Keiji Inafune lamenta por atraso em Mighty No. 9 (Multi) e já pensa em sequência

O criador de MN9 fala também de sua experiência em desenvolver um novo jogo e que espera que os fãs de jogos japoneses gostem do game.

Comcept finalmente lançará o sucessor espiritual de Megaman este mês, e Keiji Inafune, considerado por muitos o pai de Megaman, dividiu alguns de seus pensamentos e experiência que ele passou enquanto desenvolvia Mighty No. 9, como o problema dos atrasos do jogo e sobre possível sequência do jogo.




Na entrevista ao 4Gamer, Inafune pede desculpas aos fãs e backers do jogo por ter demorado a lançar o jogo mais do que o esperado, e aprendeu de novo como trabalhoso é fazer um jogo.

"A razão do atraso não foi porque tínhamos poucas pessoas, mas como nós iriamos vender ele, e então mordemos mais do que podíamos mastigar, depois de declarar que a gente ia lançar para todos os hardwares (Xbox 360, Xbox One, Playstation 3, Playstation 4, PC, 3DS e PSVita). Mas foi um bom aprendizado", afirmou.

Inafune enquanto criava o jogo queria mostrar a grandiosidade dos jogos japoneses, afirmando que os fãs ocidentais sempre dizem que os jogos japoneses de antigamente eram ótimos. "Eu trabalhei nesse jogo na esperança de que as pessoas dissessem 'esse jogo japonês é  bom' de novo".

Por último, o criador de Mighty No. 9 disse que seu game é uma série de "conteúdo", explicando que a história não se concentra apenas no jogo. MN9 terá uma série animada e um filme live action, e que o desenvolvimento de uma sequência do título já está na mente da empresa, e que acontecerá mesmo que o primeiro jogo não venda dentro das expectativas.

Mighty No. 9 será lançando dia 21 de Junho deste mês para PlayStation 4, PlayStation 3, Xbox One, Xbox 360, Wii U, and PC. 3DS e PSVita também terá uma versão do jogo, mas ainda sem data.

Fonte: Siliconera

Escreve para o GameBlast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google
Disqus
Facebook