controles básicos, podemos somente andar, pular e latir. É com o latido que assustamos as pessoas para que elas derrubem a comida e assim garantirmos nosso sustento.


Cada fase é bem curta, dura de 1 a 2 minutos em geral, com um cronômetro decrescente. Logo, seu objetivo primário é permanecer vivo durante esse período para poder entrar no último trem. É aqui que as coisas começam a ficar mais desafiadoras. O game traz um sistema de pontuação com notas (F/D/C/B/A/S — não tem “E” não sei porquê) e o último trem só abre as portas se sua pontuação for D ou superior. Quando o tempo zera e o vagão chega, sua vida desce muito rápido ou seja, não atingir a nota mínima no final do período é morte na certa.

RSB conta com vários personagens convidados, mas a mecânica com todos é exatamente a mesma.
O que nos leva ao sistema de pontos de Subway Dogs, que é onde acontece a magia. Pela plataforma irão passar diversas pessoas com vários alimentos. Sempre que você late, o item voa para cima e depois cai. O segredo é pegar as comidas antes delas tocarem o chão, assim elas contam o dobro de pontos e preenchem mais seu estômago.

Nessa festa quem tem um papel importante é a vodka. Não, você não vai dar álcool pro seu cachorro pelo amor de Deus. O que acontece é que a garrafa serve como um explosivo e pode ser jogada no ar várias vezes, criando um multiplicador próprio. Uma vez jogada em alguma comida, a pontuação da refeição vai aumentar de acordo com o múltiplo da garrafa.

Tudo isso, claro, não vai acontecer enquanto você estiver sozinho. Outros cachorros, pombos, ursos e até alces podem estar na plataforma querendo tomar sua refeição. Importante: sempre que outro animal come, a pontuação do item (com os multiplicadores inclusos) é descontada da sua pontuação total e sua nota pode até mesmo cair.


Vida de cão é osso

Uma das coisas que mais me chamou atenção em Russian Subway Dogs é como suas fases, mesmo pequenas, têm uma ótima integração entre todos os elementos que dela participam. Isso faz com que o jogador não seja o único agente ativo e traz um nível de imprevisibilidade interessante para cada estágio.

E você vai ter que lidar muito com esse fator, pois para avançar no jogo é preciso completar boa parte dos objetivos secundários, necessários para liberar novas fases. Coisas como não deixar um outro cachorro comer certo tipo de comida ou fazer combos específicos. A ideia dos desenvolvedores é fazer você jogar as fases mais de uma vez em busca desses objetivos, até porque tentar fazer todos de uma vez, em média, é bem difícil.

Além da campanha principal, o jogo conta com um modo Sem Fim, que usa das mesmas mecânicas do game principal e conta com algumas missões momentâneas, além de um placar de pontuação.

Cada estágio tem um conjunto específico de elementos e missões secundárias.

Cachorros no metrô

Russian Subway Dogs é um jogo que pode ser jogado em pequenas sessões ao mesmo tempo que exigirá bastante de suas habilidades para destravar novas fases e conseguir melhores pontuações.

Pegando uma curiosa realidade da capital russa Spooky Squid Games fez um jogo bastante divertido que, apesar de ter alguns pontos de dificuldade um pouco ásperos, é muito bom. Contando com belos cenários, todos inspirados nas reais estações de metrô de Moscou e uma boa trilha sonora, Russian Subway Dogs é um bom garoto!

Um último adendo, o título está prometido para PS4, PSVita e XBO ainda em 2018, mas sem data definida.

Prós

  • Cachorros;
  • Diversas mecânicas diferentes e combinadas;
  • Belas artes dos cenários;
  • Desafiador.

Contras

  • Pequenas escorregadas na curva de dificuldade;
  • Governo russo.
Russian Subway Dogs — PC — Nota: 8.0

Revisão: Ana Krishna Peixoto 
Análise produzida com cópia digital cedida pela Spooky Squid Games

Flávio Augusto Priori é formado em design de jogos e tenta ganhar a vida com esse negócio chamado video game. Para ele Metal Gear é a melhor série já feita e ainda acredita na volta da SEGA. Escrevia para o saudoso Minha Tia Joga LoL e hoje pode ser achado no Facebook e no Twitter.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook